Novas vans adaptadas atenderão mais de 50 estudantes com deficiências em Barueri

Da Redação

14870039429_a9ee322c37_z

No dia 30 de agosto, no estacionamento do Centro de Eventos, a Prefeitura de Barueri, por intermédio da Secretaria de Educação, entregou 10 vans adaptadas para alunos cadeirantes. Os novos veículos atenderão 51 estudantes deficientes da rede municipal de ensino.

As vans têm sistema de elevador para levantar as cadeiras e acomodar no espaço indicado, para três cadeirantes e acompanhantes. Cada espaço de acomodação possui sistema de segurança que prende as cadeiras por cinto de segurança – tudo para dar mais estabilidade e conforto para quem necessita desse transporte.

Segundo a Secretaria de Educação, a Prefeitura de Barueri adquiriu as vans devido à precariedade dos veículos anteriores, que viviam quebrados e geravam altos custos de manutenção.

A cerimônia de entrega das vans adaptadas contou com a participação da equipe de gestão da Secretaria de Educação, do vice-prefeito e secretário de Educação Jaques Artur Munhoz, pais, cadeirantes e autoridades.

Com informações de Talita Castro

PAT de Cotia divulga mais de 300 vagas de emprego

Da Redação

carteira_de_trabalho (1)

Nesta semana, a SETRA, Secretaria de Trabalho e Emprego do Município de Cotia, oferece mais de 350 vagas em toda região e em diversas áreas de atuação. As especialidades que ganham destaque são: auxiliar de armazenamento, auxiliar de produção e motorista de caminhão.

Para os interessados, basta comparecer à secretaria e se dirigir ao PAT, Posto de Atendimento ao Trabalhador, localizado à Rua Monsenhor Ladeira nº. 38 – Vila São Francisco – Cotia/SP, com os seguintes documentos: RG, CPF, PIS e CTPS.

O cadastro para os interessados também pode ser feito através do endereço http://maisemprego.mte.gov.br e www.emprega.cotia.sp.gov.br

Para mais informações ( 11 4243-7666 l 4703-4541 l 4703-4147

OCUPAÇÃO

LOCAL DE TRABALHO (MUNICÍPIO)

Nº VAGAS

Agente de microcrédito Cotia

1

Agente de Viagens Cotia

1

Ajudante de carga e descarga Cotia

2

Ajudante de cozinha Cotia

1

Ajudante de cozinha Cotia

1

Ajudante de obras Cotia

2

Ajudante de Serralheiro Cotia

1

Alinhador de direção Cotia

1

Analista contábil Cotia

1

Assistente de cobrança Cotia

1

Assistente de Vendas Cotia

1

Atendente de Balcão Cotia

1

Atendente de Loja Cotia

8

Atendente de Loja Cotia

3

Atendente de Tlmk Cotia

1

Auxiliar Administrativo Cotia

1

Auxiliar de Armazenamento Vargem Grande Paulista

20

Auxiliar de Armazenamento Embu

25

Auxiliar de cabelereiro Cotia

1

Auxiliar de Cozinha Cotia

1

Auxiliar de de Limpeza Cotia

1

Auxiliar de Deposito Cotia

1

Auxiliar de Escritório Cotia

4

Auxiliar de Estoque Cotia

1

Auxiliar de Estoque Cotia

3

Auxiliar de Jardinagem Cotia

5

auxiliar de Limpeza Cotia

1

auxiliar de Limpeza Cotia

30

auxiliar de Limpeza Cotia

1

auxiliar de Limpeza Cotia

3

auxiliar de Limpeza Cotia

3

auxiliar de Limpeza Cotia

1

auxiliar de Limpeza Cotia

2

auxiliar de Limpeza Cotia

2

Auxiliar de manutenção Cotia

1

Auxiliar de manutenção Cotia

1

Auxiliar de Mecânico Cotia

1

Auxiliar de Mecânico de autos Cotia

1

Auxiliar de produção Cotia

60

Auxiliar de produção Cotia

10

Auxiliar de produção Cotia

5

Auxiliar de produção Cotia

1

Auxiliar técnico jr Cotia

1

Chapista Cotia

1

Confeiteiro Cotia

1

Conferente de mercadorias Cotia

4

Costureiro retista Cotia

5

Cozinheiro Cotia

2

Cozinheiro Cotia

1

Cuidador de idoso Cotia

2

Eletricista Cotia

1

Empregado doméstico Cotia

1

Empregado doméstico Cotia

2

Impressor de rotulo Cotia

1

Jardineiro Cotia

2

Marceneiro de móveis Cotia

1

Mecânico de manutenção de autos Cotia

1

Mecânico Diesel Cotia

1

Motorista de caminhão Cotia

4

Motorista de caminhão Cotia

1

Motorista de Caminhão Cotia

1

Motorista de Caminhão Cotia

1

Motorista de Caminhão Cotia

1

Motorista de Caminhão Cotia

2

Motorista de Caminhão Cotia

10

Motorista de Caminhão baú Cotia

1

Motorista de ônibus Cotia

5

Oficial de serviços gerais Cotia

1

Operador de empilhadeira Cotia

1

Operador de máq. de envase Cotia

1

Operador de maquinas de sopro Cotia

1

Operador de Telemarketing Cotia

4

Porteiro Cotia

6

Professor de inglês Cotia

1

Recepcionista bilíngue Cotia

1

Serralheiro Cotia

1

Soldador Cotia

1

Técnico de enfermagem Cotia

1

Técnico Químico Cotia

1

Vendedor de serviços Cotia

6

Vendedor de serviços Cotia

1

Vendedor interno Cotia

1

Vendedor interno Cotia

5

Vigilante Cotia

3

   

301

 

**VAGAS SUJEITAS A ALTERAÇÃO

Pesquisa mostra que 65% dos pacientes com câncer continuam fumando

fumante (1)

Maioria dos fumantes não consegue largar o cigarro, mesmo após receber diagnóstico de doença(Arquivo/Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Levantamento feito pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) com pacientes da instituição mostra que 65% dos pacientes fumantes não conseguem largar o cigarro mesmo após receber o diagnóstico da doença. O coordenador de Apoio ao Tabagista do instituto, Frederico Fernandes, disse que o resultado da pesquisa foi surpreendente. “Nós imaginávamos, justamente, que uma pessoa que fumasse, na hora de receber o diagnóstico de câncer ficasse motivada a parar, pelo fato de ter desenvolvido uma doença relacionada ao tabagismo”, ressaltou em entrevista à Agência Brasil.

Segundo o médico, apesar da vontade dos pacientes de largar o tabaco, o vício é muito forte. “Quando a gente conversa com esses pacientes, vemos que eles têm vontade, estão motivados, mas, pelo fato de ter um nível alto de dependência da nicotina, não conseguem parar ou reduzir”, contou.

A situação se agrava, de acordo com Fernandes, pelo fato de o cigarro ser uma válvula de escape de grande parte dessas pessoas ao lidar com situações difíceis. “E, muitas vezes, quando a pessoa recebe um diagnóstico como esse, acentua os traços de ansiedade. Com isso, ela acaba não conseguindo largar o cigarro por não conseguir canalizar a ansiedade contra a doença em outra coisa”, explica o médico.

Além de ser um fator que contribui para o surgimento do câncer, Fernandes destaca que o cigarro pode atrapalhar o tratamento. “Alguns tipos de quimioterapia têm menor eficácia quando a pessoa continua fumando e recebendo o tratamento”, enfatiza. Fumar também interfere na cicatrização e recuperação de cirurgias. “Se uma pessoa é submetida a uma cirurgia, parando de fumar ela tem uma cicatrização melhor e um pós-operatório menos complicado”, acrescenta.

Há ainda, segundo o médico, o problema da fragilização do sistema respiratório. “Uma das principais complicações que ocorrem no tratamento de câncer são as infecções respiratórias. E a pessoa que fuma tem chance maior de contrair uma infecção durante o tratamento do câncer”.

Por isso, o Icesp montou uma equipe para apoiar os pacientes que querem deixar o cigarro. “Nós temos uma equipe multiprofissional, composta por psicólogos, enfermeiros, nutricionistas e médicos, que vai dar um tratamento baseado tanto em medidas comportamentais, quanto em medicações, para tentar diminuir o vício”, detalha Fernandes.

Uma das principais linhas de atuação do grupo é, justamente, ajudar os fumantes a lidar com a ansiedade sem o tabaco. “Ensinar como lidar com as situações de problema, com o stress do dia a dia, sem precisar recorrer ao cigarro, coisa que muitos deles estão acostumados a recorrer desde a adolescência”, explica o médico.

Da Agência Brasil

Placar geral: Veja os resultados dos jogos de fim de semana

Da Redação: Confira os resultados dos jogos pelo Brasileirão 2014

Domingo, 31 agosto 2014

Brasileiro Série A
18h30-Goiás/GO 3 x 1 Atlético/PR-Local: Serra Dourada – Goiânia – GO
18h30-Grêmio/RS 1 x 0 Bahia/BA-Local: Arena do Grêmio – Porto Alegre – RS
18h30-Vitória/BA 1 x 2 Flamengo/RJ-Local: Manoel Barradas – Salvador – BA
16h00-Corinthians 1 x 1 Fluminense/RJ-Local: Arena Corinthians – São Paulo-SP
16h00-Botafogo/RJ 1 x 0 Santos-Local: Estádio do Maracanã – Rio de Janeiro-RJ
16h00-Figueirense/SC 1 x 1 São Paulo-Local: Estádio Orlando Scarpelli – Florianópolis-SC
16h00-Coritiba/PR 0 x 0 Atlético/MG-Local: Couto Pereira – Curitiba – PR
16h00-Sport Recife/PE 2 x 0 Criciúma/SC-Local: Ilha do Retiro – Recife – PE

Brasileiro Série C
16h00Mogi Mirim 1 x 0 São Caetano-Local: Estádio Romildo Ferreira – Mogi Mirim-SP
16h00Caxias/RS 0 x 3 Tupi/MG-Local: Centenário – Caxias do Sul – RS

Brasileiro Série D
18h30-Moto Club/MA 2 x 2 River/PI-Local: Castelão – São Luís – MA
16h00-Operário/MT 1 x 0 Grêmio Barueri-Local: Arena Pantanal – Cuiabá-MT
16h00-Maringá/PR 1 x 2 Ituano-Local: Estádio Willie Davids – Maringá-PR
16h00-Brasiliense/DF 1 x 1 Anapolina/GO-Local: Elmo Serejo Farias – Taguatinga – DF
16h00-Campinense/PB 0 x 2 Coruripe/AL-Local: Ernani Sátyro – Campina Grande – PB
16h00-Central/PE 2 x 1 Jacuipense/BA-Local: Luiz Lacerda – Caruaru – PE
16h00-Guarani/SC 0 x 1 Brasil de Pelotas/RS-Local: Renato Silveira – Palhoça – SC
15h30-Pelotas/RS 2 x 2 Metropolitano/SC-Local: Boca do Lobo – Pelotas -

Copa Paulista de Futebol Profissional
10h00-Taubaté 0 x 0 Juventus-Local: Estádio Antônio Soares de Oliveira
10h00-Red Bull Brasil 1 x 1 Inter de Limeira-Local: Estádio Moisés Lucarelli
10h00-Atlético Sorocaba 1 x 1 São Bento-Local: Estádio Walter Ribeiro
10h00-Grêmio Osasco 0 x 6 São Bernardo-Local: Estádio Prefeito José Liberatti

Paulista Segunda Divisão
10h00-Manthiqueira 2 x 1 Atibaia-Local: Estádio Professor Dario Rodrigues Leite
10h00-Portuguesa Santista 0 x 1 Grêmio Prudente-Local: Estádio Ulrico Mursa
10h00-Barretos 2 x 1 Mauaense-Local: Estádio Fortaleza
10h00-União Mogi 1 x 0 Nacional-Local: Estádio Francisco Marques Figueira
10h00-Sumaré 0 x 1 Primavera-Local: Estádio Vereador José Pereira

Sábado, 30 agosto 2014

Brasileiro Série A
18h30-Palmeiras 0 x 1 Internacional/RS-Local: Estádio do Pacaembu – São Paulo-SP
18h30-Cruzeiro/MG 4 x 2 Chapecoense/SC-Local: Mineirão – Belo Horizonte – MG

Brasileiro Série B
21h00-Ceará/CE 3 x 1 Luverdense/MT-Local: Castelão – Fortaleza – CE
16h10-Ponte Preta 2 x 0 Náutico/PE-Local:
16h10-Bragantino 1 x 0 ABC/RN-Local: Estádio Nabi Abi Chedid – Bragança Paulista-SP
16h10-América/RN 2 x 3 Paraná/PR-Local: Arena das Dunas – Natal – RN
16h10-Vasco da Gama/RJ 0 x 5 Avaí/SC-Local: São Januário – Rio de Janeiro –

Brasileiro Série C
18h30-CRB/AL 1 x 1 Botafogo/PB-Local: Estádio Rei Pelé – Maceió – AL
16h00-Duque de Caxias/RJ 0 x 3 Guaratinguetá-Local: Estádio Romário Faria – Duque de Caxias-RJ
16h00-Macaé/RJ 1 x 2 Madureira/RJ-Local: Moacyrzão

Brasileiro Série D
19h30-São Raimundo/RR 3 x 4 Atlético/AC-Local: Raimundo Ribeiro – Boa Vista – RR
18h30-Paysandu/PA 1 x 0 Salgueiro/PE-Local: Curuzu – Belém – PA
18h00-Princesa do Solimões/AM 3 x 2 Genus/RO-Local: Ismael Benigno, Colina-RJ
16h00-Goianésia/GO 1 x 1 Luziânia/DF-Local: Waldeir de Oliveira – Goianesia – GO
16h00-Estrela do Norte/ES 3 x 1 Itaporã/MS-Local: Sumaré – Cachoeiro de Itapemirim – ES
16h00-Interporto/TO 2 x 1 Guarany/CE-Local: General Sampaio – Porto Nacional – TO
16h00-Betim/MG 0 x 1 Confiança/SE-Local: João Lamego – Ipatinga – MG
16h00-Vitória da Conquista/BA 1 x 1 Porto/PE-Local: Lomanto Junior – Vitoria da Conquista – BA
15h00-Penapolense 0 x 0 Londrina/PR-Local: Estádio Tenente Carriço – Penápolis-SP

Copa Paulista de Futebol Profissional
16h00-Ferroviária 3 x 0 Santacruzense-Local: Arena da Fonte
20h00-Batatais 1 x 0 Comercial-Local: Estádio Dr. Osvaldo Scatena
18h30-Botafogo 3 x 1 Mirassol-Local: Estádio Santa Cruz
16h00-União Barbarense 0 x 2 Independente-Local: Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães
15h00-Santo André 3 x 1 São José EC-Local: Estádio 1° de Maio

Paulista Segunda Divisão
16h00-Taboão da Serra 1 x 1 Olímpia-Local: Estádio Vereador José Ferez
15h00-Paulínia 2 x 2 Guariba-Local: Estádio Luis Perissinotto
15h00-Pirassununguense 0 x 1 União São João-Local: Estádio Belarmino Del Nero

Sexta, 29 agosto 2014

Brasileiro Série B
20h30-Joinville/SC 2 x 1 Oeste-Local: Arena Joinville – Joinville-SC
20h30-Sampaio Corrêa/MA 0 x 0 América/MG-Local: Castelão – São Luis – MA
20h30-Santa Cruz/PE 2 x 0 Atlético/GO-Local: Arruda – Recife – PE

Copa Paulista de Futebol Profissional
20h00-XV de Piracicaba 3 x 1 Paulista-Local: Barão de Serra Negra

 

 

 

Corinthians recebe o Fluminense na Arena Corinthians

Da Redação: Com previsão de 37 mil pagantes, jogo será realizado neste domingo, na Arena Corinthians

149655

Luciano entra de titular no lugar de Guerrero(foto:Rodrigo Gazzanae/ AE)

Um dia antes de completar 104 anos, o Corinthians comemora seu primeiro aniversário em seu próprio estádio neste domingo (31), às 16h, onde recebe o Fluminense em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na quarta colocação com 31 pontos ganhos, o clube paulista busca os três pontos para se manter na luta pela vice-liderança. Já o clube carioca, que é o quinto com 29, precisa do resultado positivo para entrar na zona de classificação para a Libertadores.

Depois de muitas polêmicas com a arbitragem, o gerente de futebol Edu Gaspar quer o Corinthians focado apenas em jogar futebol. “Conversei com o Mano, batemos um papo, e nós conversamos com os atletas. O foco são os 90 minutos de jogo. Esquecer arbitragem e dedicar todas as forças aos jogos. Estamos falando muito disso. Toda hora é essa coisa de punição. Vamos pensar na essência, na parte tática, no futebol de verdade, que é muito mais legal”, disse.

Para a partida, o técnico Mano Menezes não poderá contar com o atacante Guerrero, que cumpre suspensão após te sido expulso na rodada anterior. O restante da equipe está à disposição do treinador e deve ter a mesma base dos últimos jogos.

No Fluminense, o técnico Cristóvão Borges destacou a importância de recuperar sua equipe fisicamente. “Atuamos um tempo todo com dez jogadores (na última quinta-feira onde enfrentou o Goiás pela Copa Sul-Americana). Há desgaste muito grande. Temos de recuperar em pouco tempo. O jogo contra o Corinthians vai exigir bastante. Precisamos ganhar e vamos buscar um bom resultado”, declarou.

Dentro de campo, o comandante não poderá contar com o meio-campista Cícero, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A dúvida é o goleiro Diego Cavalieri, que se recupera de lesão e será avaliado antes da partida. O restante da equipe terá a mesma base dos últimos jogos.

Ficha Técnica

Corinthians: Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fabio Santos; Ralf, Elias, Lodeiro, Jadson e Renato Augusto (Romero); Luciano.
Técnico: Mano Menezes.

Fluminense: Klever (Diego Cavalieri); Bruno, Elivelton, Marlon e Carlinhos; Valencia, Jean, Wagner (Chiquinho) e Conca; Rafael Sóbis e Fred.
Técnico: Cristóvão Borges.

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE);
Assistentes: Albino Andrade Albert Junior (PE) e Elan Vieira de Souza (PE);
Quarto Árbitro: Rodrigo Guarizo F. do Amaral (SP);
Assistentes adicionais: Ricardo Marques Ribeiro (MG) e Emerson Luiz Sobral (PE);
Local: Arena Corinthians, em São Paulo;
Data: domingo, 31, às 16h.

Fonte: FPF

São Paulo enfrenta o Figueirense no Orlando Scarpelli

Da Redação Pela Série A, o time paulista soma 13 vitórias, quatro empates e duas derrotas contra o adversário

Foto: Divulgação/Figueirense

figgg-8198657436

Depois de sofrer uma derrota na Copa Sul-Americana diante do Criciúma, o São Paulo permanece em Santa Catarina para enfrentar o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, em partida válida pela 18ª rodada do Brasileirão. Sem perder há cinco partidas, o time de Florianópolis (SC) vem de uma vitória por 1 a 0, contra o Vitória, pelo campeonato nacional.

Poupados no meio de semana, Rafael Toloi e Kaká serão os reforços na equipe são-paulina. “Eles eram os que mais preocupavam, mas já estão bem. Vão jogar”, disse Muricy Ramalho. Além deles, o treinador deverá utilizar Denílson e Alan Kardec, que ficaram no banco de reservas contra o Criciúma. Osvaldo, que estava lesionado, está recuperado e entrará no lugar de Alexandre Pato, suspenso. Álvaro Pereira e Ganso também estão suspensos e não jogam.

Segundo colocado na tabela, o São Paulo busca um bom resultado fora de casa para diminuir a distância de sete pontos para o líder Cruzeiro. “É um bom time, sempre joga bem em casa e está num bom momento. Será um bom jogo”, disse Muricy Ramalho sobre o próximo adversário.

No Figueirense, o técnico Argel Fucks terá de lidar com a ausência da dupla de volantes. Luan, lesionado e fora do resto da temporada, e Rivaldo, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Para substituí-los, o treinador deve optar por Paulo Roberto e Dener. O restante da equipe será o mesmo que entrou em campo no último fim de semana.

Com apenas 19 anos, Dener falou sobre a oportunidade de atuar na equipe titular. “Creio que todo mundo acredita no meu potencial, a torcida, a comissão técnica e os companheiros. Às vezes um torcedor conversa comigo e me passa confiança, então estão todos comigo e quando as coisas são assim, tudo começa a acontecer naturalmente em prol do bem”, disse ao Globoesporte.com.

Ficha Técnica

Figueirense: Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Cereceda; Paulo Roberto, Dener, Marco Antônio e Giovanni Augusto; Clayton e Marcão.
Técnico: Argel Fucks.

São Paulo: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Reinaldo (Michel Bastos); Souza, Denílson, Maicon e Kaká; Osvaldo e Alan Kardec.
Técnico: Muricy Ramalho.

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO);
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Boschilia (PR);
Árbitros adicionais: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao (GO) e Marcos Mateus Pereira (MS);
Quarto árbitro: Edmundo Alves do Nascimento (SC);
Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC);
Data: domingo (31), às 16h.

Fonte: FPF

Palmeiras perde para o Internacional-RS por 1 a 0 no Pacaembu

Da Redação 

jorgehenrique_300814_001e

Jorge Henrique vence goleiro Fábio e garante a vitória para Inter(foto: Divulgação site do Inter)

Para tentar embalar uma reação no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras recebeu o Internacional neste sábado (30) no Pacaembu, pela 18ª rodada da competição e foi derrotado pelo placar de 1 a 0.

O Palmeiras permanece com 17 e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. O Inter vai a 34 e passa o sábado na vice-liderança do torneio.

O jogo começou com o Palmeiras tentando o ataque e buscando a posse de bola, mas o Internacional era quem mostrava mais iniciativa ofensiva e pressionava com mais intensidade.

Aos 19, Dida tentou o lançamento no campo ofensivo e Jorge Henrique recebeu de frente para o gol, Fábio tentou sair para travar o lance, mas errou na hora de ir para a defesa e o Internacional abriu o placar.

O Inter passou a ter mais chances de gol e a dar trabalho para a defesa palmeirense, que brigava para ficar com a bola e se arriscar no ataque.

O Palmeiras voltou para o segundo tempo no ataque e tentando mais chutes a gol, enquanto o Internacional buscava a resposta no contra-ataque em velocidade, mas era parado pela marcação palmeirense.

A equipe gaúcha ganhou espaço em campo e forçava o erro da defesa palmeirense. O jogo continuava disputado e com os dois times brigando por espaço, entretanto o placar permaneceu inalterado.

Próximos jogos de Internacional e Palmeiras pela 19ª rodada do Brasileirão 2014

Internacional x Figueirense – 07/set – 18h30 – Estádio do Beira-Rio

Atlético-PR x Palmeiras – 07/set – 18h30 – Arena da Baixada

Confira a ficha técnica da partida:

http://conteudo.cbf.com.br/sumulas/2014/142174se.pdf

Fonte: FPF

Policia prende nove criminosos na zona sul da Capital e frusta roubo de carga

Da Redação

A Polícia Militar conseguiu, no início da tarde deste sábado (30), evitar roubo de carga de celulares que ocorreria na Grande São Paulo. Integrantes da 1ª Companhia do 12º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano detiveram, por volta das 12h30, nove indivíduos com armamento pesado no Campo Belo.

A ação ocorreu durante o patrulhamento pela Rua Bernardino de Campos – Águas Espraiadas, quando os PMs avistaram um veículo Honda Civic roubado. Na tentativa de abordagem, foram agredidos a tiros. Após breve perseguição pela comunidade local, os policiais militares conseguiram abordar o veículo e identificaram outros criminosos que também foram abordados e presos.

No total, foram presos nove criminosos e, com eles, apreendidos quatro fuzis, 13 carregadores, um revólver, duas pistolas, 178 cartões magnéticos virgens, 37 munições de calibre 9mm, 41 munições de calibre 38, duas camisetas pretas idênticas a da Policia Civil, diversos invólucros para armazenar drogas vazios, três cédulas de identidade em branco, além de um HT (rádio comunicador) e um colete balístico.

A ação da Polícia Militar teve apoio de uma equipe do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil. Não houve feridos. A ocorrência foi encaminhada ao 27ºDP.

Com informações da Secretaria da Segurança Pública de SP

Medidas preventivas podem evitar 90% dos acidentes com crianças

sdh

Prevenção de acidentes deve começar cedo, alertam especialistas (Valter Campanato/Agência Brasil)

No Dia Nacional de Prevenção de Acidentes com Crianças e Adolescentes, celebrado hoje (30), especialistas alertam que 90% desses casos que resultam em morte e internação poderiam ser evitados com atitudes simples. A Rede Primeira Infância e a organização não governamental (ONG) Criança Segura lançaram um relatório sobre prevenção de acidentes na primeira infância (até 9 anos), levando em conta dados de 2012 do Datasus.

Principal causa de morte com crianças a partir de 1 ano de idade no Brasil, os acidentes nessa faixa etária foram responsáveis por 3.142 mortes e mais de 75 mil hospitalizações de meninos e meninas, naquele ano. Os acidentes de trânsito, que incluem atropelamentos e atingem passageiros de veículos, motos e bicicletas, representaram 33% das mortes, seguidos de afogamento (23%) sufocamento (23%), queimaduras (7%) e quedas (6%). Os atendimentos em hospitais passam a contar a partir de 24 horas de internação, ou seja, não são típicos de prontos-socorros.

“Existem políticas públicas que podem ser estabelecidas para prevenção, uso de produtos mais seguros e treinamento em primeiros-socorros, por exemplo, mas é uma situação que só pode ser revertida por cada um, adequando os ambientes das casas, usando a cadeirinha, brincando em espaços seguros”, destaca a coordenadora nacional da ONG Criança Segura, Alessandra Françoia. “São atitudes simples, mas que precisam fazer parte do dia a dia.”

Para a médica Renata Dejtiar Waksman, do Departamento de Segurança da Criança e do Adolescente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), todos os atores sociais são responsáveis pelas crianças, e o trabalho de prevenção tem que começar já no consultório do obstetra, com a chamada prevenção primária.

“As pessoas subestimam a criança, acham que ela não consegue fazer as coisas, não consegue colocar o dedo na tomada, não consegue rolar da cama, acham que ela não é capaz disso. Falta conhecimento das características e habilidades das crianças, além da falta de supervisão e a distração dos cuidadores”, ressalta Renata.

Análises feitas com base no estudo mostram que alguns elementos estão ligados ao aumento da exposição das crianças aos riscos de acidentes. Entre eles, está a falta de informação, de infraestrutura adequada, de espaços de lazer, creches e escolas e de políticas públicas direcionadas à prevenção. Fatores como a pobreza, o fato de a mãe ser solteira e jovem e ter baixo nível de educação e as habitações precárias, além das famílias numerosas, também estão associados aos riscos de acidentes.

A pediatra Renata Waksman diz que é preciso encarar o problema como uma epidemia. “Acidentes podem ocorrer em todos os níveis sociais. Aquela criança que tem acesso direto à rua corre risco, mas a outra, que mora em um condomínio, pode ser atropelada na porta da garagem. Infelizmente, [o risco de acidente] está se tornando uma situação muito democrática”.

MPs fiscalizam escolas públicas do país para averiguar as instalações e o atendimento às crianças. Na foto, a Escola Municipal

912563-
ONG Criança Segura tem dicas para reduzir risco de acidentes no dia a dia(Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O relatório mostra ainda que, a cada morte, mais quatro crianças ficam com sequelas permanentes, capazes de gerar consequências emocionais, sociais e financeiras na família e na sociedade. De acordo com o governo brasileiro, cerca de R$ 70 milhões são gastos na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) com o atendimento de crianças que sofreram acidentes.

“O queimado é um paciente caríssimo, por exemplo. Precisa de muito tempo de internação, várias cirurgias reparadoras e estéticas. Os custos social e econômico são muito grandes, sem contar o custo emocional para as famílias”, enfatiza a presidenta do Departamento de Segurança da Criança e do Adolescente da SBP, Marislaine Lumena.

Para ela, os acidentes com crianças são um grave problema de saúde pública. “A criança é curiosa, não tem noção do perigo, ela explora os ambientes e se expõe ao risco. Além da mudança de comportamento e das medidas educativas e legislativas, é preciso mais fiscalização das leis”, recomenda. Marislaine cita como exemplo o álcool líquido e os andadores infantis, que tiveram a venda proibida, mas que, segundo ela, continuam sendo comercializados livremente.

Veja abaixo dicas de como diminuir os riscos no dia a dia:

Na Rua

- Ensine a criança a respeitar os sinais de trânsito, atravessar a rua na faixa de pedestres e olhando para os dois lados.
- Menores de 10 anos não devem atravessar a rua sozinhos. É importante segurar os pequenos pelo pulso.
- Entradas de garagens, quintais sem cerca ou estacionamentos não são seguros para brincadeiras.

No Trânsito

- Crianças com menos de 10 anos devem sentar no banco de trás do carro. Até os 7 anos, é importante usar cadeirinhas de segurança adequadas à idade e ao peso da criança. Sempre usar cinto de segurança.
- Não deixe a criança sozinha no carro, mesmo que o vidro esteja entreaberto.
- Ao contratar transporte escolar, busque referências e verifique a documentação do veículo e do motorista.

Nas Áreas de Lazer

- Escadas, sacadas e lajes não são lugares para brincar.
- No parquinho, verifique se os equipamentos são apropriados à idade da criança e fique atento a perigos como ferrugem, pregos expostos e superfícies instáveis.
- O piso deve absorver o impacto e ser de como grama, emborrachado ou areia.
- Ensine regras de comportamento, como não empurrar, nem se amontoar.
- Empinar pipa só em lugares abertos, longe de fios elétricos e trânsito.
- Ensine a criança a usar capacete quando estiver de bicicleta, skate ou patins.
- Conheça as plantas de sua casa e remova as venenosas.

Na Piscina

- As crianças devem sempre ser supervisionadas por um adulto quando estiverem próximas de água.
- Instale cercas de isolamento na piscina com, no mínimo, 1,5m de altura, cadeados e travas.
- Evite brinquedos e outros atrativos próximos a piscinas e reservatórios de água.
- Boias e outros equipamentos infláveis passam uma falsa sensação de segurança. O ideal é que a criança use sempre um colete salva-vidas em embarcações ou na prática de esportes aquáticos.
- Ensine a criança a não brincar de empurrar, dar “caldo” dentro d’água ou simular que está se afogando.

Em Casa
Quarto

- Crianças com menos de 6 anos não devem dormir em beliches. Se não houver escolha, coloque grades de proteção nas laterais.
- Nunca deixe um bebê sozinho em mesas, camas ou outros móveis, mesmo que seja por pouco tempo.
- As grades de proteção do berço devem estar fixas. O vão entre as grades não deve ter mais que 6 cm de distância.
- Remova do berço todos os brinquedos, travesseiros e objetos macios quando o bebê estiver dormindo.
- Certifique-se de que os brinquedos da criança são atóxicos e indicados à idade dela. Compre produtos com o selo do Inmetro.
- Inspecione os brinquedos regularmente em busca de danos.
- Brinquedos com correntes, tiras e cordas com mais de 15cm devem ser evitados.
- Fique atento ao recall de brinquedos com problemas ou defeitos.
- Deixe o chão livre de objetos pequenos como botões, bolas de gude, moedas e tachinhas.

Sala

- Instale grades ou redes de proteção nas janelas, sacadas e mezaninos. As redes devem ter espaços de no máximo 6cm.
- Use portões de segurança no topo e na base das escadas e, caso sejam abertas, instale redes de proteção.
- As tomadas devem estar protegidas por tampas apropriadas, esparadrapo, fita isolante ou mesmo cobertas por móveis.
- Mantenha camas, armários e outros móveis longe das janelas e cortinas e verifique se estão estáveis.
- Cuidado com as quinas dos móveis.

Cozinha

- Corte os alimentos em pedaços bem pequenos na hora de alimentar a criança.
- Não deixe fósforos, isqueiros e outras fontes de energia ao alcance dos pequenos.
- Mantenha a criança longe da cozinha e do fogão, principalmente durante o preparo das refeições.
- Cozinhe nas bocas de trás do fogão e sempre com os cabos das panelas virados para trás.
- Evite carregar as crianças no colo enquanto mexe em panelas no fogão ou manipula líquidos quentes.
- Não use toalhas de mesa compridas.

Banheiro

- Cuidado com pisos escorregadios, coloque antiderrapante nos tapetes.
- Conserve a tampa do vaso sanitário fechada ou lacrada com dispositivo de segurança ou mantenha a porta do banheiro trancada.
- Nunca deixa a criança sozinha na banheira.
- Saiba quais produtos domésticos são tóxicos. Produtos comuns, como enxaguantes bucais, podem ser nocivos se a criança engolir em grande quantidade.
- Mantenha medicamentos trancados e nunca se refira a eles como ‘doce’. Isto pode levar a criança a pensar que não é perigoso ou que é agradável de comer.

Área de Serviço

- Não deixe as crianças por perto quando estiver passando roupa, nem largue o ferro elétrico ligado sem vigilância.
- Mantenha cisternas, tonéis, poços e outros reservatórios domésticos trancados ou com proteção.
- Deixe os baldes com água no alto, longe do alcance das crianças, esvazie todos após o uso e guarde-os virados para baixo.
- Guarde todos os produtos de higiene e limpeza trancados, fora da vista e do alcance das crianças.
- Nunca deixe sacos plásticos ao alcance das crianças.

Fonte: Criança Segura Brasil

Primeiro monotrilho do país será inaugurado hoje em São Paulo

Com oito meses de atraso, começa neste sábado (30) a era dos monotrilhos em São Paulo. A linha 15-prata, a primeira a ser inaugurada com essa tecnologia no país, começará a funcionar a partir das 10h, em fase de testes.

O trecho inicial tem 2,9 km e vai da estação Vila Prudente à Oratório, na zona leste. Até meados de 2018, o governo espera ter três linhas de monotrilho em operação.
Por pelo menos dois meses a linha 15 vai funcionar em caráter limitado –das 10h às 15h aos sábados e domingos, e sem cobrança de tarifa.

O Metrô afirma que essa fase, chamada de “visita controlada”, serve para os últimos ajustes de equipamentos e sistemas antes da operação no mesmo horário da rede –das 4h40 à 0h.

Monotrilho

Zanone Fraissat/Folhapress

433338-970x600-1

REFERÊNCIA
Na prática, o monotrilho da linha 15-prata servirá de laboratório para o sistema –as outras linhas serão a 17-ouro (Morumbi-Jabaquara), em obras, e a 18-bronze (Tamanduateí-ABC), contratada.

“Como é o primeiro, esse está servindo de referência para tudo que ainda está por vir”, disse o secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, que não deu prazo preciso para a conclusão das outras linhas.

Até agora, o governo vinha trabalhando com previsão de 2015 (linha 17-ouro) e 2018 (linha 18-bronze).

Quando completa, a linha 15 terá 18 estações e 26,7 km ligando o Ipiranga à Cidade Tiradentes, uma das áreas mais populosas da cidade. A demanda prevista é de mais de 500 mil passageiros/dia.

Um dos objetivos do novo ramal é desafogar a linha 3-vermelha do metrô, a mais superlotada da rede.

Editoria de Arte/Folhapress
142411224
Para elevar a capacidade do monotrilho foram usados materiais leves, emprestados da indústria aeronáutica, sistema de tração compacto e tecnologia de operação automática (sem condutor).

O trem usa pneus e trafega por vias de concreto elevadas. Se, por um lado, elas reduzem o custo da construção por evitar escavações e desapropriações, também alimentam uma das principais críticas: a de que têm potencial para degradar áreas ao causar um “efeito minhocão”.

Governo e fabricantes dizem que a estrutura causa pouca sombra e que o paisagismo atenuará o impacto.

Outras dúvidas em relação ao sistema são no caso de panes, em que o passageiro terá que usar passarelas metálicas entre as vias, e se os pneus terão vida útil longa.

Ao adotar o monotrilho, São Paulo foi na contramão de outras metrópoles que desistiram da tecnologia. Sydney, na Austrália, por exemplo, fechou uma linha no ano passado porque era pouco usada, causava poluição visual e chegava a derramar óleo nas pessoas embaixo.

ESTRANHO, MAS OK
Moradores da região das novas estações olham para o monotrilho com receio, mas aprovam a chegada de mais transporte à zona leste.

Nesta sexta, o vaivém do trem para testes na véspera da inauguração atraía curiosos. A vendedora Selma Pessoa, 34, se mostrou apreensiva. “Olha, que dá medo, dá. Mas eu vou andar nele [monotrilho]“, disse. Os trens trafegam a uma altura entre 12 e 15 metros do chão.

O projetista Felipe Rocha, 34, achou o novo sistema interessante e diz que traz a “modernidade”. “Vou usar para ir trabalhar”, afirmou.

Também será aberta no sábado uma ciclovia de 2,4 km embaixo do monotrilho, que acompanha o traçado da av. Luiz Ignácio de Anhaia Mello.

ANDRÉ MONTEIRO/CÉSAR ROSATI
DA FOLHA DE SÃO PAULO