Brasileirão: Os times Paulistas tem bom início de Campeonato

Brasileirão: Os times Paulistas tem bom início de Campeonato  

Redação
 
A Série A do Campeonato Brasileiro iniciou no final de semana e contou com o triunfo das principais equipes da cidade de São Paulo. Corinthians e São Paulo conseguiram os três pontos fora de casa ao derrotarem o Grêmio (RS), por 2 a 1, e Fluminense (RJ), pelo placar de 2 a 0, respectivamente, enquanto que o Palmeiras derrotou o Botafogo (RJ), pelo marcador mínimo. 

No sábado, a participação paulista se iniciou com o confronto entre Santos e Internacional (RS). Se preparando para a partida semifinal da Taça Libertadores da América contra o Cerro Porteño do Paraguai, os comandados de Muricy Ramalho, que atuaram com um time reserva, ficaram no 1 a 1 contra os gaúchos, em que Keirrison anotou o gol santista, enquanto Zé Roberto igualou para o adversário.


Cumprindo punição por perda de mando de campo, o Palmeiras jogou em São José do Rio Preto e superou o Botafogo (RJ) com um tento, marcado por Kleber, na segunda etapa. Com o grupo desfalcado por Rivaldo, Valdívia, Lincoln, Wellington Paulista e Cicinho, este compromisso ficou marcado pela homenagem ao autor do gol, que completou recentemente 100 jogos pelo time.

Diante do atual campão brasileiro, o São Paulo estreou com o pé direito na competição ao vencer o Fluminense (RJ), que mandou a partida no Estádio São Januário. Nesta oportunidade, o time do Morumbi derrotou o adversário por 2 a 0, com a ajuda do atacante Dagoberto, no primeiro tempo, e do meio-campista Lucas, no segundo.


Encerrando a participação paulista, o Corinthians derrotou o Grêmio, de virada, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. Após estar perdendo pelo placar de 1 a 0 (gol de Douglas), os comandados de Tite empataram com Chicão de pênalti e viraram com Liedson, anotando o tento da vitória aos 20 minutos da segunda etapa.  

Confira abaixo todos os resultados da primeira rodada do Campeonato Brasileiro:


Flamengo (RJ) 4 x 0 Avaí (SC)

Ceará 1 x 3 Vasco (RJ)

Atlético Mineiro 3 x 0 Atlético Paranaense

Santos 1 x 1 Internacional (RS)

Palmeiras 1 x 0 Botafogo (RJ)


 Grêmio (RS) 1 x 2 Corinthians

Coritiba 0 x 1 Atlético Goianiense

Figueirense (SC) 1 x 0 Cruzeiro (MG)

Fluminense (RJ) 0 x 2 São Paulo

América Mineiro 2 x 1 Bahia


 

 

 

Fonte:FPF
 

Cotia FC toma goleada dentro de casa e perde invencibilidade

Cotia FC toma goleada dentro de casa e perde invencibilidade 

Por Ray Macedo
Com colaboração Isabella Macedo

O time do Cotia Futebol Clube voltou a campo hoje às 10 da manhã deste domingo (12) no estádio Euclides de Almeida, em Cotia com um bom número de torcedores, inclusive Carlão Camargo, prefeito da cidade, para enfrentar o Primavera Futebol Clube e defender a invencibilidade de 6 jogos pela segunda divisão do Campeonato Paulista.

O time da casa começou jogando recuado, tocando a bola somente entre a defesa e o meio campo enquanto o time do Primavera foi para o ataque com muito toque de bola. Logo aos 9 minutos da primeira etapa, o time visitante abriu o placar com um gol assinado por Daniel Grando. Com este gol do adversário, esperava-se que o Cotia fosse ao ataque, mas não foi o que aconteceu. O Primavera continuou com jogadas rápidas, principalmente pela lateral esquerda, resultando em mais um gol aos 10 minutos da primeira etapa marcado pelo jogador Generozo.

Mesmo após levar dois gols, o Cotia continuava a apático em campo, sem conseguir fazer uma finalização ao gol e muitas bolas perdidas no meio de campo, além da defesa confusa e da falta de marcação correta, o que dava chance para o contra-ataque com jogadas perigosas para o Primavera, que encerrou a primeira metade do jogo com a vantagem de dois gols.

O Cotia FC voltou para a segunda etapa com duas alterações: o técnico Toninho Ortega  trocou o zagueiro Roma, camisa 3 pelo atacante Eduardo, vestindo a camisa 14 e sacou o centroavante Tomas, que vestia a camisa9 por Tiago Silva, estampando o número 15 nas costas. Com estas duas alterações, Toninho Ortega esperava que seu time fosse ao ataque, o que mais uma vez, não aconteceu. O time continuava a errar passes e sem acertar o gol adversário.

O Primavera em compensação continuava a atacar, desta vez com mais tranquilidade e conseguiu marcar o terceiro gol, novamente com Daniel Grando. Com o resultado de 3 x 0, o Primavera passou a somete administrar o resultado obtido.

Com o recuo do time adversário, o Cotia partiu para o ataque com mais vontade de gol e aos 35 minutos da etapa final fez seu primeiro gol com Jé Negão. No contra-ataque do Primavera, o jogador Douglas do Cotia, marcou um pênalti, o qual o time do Primavera fez seu quarto gol de autoria do jogador Leonardo.

Pouco antes do fim da partida, aos 42 minutos, o Cotia partiu mais uma vez para o ataque e toma falta dentro da área, resultando no segundo gol do Cotia, de pênalti, marcado por Thiago Elias.  

Aí então já não havia mais tempo para nada e o jogo terminou com a vitória do Primavera por 4 x 2.

 

Ficha técnica:

Cotia 2 x 4 Primavera
 

Cotia:1- Felipe Carvalho, 2- Thiago Lima, 3- Roma (14- Eduardo), 4- Luiz Fernando, 5- Douglas, 6- Jé Negão, 7- Thiago Elias, 8- Rafael Silva, 9- Tomas Alves, 10- Alberto e 11- Rocha (16- Thiago Cruz).
Técnico: Toninho Ortega.

Primavera: 1- Bruno, 2- Léo, 3- Bruno Costa, 4- Gustavo Miranda, 5- Samuel, 6- Alex, 7- Dieguinho, 8- Generozo, 9- Daniel Grando, 10- Leonardo, 11- Guilherme (18- Everton).
Técnico: Evaristo Piza.

Cartões Amarelo: Bruno Costa (PRI), Thiago Lima (COT), Thiago Cruz (COT)

Local: Estádio Euclides de Almeida – Cotia – SP
Data: Domingo, dia 12 de Junho às 10 da manhã
Arbitro: Márcio Roberto Soares
Bandeiras: Maria Núbia Ferreira Leite e Eduardo Vequi Marciano
Quarto Árbitro: Max Venâncio P. G. da Silva

 Veja as fotos do jogo

 

 

Confira os resultados da rodada  

Paulista – Segunda Divisão-12.06.2011
10h00 Guarujá 0 x 2 AA Portuguesa
10h00 Cotia FC 2 x 4 Primavera
10h00 Assisense 1 x 0 José Bonifácio
10h00 Fernandópolis 1 x 2 Bandeirante EC
10h00 Matonense 1 x 2 Olé Brasil
10h00 Américo 2 x 3 Olímpia
10h00 Jabaquara 2 x 1 Palestra de São Bernardo 
Paulista – Segunda Divisão-11.06.2011
10h00 Mauaense 3 x 0 Nacional
15h00 Tupã 1 x 0 Votuporanguense
15h00 Osasco FC 0 x 1 Desportivo Brasil
15h00 Capivariano 6 x 4 Atibaia
15h00 Sumaré 3 x 1 Elosport
15h00 Joseense 0 x 1 Jacareí
15h00 Guarulhos 5 x 0 União Futebol Clube
15h00 Suzano 2 x 2 FC Primeira Camisa
15h00 Manthiqueira 1 x 0 ECUS
19h00 Independente 3 x 0 Guaçuano 
Paulista – Segunda Divisão-10.06.2011
20h00 CAL Bariri 1 x 5 Brasilis FC Ltda
20h00 EC São Bernardo 6 x 1 São Vicente
20h00 Barretos 0 x 0 Guariba 

 

Carpegiani deixa o comando do São Paulo

Carpegiani deixa o comando do São Paulo 

Por Rubens Chiri / saopaulofc.ne

  
Paulo Cesar Carpegiani não é mais o técnico do São Paulo

Em decisão tomada em consenso com o técnico Paulo Cesar Carpegiani, o São Paulo Futebol Clube definiu no início da tarde desta quinta-feira (07) a saída do técnico do comando da equipe profissional.

João Paulo de Jesus Lopes e Adalberto Baptista, vice-presidente e diretor de Futebol, respectivamente, se reuniram com o treinador logo após a chegada da delegação ao Centro de Treinamento da Barra Funda para avaliar o desempenho da equipe nos últimos jogos.

Juntos, chegaram à conclusão de que a troca no comando pode criar uma nova motivação no elenco.

"Nesse período que estive no clube, dirigi uma das melhores equipes do mundo. Infelizmente enfrentamos muitas dificuldades em relação à repetição do time por vários motivos. Dei o meu melhor desde o primeiro dia e sempre procurei extrair o máximo de cada um. Se não conseguimos conquistar um título, tenho certeza que deixei um legado importante, especialmente com os mais jovens", disse o treinador, que antes do treino desta quinta-feira se reuniu com o elenco para comunicar sua saída.

O diretor de Futebol ressaltou sua postura profissional e ética enquanto técnico do São Paulo. "Tivemos muita satisfação em tê-lo como profissional do clube durante este período, não só por sua qualidade técnica, mas também por seu comportamento ético e profissional. É de se destacar o trabalho do Paulo [Carpegiani] no desenvolvimento de atletas formados no clube, que hoje são realidade e destaque no cenário nacional. Tomamos esta decisão pensando na melhor forma para a equipe reagir", disse Adalberto Baptista.

O auxiliar técnico Milton Cruz comandará a equipe interinamente. O próximo jogo do São Paulo acontece neste sábado, diante do Cruzeiro, às 18h30, no Morumbi.

Histórico

Carpegiani retornou ao São Paulo na 28ª rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, contratado após se desligar do Atlético Paranaense, onde fazia boa campanha. Sua reestreia pelo clube foi no dia 06 de outubro, no triunfo sobre o Vitória por 2 a 0, na Arena Barueri.

Nesta segunda passagem, Carpegiani comandou a equipe em 47 jogos. Foram 30 vitórias, quatro empates e 13 derrotas, aproveitamento de 66% dos pontos.

Contando também sua primeira passagem no clube – em 1999 -, Carpegiani soma 114 jogos, com 70 vitórias, 13 empates e 31 derrotas, aproveitamento de 65%. 

Definida data da Copa do Mundo de 2014 e da Copa das Confederações

Definida data da Copa do Mundo de 2014 e da Copa das Confederações  

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) definiu hoje (27) as datas em que serão realizadas a Copa do Mundo de 2014 e a Copa das Confederações, competições que ocorrerão no Brasil, respectivamente em 2014 e 2013. 

A Copa do Mundo de 2014 será realizada de 12 de junho a 13 de julho e a Copa das Confederações, de 15 a 30 de junho de 2013. O anúncio foi feito oficialmente no início da tarde, na Marina da Glória, zona sul da cidade, pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke.

A Copa das Confederações, que acontece tradicionalmente no país-sede da Copa do Mundo um ano antes da realização do principal evento do calendário esportivo mundial, reunirá o Brasil, os campeões dos continentes – incluindo o Uruguai, vencedor da última Copa América – e a atual campeã mundial, a Espanha.

As quatro ou cinco cidades que sediarão a Copa das Confederações, considerado evento preparatório para o mundial do ano seguinte, só serão anunciadas pela Fifa em outubro. As candidatas mais prováveis são o Rio de Janeiro (no estádio do Maracanã, onde também deverá ocorrer a final da Copa de 2014); Porto Alegre (no Beira-Rio); Belo Horizonte (no Mineirão); Brasília (no Estádio Nacional); e Salvador (na Fonte Nova).

A cerimônia oficial de abertura da Copa de 2014 ocorrerá no dia 12 de junho, um dia antes do primeiro jogo do mundial, com um grande concerto musical ainda não detalhado pela Fifa e pelo Comitê local. Já o sorteio dos grupos da fase eliminatória para a Copa do Mundo de 2014 será feito no próximo sábado (31), em solenidade também na Marina da Glória, que deverá contar com a presença da presidenta Dilma Rousseff.


Da Agência Brasil 

Copa Paulista: Taboão da Serra empatam sem gols com Taubaté

Copa Paulista: Taboão da Serra empatam sem gols com Taubaté

No complemento da sexta rodada da Copa Paulista, Grupo 04, na tarde deste domingo (7), no Joaquim de Moraes Filho, em Taubaté, Taubaté e Taboão da Serra empataram sem gols. Com o empate, o Taubaté fica na sétima colocação, com seis pontos, enquanto o Taboão da Serra é o quarto, com oito.

O primeiro tempo foi marcado pela forte marcação e poucas oportunidades de gol. No segundo tempo, o time da casa saiu mais para o jogo, mas não conseguiu converter as chances criadas e a partida terminou mesmo com o placar em branco.

Na próxima rodada, domingo (14), o Taubaté visita o Corinthians, já o Taboão da Serra também joga fora de casa, contra o PAEC.

Ficha técnica

Taubaté 0 x 0 Taboão da Serra

Taubaté:Wagner; Léo, Álvaro e Rocha; Marcus Vinicius, Marcão, Anderson Tico, Rafael Fusca e Augusto; Gilsinho e Fred.
Técnico:Walter Zaparolli.

Taboão da Serra:Everton; Cristiano, Tatá, Wesley e Felipe Oliveira; Pintado, Johnny, Vinícius e Yannick; Bina e Nandinho.
Técnico:Edson Leivinha.

Árbitro:Andre Luis Riquena;
Assistentes:Giulliano Neri Colisse e Maurício Machado Ferronato;
Quarto árbitro:Edson Carpeggiani de Almeida;
Local:Estádio Joaquim de Moraes Filho, em Taubaté;
Data:07 de agosto, às 15h.

Gols: NenhumC

 

Confira os resultados da rodada  da Copa Paulista de Futebol – Profissional
10h30 São José EC 1 x 2 São Bernardo FC
10h30 Santacruzense 2 x 2 Penapolense
11h00 Francana 2 x 1 Velo Clube
11h00 Palmeiras 2 x 2 XV Piracicaba
11h00 GE Osasco 2 x 2 PAEC
11h00 XV Jaú 0 x 2 Inter Bebedouro
15h00 Taubaté 0 x 0 Taboão da Serra
15h00 Corinthians 1 x 2 Paulista
16h00 Botafogo 1 x 1 Batatais 
Copa Paulista de Futebol – Profissional
16h00 Red Bull Brasil 0 x 2 Ituano
18h30 União São João 1 x 0 Ferroviária
19h00 Catanduvense 1 x 0 Noroeste
19h00 Itapirense 3 x 2 São Bento 

 

Fonte: FPF

Taboão busca vitória contra o Paulista neste sábado (27)

Taboão busca vitória contra o Paulista neste sábado (27)

O time taboanense folgou nesta semana e aproveitou para intensificar o treino e o entrosamento com o novo técnico Pedrinho Rocha

Por Renata Gomes

Equipe taboanense encara o Paulista pela Copa Paulista neste sábado (27), às 10h, no Estádio Vereador José Ferez (foto – Ricardo Vaz) 

A equipe do Clube Atlético Taboão da Serra (CATS) recebe neste sábado (27), no Estádio Vereador José Ferez, às 10h, o Paulista pela 10ª rodada do Grupo 4, da Copa Paulista de FutebolO time que folgou na semana passada, aproveitou para treinar e aprimorar o contato com o técnico Pedrinho Rocha, que assumiu a equipe nos dois últimos jogos que resultaram no empate de 0 a 0 contra o Paec e na derrota para o Juventus em casa, no sábado (13) por 2 a 0.

O dirigente da equipe taboanense Anderson Nóbrega declarou em entrevista que neste período de folga aproveitou para colocar a sua filosofia de trabalho em prática e reforçou que a meta é formar um grande elenco para a A3 de 2012.

“Tivemos uma maratona intensa de jogos atuando duas vezes por semana. Com essa pausa, o Pedrinho vai teve mais tranqüilidade para deixar o time da forma que deseja. Nosso objetivo é montar uma equipe para o Campeonato Paulista da Série A3 do ano que vem. Já temos um elenco qualificado, formado basicamente por jovens promessas. Apesar do nosso projeto a longo prazo, é importante o grupo entender que o clube tem condição de brigar pelo título da Copa Paulista ”, disse.

 

Corinthians vence Flamengo de virada

Corinthians vence Flamengo de virada
 

Num jogo mágico, mais de 37 mil torcedores viram o Corinthians, líder do campeonato vencer o Flamengo de virada numa partida em que mereceu mais do que nunca a vitória.

No primeiro tempo, o Corinthians começou atacando com tudo, logo no começo do jogo os jogadores do Flamengo faziam cera pra tentar acalmar a partida. Apesar da pressão foi o Flamengo quem saiu na frente, após uma cobrança de escanteio, Deivid marcou pra eles. O Corinthians seguiu pressionando, até o final da primeira etapa foram 12 finalizações do Corinthians contra 3 do Flamengo, 24 cruzamentos do Corinthians na área do Flamengo contra 1 deles. Mas de nada adiantava o ataque Corinthiano e assim o Flamengo permaneceu na frente durante os primeiros 45 minutos.

Na segunda etapa o Timão se acalmou tocou a bola e seguiu atacando, Chicão cobrou uma falta no travessão. O Flamengo percebeu a pressão e num lance de pura covardia Gustavo deu um soco na barriga de Liedson com a bola parada, nem o juiz e nem os assistentes viram. 1 minuto depois Liedson deu o troco, jogando futebol, após uma cobrança de lateral na área do Flamengo ele empatou a partida com um bom chute no gol de Felipe.

E os deuses do futebol fizeram justiça, no final da partida após um dos mais de 40 cruzamentos na área do Flamengo, William que entrou bem no lugar do Jorge Henrique escora pro meio da área e mais uma vez ele, Liedson, fuzila o gol do Flamengo e marca o segundo gol Corinthiano.

O próximo jogo do Corinthians será contra o Flumninse no Engenhão, domingo as 16 horas.

 Ficha TécnicaCampeontato: Brasileirão

Local:  Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 8 de setembro de 2011, quinta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Julio Cesar Santos (RS)
Público: 35.392 pagantes (total de 37.707)
Renda: R$ 1.284.311,50
Cartões amarelos: Alex, Liedson e Emerson (Corinthians); Maldonado, Thiago Neves, Ronaldinho Gaúcho e Bottinelli (Flamengo)
Gols: CORINTHIANS: Liedson, aos 17 e aos 43 minutos do segundo tempo; FLAMENGO: Deivid, aos 28 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro (Welder), Chicão, Leandro Castán e Ramon; Ralf, Paulinho e Alex (Danilo); Jorge Henrique, Liedson e Emerson
Técnico: Tite

FLAMENGO: Felipe; Leonardo Moura, Gustavo, Welinton e Junior Cesar; Maldonado (Luiz Philipe), Willians (Fierro), Renato Abreu e Thiago Neves (Bottinelli); Ronaldinho Gaúcho e Deivid
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Fonte: meutimao.com.br

Brasileirão: Santos perde para o Fluminense nos acréscimos

Brasileirão: Santos perde para o Fluminense nos acréscimos


Rafael Sóbis comemora um dos gols marcados na vitória sobre o Santos(Foto UOL.Esportes) 

Tentando se reabilitar da derrota para o Figueirense na rodada anterior, o Santos visitou o Fluminense na tarde deste sábado (1), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, e foi derrotado por 3 a 2.

O resultado deixou o time carioca na quinta colocação, com 44 pontos, já o Santos é o 11º, com 35.

O Fluminense começou a partida pressionando em busca do gol, enquanto o Santos adotava a postura dos contragolpes. A primeira boa chance do time carioca veio aos 16 minutos do primeiro tempo. Marquinho fez o cruzamento e Fred exigiu grande defesa de Rafael.

Pouco depois, o time alvinegro assustou o goleiro Diego Cavalieri. No contra-ataque, Neymar deu um chapéu em Digão e bateu por cima do gol. Aos 29, Marquinho recebeu na entrada da área e outra vez o goleiro Rafael salvou o Santos.

Quatro minutos depois, após cruzamento da direita, a bola chegou até Neymar, que invadiu a área e bateu firme para abrir o placar para o Peixe. Logo em seguida, Arouca pegou cruzamento de primeira e quase ampliou para o time da Vila Belmiro.

Refeito do susto, o Fluminense chegou à igualdade. Aos 39, Marquinho recebeu de Fred e bateu na saída de Rafael. O goleiro santista fez grande defesa, mas o próprio Marquinho pegou o rebote e empatou a partida em Volta Redonda.

No segundo tempo, o técnico Abel Braga trocou Lanzini por Deco. Em seu primeiro lance, Deco cobrou falta na área e Leandro Euzébio cabeceou na trave do goleiro Rafael. A resposta do Santos veio aos 16, com Borges chutando com perigo por cima do travessão.

O jogo seguiu equilibrado, mas o Fluminense conseguiu virar o marcador. Aos 29, Rafael Sóbis, que havia acabado de entrar, bateu da entrada da área e acertou o ângulo do goleiro santista para fazer o segundo do tricolor carioca.

Após o gol, o técnico Muricy Ramalho promoveu a estréia do colombiano Rentería, e também colocou Ibson em campo para deixar o time mais ofensivo. O estreante recebeu de Neymar e quase empatou a partida para o Santos, mas Diego Cavalieri fez a defesa.

Aos 37, Digão fez falta dura em Rentería e foi expulso direto, deixando o time da casa com dez jogadores. No minuto seguinte, Neymar cobrou falta com categoria e Diego Cavalieri evitou o gol de empate.

A pressão do time paulista deu resultado aos 44. Rentería bateu de fora da área e acertou o cantinho do goleiro do Fluminense: 2 a 2. Entretanto, nos acréscimos, aos 50, Marcio Rozário tocou de cabeça após cobrança de escanteio e garantiu a vitória do Fluminense.

Agora, o Santos tem pela frente o clássico contra o Palmeiras, domingo (9), na Vila Belmiro, já o Fluminense encara o Flamengo, no Engenhão.

Ficha técnica

Fluminense 3  x 2 Santos

Fluminense (RJ): Diego Cavalieri; Mariano, Leandro Euzébio, Digão e Carlinhos; Edinho, Diguinho, Marquinho e Lanzini (Deco); Martinuccio (Rafael Sóbis) e Fred (Márcio Rozário).
Técnico: Abel Braga.

Santos: Rafael; Danilo (Adriano), Edu Dracena, Durval e Éder Lima; Henrique, Arouca (Ibson) e Elano (Rentería); Alan Kardec, Borges e Neymar. 
Técnico: Muricy Ramalho.

Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR). 
Assistentes: Jose Amilton Pontarolo (PR) e Pedro Martinelli (PR).
Quarto árbitro: André Luis Paes Ramos (RJ).
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). 
Data: Dia 01 (sábado).

Gols:Neymar (SAN), aos 32’ 1T, Marquinho (FLU), aos 39’ 1T, Rafael Sobis (FLU), aos 29’ 2T, Rentería (SAN), aos 44’ 2T, Márcio Rozário (FLU), aos 50’ 2T.

CA:Éder Lima (SAN), Digão, Deco, Leandro Euzébio (FLU).

CV: Digão (FLU).

Confira os resultados do Brasileiro – Série A

18h00- Bahia/BA 3 x 2 Avaí/SC
18h00- Palmeiras /SP 1 x 1 América/MG

 

Fonte: FPF

SP: Itaquerão será o palco da Abertura da Copa do Mundo 2014

SP: Itaquerão será o palco da Abertura da Copa do Mundo 2014

Fifa confirmou a cidade como local do evento; capital se prepara e faz investimentos para sediar o maior torneio de futebol do mundo

Estádio do Corinthians será  o palco da abertura da copa 2014 (Foto: Reprodução)
 
A Fifa anunciou nesta quinta-feira, 20, a cidade de São Paulo como sede da abertura da Copa do Mundo de 2014. A primeira partida de futebol do torneio está confirmada para acontecer na cidade no dia 12 de junho de 2014. O governador Geraldo Alckmin e o prefeito da capital Gilberto Kassab acompanharam o anúncio, ao vivo, do canteiro de obras do estádio que sediará os jogos em Itaquera, na zona leste.

O anuncio reforça ainda mais as boas notícias para a zona leste da capital, que já se prepara para o evento. Além das obras viárias e de infraestrutura, o Governo do Estado está investindo em projetos também para Educação, Cultura, Lazer e Segurança. Trata-se do Pólo Institucional de Itaquera, vizinho ao estádio e que contará com um Fórum, Centro Cultural, Rodoviária, Batalhão da Policia Militar e Bombeiros, Etec (Escola Técnica) e uma Fatec (Faculdade de Tecnologia) em fase final de construção.   

Infraestrutura

O Governo do Estado também aloca recursos para coordenar as melhorias de mobilidade urbana. Cinco obras viárias estão sendo feitas no entorno do estádio, promovendo novas alternativas de circulação e integração com o esquema de trânsito já existente. Graças a investimentos já previstos, será possível ampliar a capacidade das linhas de trem e metrô que chegam ao local e oferecer mais conforto e segurança aos passageiros.

Os investimentos, porém, não estão direcionados somente ao bairro de Itaquera. Todas as linhas existentes de trem e metrô passam por expansão e modernização, e São Paulo ganhará duas novas linhas quer permitirão a integração dos aeroportos de Congonhas e Guarulhos à rede sobre trilhos: a Linha 17-Ouro do Metrô e a Linha 13-Jade/Trem de Guaruhos, da CPTM, facilitando os deslocamentos dos turistas, da população e dos trabalhadores.

Nas áreas da Saúde e da Segurança, os respectivos profissionais já começaram as atividades de planejamento, treinamentos e simulações para que em 2014, todo o efetivo esteja preparado para lidar com este evento de caráter internacional e de grande porte, além de possíveis situações emergenciais.

Em relação à hotelaria, São Paulo já é a cidade da América Latina com o maior número de quartos – 42 mil – e atende com folga a oferta mínima requerida pelo Mundial. Espera-se que este número chegue a pelo menos 45 mil até 2014. Opções de lazer, tanto na capital quanto no estado, também não faltarão aos turistas: 12.500 restaurantes, 15.000 bares, 6 mil pizzarias, 160 teatros, 299 salas de cinema, sete parques temáticos, 79 shoppings, sete estádios de futebol, 110 museus, entre dezenas de outras atrações. São Paulo é, hoje, a cidade mais visitada do Brasil, com mais de 11 milhões de turistas ao ano.

O interior na Copa

O Estado também trabalha para que mais cidades se envolvam e se beneficiem deste megaevento. Para alcançar esta meta foi lançado o guia Cidade Base, que apresenta o potencial de 37 municípios que se candidataram a receber uma seleção de futebol e cumpriram os pré-requisitos do Comitê Organizador. Essa iniciativa deu tão certo que, dos 145 Centros de Treinamento pré-selecionados em todo o País pelo COL, 64 estão em São Paulo (em 32 cidades), ou seja, mais de 40%. Esta lista ainda é preliminar e os municípios terão duas novas oportunidades de se inscrever em 2012.

A lista definitiva deverá ser divulgada somente no final de 2013, junto da tabela final do evento.

 

 
 
Fonte: Portal do Governo do Estado

Independente vence o Capivariano e é campeão da Segunda Divisão Paulista

Independente vence o Capivariano  e é campeão  da    Segunda Divisão Paulista    Paulista  

 

Como teve a melhor campanha na somatória das fases anteriores, o Independente de Limeira precisou apenas devolver o placar do primeiro jogo para ser o campeão de 2011 
 
Numa partida de muitas emoções, a sorte sorriu para o time do Independente. Enfrentando o Capivariano, o time de Limeira ganhou por 2 a 0 e garantiu o título do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O confronto aconteceu neste domingo, no estádio Comendador Agostinho Prada, em Limeira.
 
 
O jogo
 
Desde o início do jogo, o time de Capivari foi mais ofensivo. Com um toque de bola envolvente e de muita rapidez, o Capivariano se impôs criando duas belas chances, uma com o artilheiro Romão aos 10 minutos do primeiro tempo e outra com o volante Adoniran, aos 18, com bela intervenção do goleiro Diego do Independente. A dupla de ataque do Capivariano, Alamir e Romão, infernizava a zaga do time de Limeira.
 
Após os 20 minutos, o domínio do time de Capivari continuou maior. Com uma marcação bem encaixada pela dupla de volantes formada por Régis Renan e Adoniran, o Independente de Limeira não conseguia passar praticamente do meio de campo.
 
Aos 26, em lance esporádico, o Independente abriu o placar. Após falta cometida por Régis Renan perto da grande área, o atacante Joãozinho, com maestria, colocou a bola no ângulo do goleiro Douglas, que nada pôde fazer. O Independente saiu na frente e fez a torcida do clube de Limeira explodir.
 
Feito o gol, a partida ficou mais equilibrada, porém, no último lance do primeiro tempo, em belo lançamento de Murilo, o atacante Bismaque saiu cara a cara com o goleiro Douglas e estufou as redes do Capivariano. O Independente conseguiu o resultado que até o momento dava o título para o clube.
 
No intervalo, o treinador do Capivariano, Genildo Cavalcanti, vendo que o atacante Alamir estava sendo muito marcado e sem espaços no jogo, sacou o avante e colocou Willian em seu lugar. Do lado do Independente, Parraga manteve a mesma equipe.
 
Precisando de um gol para ser campeão, o clube de Capivari voltou mais determinado. Aos sete minutos do segundo tempo, em belo tiro de fora da área de Ivanzinho, o goleiro Diego espalmou para escanteio salvando o Independente.
 
Em belo lançamento de Joãozinho, aos 12, Bismaque saiu novamente frente a frente com Douglas, mas dessa vez o goleiro de Capivari conseguir desviar de leve a bola caprichosamente para escanteio. O jogo seguia equilibrado e o Independente aproveitava sua vantagem para controlar as ações da partida.
 
Desta maneira, o time da casa passou a ter as melhores oportunidades no segundo tempo. Em escanteio cobrado da esquerda, aos 18, a bola passou por toda a área do Capivariano e chegou até Gilberto, que chutou, mas a bola bateu na trave e saiu.
 
Um dos destaques do Independente no jogo foi o goleiro Diego. Aos 25 do segundo tempo, o volante Régis Renan recebe na meia lua da grande área e solta uma bomba para excepcional defesa do goleiro, que joga a bola para escanteio.
 
Após os 30, o jogo tornou-se de ataque contra defesa. Com as alterações do técnico Parraga, o time do Independente ficou muito defensivo e o Capivariano pressionava o time de Limeira, porém o resultado continuava 2 a 0, o que bastava para começar a festa para a torcida presente no Comendador Agostinho Prada ao final do jogo.
 
Ficha técnica
 
Independente: Diego; Gilberto, Márcio, Petterson e Tiago Pereira; Alexandre, Murilo (Gustavo), Carlos Diego e Leandro Neves; Bismaque (Daniel) e Joãozinho (Marcelo).
Técnico: Jorge Parraga.
 
Capivariano: Douglas; Oliveira, Lucas, Kelisson e Pedro Henrique; Régis Renan, Adoniran (Thiaguinho), João Paulo (Ton) e Ivanzinho; Alamir (Willian) e Romão.
Técnico: Genildo Cavalcanti.
 
Árbitro: Marcelo Rogério;
Assistentes: Alex Alexandrino e Fabio Rogério Baesteiro;
Quarto árbitro: Alysson Fernandes Matias;
Data: 06 de novembro, às 10h; 
Local: Estádio Com. Agostinho Prada, em Limeira.
Gols: Joãozinho, aos 26’ e Bismaque aos 48’ 1ºT.
CA: Joãozinho, Tiago Pereira (IND); Thiaguinho, Ivanzinho, Ton (CAP).
 
 
 
 
Fonte: Leonardo Carvalho, de Limeira 
  Com FPF