Espetáculo “Antilógica romântica” explora a descoberta da sexualidade

Espetáculo “Antilógica romântica” explora a descoberta da sexualidade

Da Redação

O Teatro Nivaldo Santana apresenta, com produção da Cia. NP3 (Núcleo de Pesquisa em Psicoteatro Pedagógico e Social), dias 26 e 28 de outubro, o espetáculo “Antilógica romântica”, montagem que aborda o preconceito com relação à descoberta da sexualidade entre os jovens.
 
Com direção de Daniel Bernardes, “Antilógica romântica” conta a história de Brian que, mergulhado em memórias e alucinações dentro de seu quarto, escreve uma carta de amor irreversível a T., trazendo à tona questões como a descoberta da sexualidade, diversidade sexual, aceitação e o preconceito da sociedade com relação ao tema. Por meio de uma abordagem psicológica, o espetáculo propõe a reflexão sobre a natureza e o julgamento humano em situações cotidianas que parecem distantes do dia-a-dia, mas que estão muito mais próximas do que se imagina, levando o espectador a refletir sobre sua própria vida.

 
Após as duas apresentações no Teatro Nivaldo Santana, o espetáculo segue para o Teatro Municipal, onde terá única apresentação, no dia 21 de novembro.
 
Serviço:
“Antilógica Romântica – Um amor no terceiro milênio”
Dias 26 e 28, 19h30.
Teatro Nivaldo Santana – Escola de Artes César Antônio Salvi
Rua Tenente Avelar Pires de Azevedo, 300 – Centro
Dia 21, 19h30.
Teatro Municipal de Osasco
Av. dos Autonomistas, 1533 – Vila Campesina
14 anos. 50 min. R$ 5
Mais informações: 3685-9596
 

Osasco realiza XVI edição do Recreio nas Férias

Osasco realiza XVI edição do Recreio nas Férias
 

 

Oficina Recicla Sucata Som

O programa Recreio nas Férias consiste no desenvolvimento de atividades culturais e educacionais que têm como objetivo a aprendizagem das crianças da rede municipal através de brincadeiras, práticas esportivas, atividades culturais, oficinas, jogos e passeios, no período de férias escolares.

As atividades são desenvolvidas por agentes recreativos, que são selecionados entre candidatos que tenham experiência no trabalho com crianças. Eles recebem formação complementar. Nesta edição, foram selecionados 850 agentes e as formações aconteceram nos dias 8,9, 15 e 16 de dezembro. Os agentes passaram pelas oficinas de Artes, Recreação, Jogos e Brincadeiras, Musicalização, “Brincando com Papéis”, “Ser Diferente é Normal”, “Inclusão Através da Criação de Brinquedos”, “Ensinar Brincando: Ouvindo a Brincadeira”, “Jardim de Bolso”, “Culinária”, dentre outras.

De acordo com a coordenadora geral do Recreio, Cleusa Simão, a exigência é grande para se tornar agente. “Não contratamos professores e sim agentes recreativos, mesmo que esse agente seja professor aqui terá que trabalhar conforme as normas do programa, por isso, a formação é imprescindível”, conclui.

As oficineiras de contação de história: Ensinar Brincando e Ouvindo a Brincadeira, Bruna Talita Rodrigues, Amanda de lima e Lívia Chaud, falam da importância da inclusão através da oficina por elas oferecida. “Trabalhamos a contação de história e cultura surda. Contamos histórias para quem ouve com os ouvidos e com os olhos, o foco não é ensinar, mas sim mostrar as aberturas de comunicação”, afirma Lívia.

Outra oficina muito animada é a Recicla Sucata Som, na qual os participantes aprendem a criar brinquedos e instrumentos musicais. “Estou adorando essa oficina porque vou poder ensinar as crianças e também os meus filhos”, disse Gilmara Alves, agente recreativa.

Para secretária de Educação, Marinalva Oliveira, “as formações são necessárias para que os agentes entendam o programa, a forma e a seriedade com que a Secretaria de Educação concebe o programa”, disse.

A XVI edição acontece entre os dias 7 e 12 e 14 e 19 de janeiro. O encerramento acontece no dia 26, no ginásio de esportes Professor José Liberatti.

Na última edição, o programa atendeu cerca de 17,5 mil crianças.

 

Texto e fotos: Fátima Rodrigues                                                                

Pré-estreia gratuita de documentário sobre poetisa Cristina Cesar nesta sexta-feira (8)

Pré-estreia gratuita de documentário sobre poetisa Cristina Cesar  nesta sexta-feira (8)

Filme “Bruta Aventura em Versos" já esteve em mostras de cinema no Brasil, na Grécia e na Argentina
 
Da Redação
 
No Dia Internacional da Mulher, a SP Escola de Teatro promove uma sessão de pré-estreia do longa-metragem "Bruta Aventura em Versos", sobre a poetisa carioca Ana Cristina Cesar, morta em 1983. A exibição, gratuita e aberta ao público, acontece nessa sexta-feira, às 19h.

 
O documentário procura absorver a beleza e a originalidade da obra da autora, através da dança de Marcia Rubin, do teatro de Paulo José e Ana Kutner e da poesia de novos escritores, como Alice Sant'Anna, Laura Liuzzi e Augusto Guimaraens.
 
Desde a primeira exibição no 16º Festival de Cinema do Rio de Janeiro, "Bruta Aventura em Versos" já esteve em mostras de cinema no Brasil, na Grécia e na Argentina.
 
 
SERVIÇO
Pré-Estreia: Filme "Bruta Aventura em Versos"
8/3, às 19h
SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt (Praça Roosevelt, 210 – Consolação)
3775-8600
Grátis
 
Fonte: Portal do Governo do Estado  
 

73ª Romaria de Caucaia do Alto à Pirapora do Bom Jesus

73ª Romaria de Caucaia do Altoà Pirapora do Bom Jesus
 
Da Redação
No mês de abril, o distrito de Caucaia do Alto-Cotia sediará a tradicional Romaria de Caucaia do Alto a Pirapora do Bom Jesus. A tradicional festa, que está em sua 73ª edição, atrai milhares de fieis que participam da romaria em diversos segmentos (ciclistas, cavaleiros, máquinas agrícolas, jipeiros, motociclistas, pedestres e ônibus).

 
Contando com apoio da Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria Municipal da Cultura, a festa foi fundada por famílias tradicionais de Caucaia, onde quatro Romeiros fizeram o percurso pela primeira vez montados à cavalo, e no decorrer dos anos outros grupos uniram-se aos fundadores até chegar a estrutura que compõe o evento atualmente, com os segmentos de fé que percorrem os 70 quilômetros da Romaria.
 
Confira a programação do evento que acontece nos dias 19, 20 e 21 de abril:
 
Tríduo de Preparação da Romaria de 2013 na Matriz
 
- Dia 16 de abril, terça-feira, às 19 horas – Liturgia terço dos Homens
 
Dia 17 de abril, quarta-feira, às 19 horas – Liturgia dos Jovens
 
- Dia 18 de abril, quinta-feira, às 19 horas – Liturgia Grupo Santa Cecília
 
- Dia 19 de abril, sexta-feira, às 19 horas Santa Missa de Abertura da Romaria – Liturgia: Imaculada Conceição
 
A Santa Missa será presidida pelo Padre Everaldo e Félix e concelebrada pelo Padre Paulo Mercieca, pedindo a proteção e as graças de Deus para os Romeiros.
 
Percursos da Romaria     
 
Caucaia do Alto (saída) – Água Espraiada –Vargem Grande Paulista – São João Novo – Araçariguama – Pirapora do Bom Jesus (Chegada). Ônibus: Irão por Cotia, Itapevi e Pirapora.
 
Itinerário dos Pedestres
 
Saída às 20 horas da Praça da Matriz no dia 19 de abril, passando pelas estradas: Água Espraiada às 22 horas, por Vargem Grande Paulista às 24 horas, e por Araçariguama às 7 horas, onde Serpa servido café nos Ponto dos Romeiros. A chegada em Pirapora será às 10 horas do dia 20 de abril.
 
-Sábado 20 de abril
 
- Segmentos, partida, almoço:
 
Ciclistas, 4:45, Pirapora
 
Cavaleiros, 5:30, Araçariguama
 
Máquina Agrícolas, 7:00, Pirapora
 
Jipes, 7:30, Pirapora
 
Motociclistas, 10:00, Pirapora                                                   
 
Ônibus, 8:00, Pirapora
 
- Procissão de Chegada
 
Todos os Romeiros se reunirão no Parque dos Romeiros em Pirapora para organizar a Solene entrada no Santuário.
 
- Santa Missa Oficial dos Romeiros em Pirapora Santuário do Bom Jesus de Pirapora às 19 horas. Será presidida pelo Padre Everaldo Félix, concelebrada pelo Padre Paulo Mercieca e coordenada pela Paróquia Nossa Senhora do Carmo e São Cristóvão.
 
- Regresso
 
Ônibus: após a Santa Missa das 19 horas do sábado
 
-Domingo dia 21 de abril
 
Segmentos, partida, almoço
 
Ciclista, 7:00, São João Novo
 
Cavaleiros, 7:45, São João Novo
 
Jipes, 11:00, Pirapora
 
Máquinas Agrícolas, 11:30, Pirapora
 
Motociclistas, 13:30, Pirapora
 
Chegada bênçãos do nosso pároco Padre Everaldo.
 
No domingo, 21 de abril, a partir das 20 horas, haverá encerramento com show do cantor Leonardo. Entrada Franca.

Campanha “Conte até 10″ reduzirá mortes por intolerância

Campanha "Conte até 10" reduzirá mortes por intolerância
 
A ação tem o objetivo de conscientizar a sociedade de que muitos homicídios são cometidos por impulso, em momentos de nervosismo e raiva, seja no trânsito, em bares ou mesmo dentro de casa. A campanha foi lançada no Estado de São Paulo nesta segunda-feira (27)
 
Da Redação
Divulgação
O Governo colocará os cartazes em escolas e estações de trem e metrô
 
A campanha “Conte até 10. Paz. Essa é a atitude”, criada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), foi lançada oficialmente no Estado de São Paulo. No evento, realizado na manhã desta segunda-feira (27), no auditório Queiroz Filho do MP, no centro de São Paulo, a tolerância e a paciência foram os temas principais.

“A empatia, capacidade do ser humano se colocar no lugar do próximo, no sentido de entender suas carências e, dentro dessa perspectiva, evitar prejulgamentos e até reações violentas, é uma das características mais destacadas em um sistema de valores como o nosso”, disse o secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, durante seu pronunciamento.

 
A campanha tem o objetivo de conscientizar a sociedade de que muitos homicídios são cometidos por impulso, em momentos de nervosismo e raiva, seja no trânsito, em bares ou mesmo dentro de casa. Segundo Grella, cerca de um terço dos casos registrados no Estado são por motivos fúteis, que poderiam ser evitados se a pessoa se acalmasse antes de agir.
 
O evento contou também com a participação do secretário adjunto da Secretaria da Segurança, Antonio Carlos da Ponte, do delegado-geral da Polícia Civil, Luiz Mauricio Souza Blazeck, da superintendente da Polícia Técnico-Científica, Normal Sueli Bonaccorso, e do procurador-geral do Ministério Público de São Paulo, Márcio Elias Rosa, além de diversas autoridades civis e militares.
 
A coordenadora da campanha e membro do CNMP, Tais Shilling Ferraz, também estava presente. “Essa é uma campanha voltada para pessoas que não são criminosas, mas cometem um ato em um momento impensado”, disse.
 
O Governo do Estado investiu no apoio à campanha. Além da Capital e da Grande São Paulo, algumas regiões do interior, como Campinas, Baixada Santista e Vale do Paraíba, terão anúncios de referência ao “Conte até 10” em jornais e rádios. Escolas estaduais e estações de trem e metrô receberão cartazes da campanha.
 
“Faço votos que o espírito da campanha contamine as pessoas, no sentido positivo do termo. O ensino da tolerância e da paciência, no campo das relações interpessoais é fundamental para que construamos uma cultura de paz em São Paulo e no país”, finalizou Grella.
 
A campanha é do Conselho Nacional do Ministério Público em parceria com a Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), integrada pelo CNMP, Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Ministério da Justiça, apoiada pelo Governo de São Paulo.
 
Mais informações sobre a campanha, incluindo os cartazes e depoimentos, podem ser acessadas pelo site http://www.conteate10.cnmp.gov.br/.
 
Foco popular
 
Os cartazes da campanha são estrelados pelos lutadores Anderson Silva e Junior Cigano, campeões mundiais do UFC, e pelos judocas Leandro Guilheiro e Sarah Menezes, medalhistas olímpicos.
 
“A escolha desses lutadores é porque, na vida pessoal, eles defendem a paz nas relações com suas famílias, amigos e sociedade em geral. E, por serem atletas, são pessoas que naturalmente precisam desenvolver a disciplina e a tolerância, além de serem ídolos. A mensagem que passam é que a luta é no tatame, octógono e no ringue. Na vida, temos que ser da paz”, explica a coordenadora da campanha.
 
Além disso, usando smartphones e tablets também é possível baixar o jogo “Conte até 10”. O aplicativo é gratuito e possui cinco jogos para exercitar a paciência e a boa convivência. Há simuladores de local de trabalho e trânsito. O jogador que conseguir passar as cinco fases com medalha de ouro ganha uma fase bônus. O aplicativo também tem interação com algumas redes sociais, o que permite comparar as pontuações com amigos.
 
 

Francisco destaca os grandes desafios para atender às demandas dos jovens

Francisco destaca os grandes desafios para atender às demandas dos jovens
 
Em seu discurso na cerimônia de boas-vindas no Palácio Guanabara, o papa Francisco agradeceu a Deus por permitir que na primeira viagem de seu pontificado lhe fosse permitido voltar “à amada América Latina, e em especial, ao Brasil”. Francisco disse ter aprendido que “para ter acesso ao povo brasileiro é preciso ingressar pelo portal de seu imenso coração. Por isso, permito-me que nesta hora eu possa bater delicadamente a esta porta. Peço licença para entrar e transcorrer esta semana com vocês”.

 
“Não tenho ouro nem prata, mas trago o que de mais precioso me foi dado: Jesus Cristo”, disse o papa Francisco, sob aplausos dos presentes à cerimônia. “Venho em Seu nome, para alimentar a chama de amor fraterno que arde em cada coração. Desejo que chegue a todos e a cada um a minha saudação: a paz de Cristo esteja com vocês”.
 
Depois de agradecer à presidenta Dilma Rousseff pelo discurso de boas-vindas, “que externou a alegria dos brasileiros por minha presença em sua pátria”, e dar seus cumprimentos às demais autoridades, o papa Francisco se referiu aos bispos brasileiros. “Aos quais repousa a tarefa de guiar o rebanho nesse imenso país”. Segundo o papa, “minha visita outra coisa não quer senão continuar a missão pastoral própria do bispo de Roma, de confirmar os seus irmãos na fé em Cristo, de animá-los a testemunhas as razões da esperança que dele vem e de incentivá-los a oferecer a todos as inesgotáveis riquezas de seu amor”.
 
Em seguida, Francisco se referiu ao motivo principal de sua presença no Brasil. “Vim para a Jornada Mundial da Juventude. Vim para encontrar os jovens que vieram de todo o mundo, atraídos pelos braços abertos do Cristo Redentor. Eles querem agasalhar-se no seu abraço para, junto de seu coração, ouvir de novo o seu potente e claro chamado: ide e fazei discípulos entre todas as nações”.
 
O papa destacou a diversidade dos jovens reunidos no Rio para a JMJ. “Estes jovens provêm dos diversos continentes, falam línguas diferentes, são portadores de variadas culturas e, todavia, em Cristo encontram as respostas para suas mais altas e comuns aspirações e podem saciar a fome de verdade límpida e de amor autêntico”, disse.
 
Ainda sobre os jovens, Francisco destacou que “Cristo abre espaço para eles, pois sabe que energia alguma pode ser mais potente que aquela que se desprende do coração dos jovens quando conquistados pela experiência da sua amizade”. O papa disse também ter consciência de que “ao dirigir-me aos jovens, falarei às suas famílias, às suas comunidades eclesiais e nacionais de origem, às sociedades nas quais estão inseridos, aos homens e às mulheres dos quais, em grande medida, depende o futuro destas gerações”.
 
Para Francisco, a juventude nos impõe grandes desafios. “A nossa geração se demonstrará à altura da promessa contida em cada jovem quando souber abrir-lhe espaço; isso significa tutelar as condições materiais e imateriais para o seu pleno desenvolvimento; oferecer a ele fundamentos sólidos, sobre os quais construir a vida; garantir-lhe segurança e educação para que se torne aquilo que ele pode ser; transmitir-lhe valores duradouros pelos quais a vida mereça ser vivida, assegurar-lhe um horizonte transcendente que responda à sede de felicidade autêntica”.
 
Francisco finalizou o discurso propondo “um diálogo de amigos” com a nação brasileira. “na sua complexa riqueza humana, cultural e religiosa. Desde a Amazônia até os pampas, dos sertões até o Pantanal, dos vilarejos até as metrópoles, ninguém se sinta excluído do afeto do papa. Depois de amanhã, se Deus quiser, tenho em mente recordar-lhes todos a Nossa Senhora Aparecida, invocando sua proteção materna sobre seus lares e famílias. Desde já a todos abençoo. Obrigado pelo acolhimento”.
 
Da Agência Brasil

Embu das Artes realiza pojeto Beleza Empreendedora

Embu das Artes realiza pojeto Beleza Empreendedora
 
Da Redação
Embu das Artes, por meio da prefeitura, da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SP) convidam empresários (as) e profissionais do setor de beleza e estética para o lançamento do Projeto Beleza Empreendedora na próxima segunda-feira (23/9), no Centro Cultural Mestre Assis do Embu. 

 
O objetivo é capacitar profissionais do setor de beleza e estética, ampliando o seu conhecimento com informações sobre finanças, administração e marketing, para que se tornem gestores mais competitivos.
 
Programação (23/9):
 
14h – Abertura
 
14h30 – “Como atrair, conquistar e fidelizar clientes para negócios de beleza”, palestra Sebrae
 
15h30 – Palestra e demonstração de produtos
 
16h30 – Desfile de penteados
 
17h – Encerramento
 
Local: Centro Cultural Mestre Assis do Embu (Largo 21 de Abril, 29)
 

Projeto Emcena Brasil será realizado no Parque das Hortênsias

Projeto Emcena Brasil será realizado no Parque das Hortênsias
 
Por Dereck Gomes
Espetáculo “Em Busca do Segredo Esquecido” abrirá Projeto Emcena Brasil (Foto: Divulgação)
 
Taboão da Serra receberá, nos dias 26 e 27 de outubro, a caravana do projeto Emcena Brasil. O evento, que conta com o apoio da Secretaria de Cultura e Turismo do município, será realizado no Parque das Hortênsias, localizado na Praça Miguel Ortega, nº 500, no Parque Assunção. A programação começa a partir das 15h.

 
Visto por cerca de 300 mil pessoas, das mais de 120 cidades percorridas em todo o país nos últimos cinco anos, o Emcena Brasil é realizado por meio da lei de Incentivo Fiscal, da Secretaria de Cultura do Governo de São Paulo, e conta com o apoio da Comgás e realização da Cia Abare Teatro. Ao todo, 40 artistas e técnicos estão envolvidos diretamente na realização do evento. Durante os dois dias de apresentações, serão levados ao público oficinas, contações de histórias, apresentações de peças teatrais voltadas para crianças e adultos, espetáculo de circo, show de música, além de sessão de cinema e demais atividades. 
 
Segundo Orlando Moreno, criador e idealizador do projeto, “esses últimos anos de circulação nas mais variadas regiões de norte a sul desse país foram muito gratificantes, tanto para adquirir experiência, como para aprender com a cultura de cada localidade”, comenta. Para ele, levar cultura às pessoas, consolidar o projeto, e receber o reconhecimento do público, é fundamental. “Ao contrário do que dizem, todos adoram o bom teatro, a boa música e apreciam a arte como um todo participando ativamente. Ao final, agradecidas, as pessoas retribuem aplaudindo entusiasticamente todos os artistas”, completa. 
 
Confira a programação completa do Projeto Emcena Brasil:
 
Sábado, 26 de outubro:
 
15h – Teatro para crianças – ‘Em Busca do Segredo Esquecido’ – Cia Abaréteatro
16h – Contação de Histórias – ‘Pedro Pedroca Catimbirimboca’ – Cia Mão Livre
17h – Oficina de Confecção de Desenho e plantio de sementes (vagas limitadas) – Cia Mão Livre
19h – Espetáculo de Mamulengo – ‘As Pelejas de Benedito na Fazenda do Coronel Libório’ – Mamulengo da Folia
20h – Sessão de Cinema – Cine Curta Brasil
21h – Espetáculo para Adultos – ‘A Noiva do Defunto’ – Cia Andaime Unimep 
 
Domingo, 27 de outubro:
 
15h – Teatro para crianças – ‘Boi Viramundo’ – Cia Abaréteatro
16h – Contação de histórias – ‘O Mosquito Faniquito do Siricutico – Cia Mão Livre
17h – Oficina e atividades na gibiteca e biblioteca – Confecção de boneco de luva (vagas limitadas) – Cia Mão Livre 
19h – Convidado Local 
20h – Espetáculo Circense – Versão Brasileira – Los Circo Los – Campinas 
 
Projeto Emcena Brasil no Parque das Hortênsias

Exposição na Rodoviária: fotos do mundo, feitas pelo mestre do fotojornalismo Sebastião Salgado

Exposição na Rodoviária: fotos do mundo, feitas pelo mestre do fotojornalismo Sebastião Salgado
 
Da Redação
Obra de Sebastião Salgado
 
As fotografias do mineiro Sebastião Salgado, 69 anos, um dos maiores fotojornalistas do mundo, que vive em Paris, está na Rodoviária Embu das Artes. A mostra Êxodos apresenta momentos trágicos, dramáticos e heróicos na vida humana. Salgado se dedicou a Êxodos por cinco anos, registrando com sua câmera alguns dos piores desastres ecológicos e humanos ocorridos em 40 anos, em várias partes do mundo. A partir desse projeto, ele realizou outra série espetacular na sua mostra Gênesis. 

 
Salgado presenteou o então presidente Lula, em 2006, com o seu livro Trabalhadores – de 350 fotos que mostram o trabalho realizado com a força do corpo, por homens e mulheres que sobrevivem às mais duras condições, ao mesmo tempo em que  são substituídos por máquinas e computadores. Em 2007, na visita de Lula à Dinamarca, ele inaugurou a exposição do fotógrafo na Biblioteca Real dinamarquesa.
 
No livro “A Condição de Salgado”, de 1992, Jânio de Freitas escreve: "As fotografias de Sebastião Salgado são, antes de tudo, o resultado de um exaustivo processo de escolhas entre o que foi visto e o que deverá ser re-visto por nós. Processo que se torna ainda mais complexo e subjetivo depois de 'escolhidos' os lugares, as pessoas ou os acontecimentos que ele pretende fotografar (ou que acaba fotografando, por mero acaso). Usando três ou quatro câmeras Leikas e dezenas de rolos de filmes por dia, Sebastião Salgado é capaz de produzir mais de dez mil imagens em uma única viagem, dentre as inúmeras que compõem o extenso roteiro traçado nas duas últimas décadas para documentar histórias (ou a história) e contá-las através de fotografias: a fome na África, o trabalho no mundo contemporâneo, a luta pela terra, o movimento de populações…"
 
Mais que um profissional do fotojornalismo, Salgado, que recebeu todos os principais prêmios mundiais de fotografia, é reconhecido no exterior por sua posição humanitária em defesa de indivíduos mais felizes e um mundo melhor. Isso permeia suas fotos, seus livros, suas exposições e a sua atuação em organismos como o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Organização Mundial da Saúde (OMS), OnG Médicos sem Fronteiras e Anistia Internacional. É dono da agência de notícias As Imagens da Amazônia e tem vários livros editados com seus trabalhos. 
 
A Exposição pode ser visitada diariamente, com entrada gratuita.
 
Rodoviária Embu das Artes: av. Elias Yazbek, 785. Informe-se: 4241-8778. 
 
Com informações de Elke Lopes Muniz

Unifesp lança Frente de Prefeitos para o Desenvolvimento da instituição

Unifesp lança Frente de Prefeitos para o Desenvolvimento da instituição
 
Iniciativa pioneira na história da universidade reúne Aloizio Mercadante, prefeitos das cidades onde há campus da Unifesp, vereadores e deputados
 
Da Redação
 
A reitora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Soraya Smaili, convida a imprensa para o lançamento da “Frente de Prefeitos para o Desenvolvimento da Unifesp”. Pioneira na história da instituição, a reunião tem como objetivo envolver o poder público no apoio às ações de consolidação e desenvolvimento da universidade, impactando de forma positiva as regiões nas quais se insere.

 
O evento contará com a presença do Ministro da Educação, Aloizio Mercadante, além dos prefeitos de Diadema, Embu das Artes, Guarulhos, Osasco, Santos, São José dos Campos e São Paulo, cidades nas quais a Unifesp possui campus e que formam uma nova estrutura espacial do ensino público superior. Na oportunidade haverá a assinatura de uma Carta de Intenções entre a Unifesp e as sete prefeituras.
 
Serviço:
 
“Frente de Prefeitos para o Desenvolvimento da Unifesp”
Data: 20/12/13
Hora: 9h30
Local: Anfiteatro do térreo – Prédio da Reitoria da Unifesp
Endereço: Rua Sena Madureira, 1500