Prefeitura faz ‘política rasa’ e beneficia sem-teto para ter votos, diz promotor

O Ministério Público Estadual entrou com uma ação civil pública pedindo o fim de qualquer tipo de convênio ou parceria entre MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) e Prefeitura de São Paulo.

De acordo com o promotor Mauricio Antonio Ribeiro Lopes, 5º Promotor de Justiça de Habitação e Urbanismo da Capital, a ação do movimento, que ocupa terrenos públicos e particulares como forma de pressionar o poder público, é “oportunista” e abre espaço para “furos” na lista habitacional da cidade.

Lopes também classificou como absurda a suposta parceria e acusou a prefeitura de fazer política de privilégios em troca de votos. “Trata-se de privilegiar o absurdo dos absurdos!!! Aceitar-se o descontrole em nome de política rasa de privilégio a grupos em troca de votos ao invés de respeitar o direito de milhares”, diz um trecho da ação encaminhada à Justiça no último dia 25.

Em outro trecho, o promotor cita um acordo feito entre MTST e prefeitura que iria destinar um terreno na estrada do Campo Limpo para o grupo. O assunto foi noticiado pela Folha.

“O que pretende na verdade o Movimento? Destinação privilegiada de áreas públicas ou particulares para edificação de moradia para os seus associados ou simpatizantes [...] com burla à lista de inscritos que esperam há anos pelo almejado sonho da casa própria”, diz o promotor na ação.

Segundo Lopes, a prática de suposto benefício ao sem-teto prejudica quem espera pela casa própria sem se envolver politicamente. ” O que se vê do duelo entre Administração Pública e as consequências da luta política do MTST é a fragilização do direito de igualdade dos que aguardam em condições ordeira, há anos, serem chamados para obtenção de financiamento habitacional”, afirmou.

O promotor pede para que não seja celebrado nenhum tipo de “contrato, convênio ou qualquer ato administrativo” entre a prefeitura e o MTST que possa prejudicar a lista habitacional de São Paulo.

Procurada, a prefeitura disse que mantém diálogo diário com diversos movimentos sociais e não que não há privilégios para o MTST. “A secretaria tem total interesse na divulgação dos inscritos na demanda habitacional da cidade e trabalha desde junho de 2013 num sistema online de monitoramento para disponibilizar e dar transparência aos nomes dos inscritos na demanda do município”, informou a nota.

Guilherme Boulos, líder do MTST e colunista da Folha, não foi encontrado para comentar o assunto.

FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO

TSE julga amanhã registro de candidatos à Presidência

urna_menor

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar amanhã (1º) os pedidos de registro dos candidatos à Presidência da República que vão concorrer às eleições de outubro. O julgamento dos pedidos está pautado para a sessão de abertura dos trabalhos do segundo semestre no Judiciário, às 10h30.

São candidatos ao Palácio do Planalto nestas eleições: Aécio Neves (PSDB); Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição; Eduardo Campos (PSB); Eduardo Jorge (PV); Eymael (PSDC); Levy Fidelix (PRTB); Luciana Genro (PSOL); Mauro Iasi (PCB); Pastor Everaldo (PSC); Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU). O registro dos candidatos a vice-presidente também será julgado.

O TSE é responsável somente pelo julgamento dos registros de candidatos à Presidência. A tarefa de julgar o registro dos postulantes aos demais cargos, como deputados estaduais e federais, senadores e governadores, fica a cargo dos tribunais regionais eleitorais.

A entrega do pedido de registro não garante a participação do político nas eleições. Após parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE), os pedidos são julgados por um juiz eleitoral, que verifica se todas as formalidades foram cumpridas.

Para estar apto a concorrer às eleições de outubro e ter o registro deferido pela Justiça Eleitoral, o candidato deve apresentar declaração de bens, certidões criminais emitidas pela Justiça e certidão de quitação eleitoral que comprove inexistência de débito de multas aplicadas de forma definitiva, entre outros documentos, como previsto na Lei das Eleições (Lei 9.504/97).

Da Agência Brasil

Mato Grosso tem um aumento de 40% nos focos de incêndio

Foto: Marcos Landim / TVCA

qurimada_620x465
Segundo o Inpe, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, 1, 3 mil focos foram registrados no estado em julho, o maior número em todo o país.

A prevenção das queimadas deve ser intensificada nesta semana com o retorno da seca e das altas temperaturas. O Programa de Combate às Queimadas da prefeitura de Cuiabá montou uma força-tarefa para conscientizar a população. O objetivo é esclarecer a proibição das queimadas urbanas.

Outra ação é a notificação, pela Secretaria de Meio Ambiente, dos proprietários que não limparam os lotes baldios.

Ramão Barbosa, major do corpo de bombeiros, enfatiza que o cidadão é um colaborador na prevenção, dando como exemplo o trabalho de orientar crianças nas escolas. Ele explica ainda a proibição das queimadas em determinados períodos do ano e as punições para quem desrespeita as normas de limpeza dos lotes.

Caso haja fogo ou fumaça em terrenos, qualquer cidadão pode acionar a equipe do Corpo de Bombeiros pelo número 193. Já a denúncia de terrenos baldios que não foram limpos pode ser feita pelo telefone (65) 3616-9614.

 

Raila Espindola

Governo descarta ampliar prazo para municípios acabarem com lixões

lixao

O governo federal não vai dar mais prazo para que os municípios acabem com os lixões e passem a armazenar os resíduos sólidos em aterros sanitários. O prazo acaba no próximo sábado (2), mas até agora menos da metade dos municípios conta com destinação adequada do lixo.

Segundo a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, uma ampliação pode ser discutida no Congresso Nacional. Para ela, a repactuação do prazo para a adequação deve vir acompanhada de um debate ampliado sobre a lei, levando em conta a realidade de cada município. “A necessidade de repactuar o prazo deve ser tratada no Congresso Nacional. O governo apoia uma discussão ampliada sobre a lei. Ampliar o prazo sem considerar todas as questões é insuficiente. Não se trata de empurrar com a barriga”, disse a ministra hoje (31). Segundo ela, é preciso entender a lógica econômica dos municípios, a dificuldade que eles têm para operar, e considerar, ainda, o tamanho dos municípios e sua localização.

O Brasil tem atualmente 2.202 municípios que contam com destinação adequada dos resíduos sólidos, o que representa 39,5% das cidades do país. Por outro lado, 60% do volume de resíduos já está com destinação adequada.

Enquanto o assunto não é debatido no Congresso, o governo vai trabalhar com os ministérios públicos para “construir soluções” de acordo com a realidade de cada município. Uma reunião está marcada para o dia 22 de agosto para debater o assunto. Segundo a ministra, entre as soluções que podem ser apresentadas estão termos de compromisso e termos de ajustamento de condutas com os municípios.

Nos últimos quatro anos, desde que a Política Nacional de Resíduos Sólidos foi aprovada, o governo federal disponibilizou R$ 1,2 bilhão para municípios e estados para ações de destinação de resíduos sólidos, incluindo a elaboração de planos e investimentos em aterros. Segundo a ministra, menos de 50% desses recursos foram executados, por causa de situações de inadimplência de municípios ou dificuldades operacionais.

Para a ministra, nos últimos quatro anos, houve um engajamento dos municípios para buscar soluções, e o número de cidades com destinação adequada dobrou. Mas, segundo ela, existem vários tipos de dificuldades peculiares de cada município. “Há uma diversidade de situações no país, não é só uma questão de tornar os recursos disponíveis, precisa trabalhar uma capacidade para os municípios darem respostas”, disse a ministra.

Dos 27 estados, apenas Maranhão, Rio de Janeiro e Pernambuco concluíram seus planos estaduais de resíduos sólidos. Para a ministra Izabella, o grande desafio é conseguir o engajamento dos governos estaduais. “Se não tiver uma coordenação dos governos estaduais, a União não pode coordenar na ponta todos os municípios, é necessária a coordenação, o engajamento e a governança dos estados”, disse.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos foi aprovada em 2010 e determina que todos os lixões do país deverão ser fechados até o próximo sábado (2). Pela lei, o lixo terá que ser encaminhado para um aterro sanitário, forrado com manta impermeável, para evitar a contaminação do solo. O chorume deve ser tratado e o gás metano terá que ser queimado. Quem não cumprir a legislação estará submetido às punições previstas na Lei de Crimes Ambientais, que prevê multa de R$ 5 mil a R$ 50 milhões.
Da Agência Brasil

Homem é preso após atirar em carro da polícia

Dois homens em uma moto dispararam contra uma viatura da PM; um deles acabou detido depois de cair

Um homem foi preso na madrugada desta quinta-feira (31) após atirar em um carro do 14º Batalhão da Polícia Militar (PM) de Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

Dois suspeitos trafegavam pela Rodovia Raposo Tavares em uma moto, quando atiraram contra a viatura. Houve perseguição e o homem foi preso após cair da garupa da moto na Rua Joaquim Lapas Veiga, no Jardim Raposo Tavares. O condutor da moto conseguiu fugir.

Ainda não se sabe o motivo dos disparos.

Por: Diário SP Online

Eleições 2014: Nove candidatos concorrem ao governo de São Paulo

3 médicos, 2 jornalistas, advogado, empresário, operário e servidor público estadual estão na disputa

7821alckmin

O atual governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, tenta ser reeleito / Divulgação

Nove candidatos estão na disputa pelo governo de São Paulo, maior colégio eleitoral do país, com 31.998.429 eleitores, conforme dados levantados até junho deste ano. Os nove pedidos de registro de candidatura ainda estão sendo analisados pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP).

Com população estimada de 43,66 milhões de habitantes, segundo levantamento de 2013 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estado é o mais populoso do país e tem também o maior Produto Interno Bruto (PIB) entre as 27 unidades federativas – em 2011, a soma de todos os bens e serviços produzidos em São Paulo representava cerca de 32,6% do PIB nacional. São Paulo tem economia diversificada, baseada principalmente na indústria de transformação, no comércio e no setor financeiro.

A disputa estadual reúne três médicos, dois jornalistas, um advogado, um empresário, um operário e um servidor público estadual.

Concorrendo à chefia do Executivo em Sâo Paulo o atual governador, médico Geraldo Alckmin, do PSDB, de 61 anos, que tenta a reeleição apoiado por uma de 14 partidos; o médico e ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, de 42 anos, do PT, em coligação com o PCdoB e o PR; o professor, escritor e jornalista Gilberto Maringoni, de 55 anos, do PSOL, em aliança com o PSTU;

o médico e vereador Gilberto Natalini, do PV, de 62 anos; o advogado e vereador Laércio Benko, do PHS, que tem 41 anos e é apoiado pelo PRP; o empresário e presidente licenciado da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) Paulo Skaf, de 58 anos, do PMDB, em coligação formada por cinco legendas; o operário do setor de construção civil e integrante da União de Favelas do Grajaú Raimundo Sena, de 38 anos, candidato do PCO;

o servidor público e secretário nacional de Juventude do PCB, Wagner Farias, de 34 anos; e o coordenador de Comunicação da Comissão de Segurança Pública da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) Walter Ciglioni, do PRTB, que tem 45 anos.

Alckmin já governou o estado de São Paulo três vezes. Vice-governador, assumiu o cargo em 2001 após a morte do então governador Mário Covas.

Em 2002, foi reeleito e ficou o cargo até 2006. Em 2010, foi novamente eleito. O candidato do PMDB., Paulo Skaf, disputa a eleição para governador de São Paulo pela segunda vez.

Da Agência Brasil

Garoto que é atacado por tigre em zoológico tem o braço amputado

O acidente ocorreu na tarde de ontem, 30 de julho, em Cascavel, Paraná.

ff

O menino de 11 anos estacava acompanhado pelo pai e pelo seu irmão menor, quando pulou a grade de proteção que delimitava o espaço dos felinos, ignorando as placas de orientação do local.

O pai nega ter visto que a criança pulou a grade de proteção, pois estava cuidando do filho menor, embora, as pessoas que estavam próximas, alegam que o pai instigou o garoto, que corria de uma lado para o outro,  na frente da jaula do tigre, estressando o animal.

O garoto estava passando férias na casa do pai e voltaria à casa da mãe, na data de hoje, porém, devido ao acidente, o garoto está hospitalizado, passou por uma cirurgia e teve o braço direito amputado na altura do ombro, o Hospital Universitário informa que seu quadro de saúde é estável e não à risco de morte.

O pai do menino foi levado à delegacia para prestar depoimento e após ser ouvido, foi liberado.

“Até o presente momento, nós estamos apurando uma lesão corporal, até porque o pai, quando está em um ambiente  desses com os filhos, tem o dever legal de guarda e proteção. Nós temos que analisar o curso do inquérito policial e verificar até que ponto o pai foi realmente descuidado e negligente, para que acontecesse o que aconteceu”, declarou o delegado Denis Merino, responsável pela investigação do ocorrido.

Vídeos feitos por outros visitantes do zoológico mostram o menino alimentado um leão, junto a jaula do animal, e em seguida, correndo em frente a jaula do tigre que o atacou e passando a mão no animal.

A Prefeitura da cidade de Cascavél emitiu uma nota sobre o caso ainda na quarta-feira, que segue:

“A veterinária Gladis Dalmina, funcionário do Zoológico de Cascavél, confirmou que na tarde de hoje 30 aconteceu um acidente envolvendo uma criança de aproximadamente 11 anos, que ultrapassou a grade de segurança da jaula e foi atacada por um felino, o Tigre Hu.

Segundo integrantes da equipe de cuidadores, o menor foi incentivado pelo próprio pai a correr em volta da jaula, dentro da grade de proteção, provocando o animal. O pai ignorou as placas de alerta para evitar se aproximar do local e não ouviu apelos de quem observava para cessas a brincadeira.

Populares que assistiam à cena gravaram a movimentação e avisaram os responsáveis, contrariados com o comportamento da criança.

Em certo momento, o menino colocou o braço entre as grades, quando foi atacado pelo tigre. O Siate foi chamado e providenciou o atendimento e a remoção da criança ao Hospital Universitário, onde recebe cuidados.”

Especialistas afirma que para o animal, a movimentação do menino em frente a jaula, além de estressar, representa à ele, uma caça. O Tigre Hu tem 3 anos e chegou ao zoológico com apenas 08 meses de idade.

Bruna Moral

Sesc Belenzinho recebe o projeto Co _Operar com Mix de Tecnologias Audiovisuais

Sesc Belenzinho recebe o projeto Co _Operar com Mix de Tecnologias Audiovisuais

SESC BELENZINHO RECEBE O PROJETO CO_OPERAR COM MIX DE TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS

Da Redação: Performances audiovisuais e workshops colaboram para a formação do público e de novos artistas

image004

De Agosto a Setembro o Sesc Belenzinho apresenta o projeto co_operar, que reúne três performances audiovisuais criadas com um mix de tecnologias de edição de áudio, vídeo e iluminação em tempo real, um espaço laboratorial para discussão de processos de criação artística, e oficinas para o público jovem. O projeto, concebido pela Cult Robot Gestão e Produção Cultural em parceria com a equipe do Sesc Belenzinho, tem curadoria de Marcelo Bressanin e de Pedro Ricco Noce.

“A edição ao vivo é umas das características comuns dessas três propostas”, conta um dos curadores do projeto, Marcelo Bressanin. “Mas o principal fio condutor das obras é a construção artística a partir da manipulação de equipamentos – como eletrodomésticos, câmeras de segurança, equipamentos cênicos e computadores – de forma não usual e criativa.”

Na performance audiovisual Mecânima, criada por DUO b e Fernando Velásquez, amostras sonoras captadas de eletrodomésticos são editadas em tempo real enquanto câmeras de segurança geram imagens também editadas e exibidas ao vivo.

Em Cinza, de Mirella Brandi e Muep Etmo, imagens de luz são projetadas em volumes variados de névoas e fumaças, e não em objetos sólidos, para distorcer a noção de tempo e espaço. O áudio é editado ao vivo para provocar reações físicas em maior ou menor grau no espectador.

Com o objetivo de despersonalizar e repersonalizar a noção de computador pessoal, a instalação Lap Top Coral, de Giuliano Obici, utiliza laptops em uma rede local (LAN) e apresenta um coro simulado de máquinas.

Em paralelo à exibição das performances audiovisuais do projeto co_operar, serão desenvolvidas atividades gratuitas para introdução e aprimoramento aos processos artísticos empregados nas performances.

“A co_operar é uma oportunidade de discussão sobre criatividade e tecnologia para a formação de artistas. A ideia é dialogar com estudantes de artes diversas, como dança e música, e com interessados na utilização de tecnologias na criação artística.”

As oficinas foram divididas em dois grupos: co_opera_lab, para quem já tem familiaridade com ferramentas de edição, vídeo e iluminação, e co_opera_livre, com aulas em um formato mais simples e de caráter introdutório. As inscrições podem sem feitas no dia 05 de Agosto a partir das 14h no térreo.

 Programação | Oficinas

co_opera_lab

 Introdução ao home estúdio | Muep Etmo

Demonstração de diversas maneiras de criar um estúdio caseiro de forma fácil, acessível e individualizada. Para iniciantes ou músicos profissionais que queiram discutir, rever ou ampliar suas possibilidades de produção.

Duração: 4 encontros.

Internet Livre. 15 vagas.

De 05/08 a 08/08. Terça a sexta, das 19h às 21h.

• Live multimídia | Giuliano Obici

A oficina apresentará princípios de manipulação de áudio e vídeo e de síntese de som e imagem em tempo real, bem como formas de interação em rede. Duração: 3 encontros.

Internet Livre. 15 vagas.

12/08 e 14/08. Terça e quinta, das 13h às 15h30. 19/08. Terça, das 13h às 18h30.

 • Captura e edição de vídeo em tempo real | Fernando Velázquez

A oficina apresenta técnicas de captura e edição de vídeo em tempo real. Usando câmeras de segurança, serão discutidas formas para a criação de loops de vídeo utilizados numa composição audiovisual coletiva. Duração: 4 encontros.

Internet Livre. 15 vagas.

De 12/08 a 15/08. Terça a sexta, das 15h30 às 18h30.

• Iluminação cênica em novas finalidades narrativas | Mirella Brandi

A oficina aborda as técnicas de luz cênica para pesquisa de processos narrativos subjetivos sem o uso da palavra. Internet Livre. 15 vagas. Duração: 4 encontros.

13, 15, 27 e 29/08. Quartas e sextas, das 19h00 às 21h00.

 • Introdução ao Pure Data

Giuliano Obici. Conheça o PD (pure data), uma linguagem de programação que pode ser utilizada na criação de projetos artísticos utilizando áudio, vídeo e outras linguagens.

16 vagas. Não recomendado para menores de 14 anos.

7/8, das 13 às 15h, e 8/8, das 13 às 18h.

Programação | Performances

 Mecânima | DUO b e Fernando Velázquez

Mecânima é uma performance que aborda o universo da música eletrônica de pista a partir da manipulação sonora e visual de objetos de uso cotidiano manipulados ao vivo. Os artistas criam, por meio de recursos digitais e analógicos, uma composição evolutiva em camadas. Sala de Espetáculos 2. 80 lugares. Duração: 30 minutos.

19/08/2014. Terça, às 20h30.

  Laptop coral | Giuliano Obici

Laptop coralé uma performance audiovisual que utiliza o computador pessoal como simulacro, capaz de executar ao mesmo tempo funções de performer e de instrumento-multimídia. O efeito é um tipo de “performatização midiática”, um simulacro coral. Sala de Espetáculos 2. 80 lugares. Duração: 30 minutos.

20/08/2014. Quarta, às 20h30.

• Cinza | Mirella Brandi e Muep Etmo

Cinza é uma performance que explora caminhos audiovisuais de imersão narrativa, apropriando-se das instalações imersivas nas artes visuais, da arte sonora, das técnicas de artes cênicas e do cinema expandido para recriar e transportar o espectador por outros caminhos perceptivos. Sala de Espetáculos 2. 80 lugares. Duração: 30 minutos.

21/08/2014. Quinta, às 20h30.

Performances sonoras

 DUO b

O workshop explora técnicas para captação e edição digital de áudio a partir de equipamentos cotidianos para a criação de peças sonoras performáticas.

Duração: 3 encontros. Internet Livre. 15 vagas.

20 e 22/08, quarta e sexta, das 15h30 às 18h30. E excepcionalmente dia 21/8, quinta, das 13h, às 18h30.

 co_opera_livre

Setembro

  Introdução ao Arduíno | Luciana Ohira e Sérgio Bonilha

Saiba como utilizar o Arduíno, uma plataforma de prototipagem e de programação open source que pode ser empregada em projetos interativos. 16 vagas.

Não recomendado para menores de 16 anos.

03 a 12/9. Quartas e sextas, das 19h às 21h.

• Edição de vídeo: TV remix retro | Francisco Arlindo Alves

A oficina propõe a criação de remixes de arquivos em vídeo da TV brasileira dos anos 60 e 70 com músicas e sons encontrados em plataformas online para livre utilização. Serão utilizados recursos básicos de edição por meio do software livre Kdenlive, com o objetivo de explorar novas interpretações através da recontextualização e recombinação.

16 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos.

09 a 18/9. Terças e quintas, das 15h30 às 17h30.

• Linguagem sonora | Ines Nin

Oficina introdutória que abordará os elementos da linguagem sonora – ruído, voz, silêncio e música e sua utilização na construção de paisagens sonoras, que aliam som e imagem. 16 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos.

09 a 18/9. Terças e quintas, das 19h às 21h.

 • Introdução ao vídeo digital | Joel Melo

A oficina abordará técnicas, conceitos e ferramentas para criação e edição de vídeo e, também, noções básicas de sonorização para construção de um projeto audiovisual.

16 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos.

10/09 a 26/9. Quartas e sextas, das 13h às 15h.

• Arduíno e sensores | Luciana Ohira e Sérgio Bonilha

Saiba como utilizar os recursos de prototipagem do Arduíno combinados a sensores que coletam dados externos, como temperatura, luminosidade e outros, para disparar comandos de programação. 16 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos.

De 10/09 a 16/9. Quartas e sextas, das 16h às 18h.

• Técnicas de animação | Vanessa Pereira

Apresentação de técnicas de animação como o stop motion, pixelation, morphing, estereoscopia, entre outras. Durante os encontros o participante poderá vivenciar a criação de animações em 2D e 3D por meio da utilização de diferentes softwares livres. 16 vagas. Não recomendado para menores de 14 anos.

10/9 a 3/10, quartas e sextas, das 10h às 12h. *no dia 01/10 (quarta) não haverá atividade

• Arduíno, Sensores e Pure Data | Jean Habib

Entenda as possibilidades de uso combinado da placa Arduíno, de sensores diversos e da plataforma de programação Pure Data para a criação de projetos artísticos. 16 vagas.

Não recomendado para menores de 16 anos.

17/09 a 26/9. Quartas e sextas, das 19h às 21h.

SOBRE OS ARTISTAS:

 DUO b

DUO b é um projeto de experimentação interdisciplinar criado em 2013 por Marcelo Bressanin e Pedro Ricco, ambos integrantes da banda Duofonic.  O primeiro trabalho da dupla, a performance “Mecânima”, desenvolvida em parceria com o artista Fernando Velázquez, estreou na 6 Mostra Live Cinema, no Oi Futuro Ipanema, em dezembro de 2013, sendo apresentado no Sesc Ipiranga em abril de 2014.

 Fernando Velázquez

Artista multimídia, suas obras incluem vídeos, instalações, objetos e performances audiovisuais. Doutorando em Comunicação e semiótica pela PUC-SP, expõe no Brasil e no exterior com destaque para a Bienal do Mercosul e a Bienal de Tessalônica em 2009. Obteve diversos prêmios como o Premio Sergio Motta de Arte e Tecnologia em 2009 (Brasil) e 2008 Culturas (Madrid, Spain). Ministra cursos e workshops em arte tecnologia e audiovisual em universidades e instituições públicas e privadas.

Giuliano Obici

Artista com ênfase na experimentação sonora. Realizou estudos diversos em música e artes sonoras na TU-Berlim e Escola de Comunicação e Artes USP estudou semiótica e psicologia pela PUC-SP e UEM. Recebeu bolsa do Deutsche Akademische Austauschdienst (DAAD), publicou o livro “Condição da Escuta: mídias e territórios sonoros” pela editora 7Letras. Lecionou na Escola de Artes da Universidade Anhembi Morumbi. Ministrou vários cursos em arte digital abordando temas como instalações audiovisuais interativas, luteria digital, experimentação sonora focando o uso de software e hardware livre. Forma com Alexandre Fenerich o duo N-1. Teve projetos aceitos em residências na Suécia e Portugal. Ministrou cursos e palestras sobre seu trabalho na London University of the Arts, Univesität der Kunst e Technische Universität em Berlim, Ultima Academy (Oslo) convidado para apresentar performances no Relevante Musik (Berlim 2013), Next Generation (ZKM Karlshue 2013), 319 Scholes (NY 2012), Wien Modern / E_may (Viena 2012).

Mirella Brandi e Muep Etmo

Mirella Brandi & Muepetmo são artistas audiovisuais que estão em busca da criação de experiências específicas, ampliadas e intensificadas pelo universo audiovisual, subvertendo o uso convencional de equipamentos de áudio e luz. Desde 2006, a dupla pesquisa e cria projetos experimentais. Já participaram de diversos festivais no Brasil, Canadá, Estados Unidos e Espanha. Também receberam os prêmios “http Sergio Motta Art and Technology” (2009); Rumos Dance (2006); Rumos Music (2010/2012) and Rumos Cinema and Video 2012/2014, todos do Itaú Cultural.

IMAGEM-BAIXA

 PROJETO CO_OPERAR

05 de agosto a 26 de setembro

https://www.facebook.com/cooperaragenda

Sesc Belenzinho

Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.

Belenzinho – São Paulo (SP)

Telefone: (11) 2076-9700

www.sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento

R$ 6,00 (não matriculado);

R$ 3,00 (matriculado no SESC – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo /usuário).

Casa do Empreendedor promove palestra para empresários e contadores de Osasco e região

Da Redação

14546802110_f9d2f7d54f

Osasco, por meio da Prefeitura e Casa do Empreendedor da Secretaria da Indústria, Comércio e Abastecimento (SICA), promoveu, na quinta-feira (24), a palestra “O impacto do e-social para os negócios e os desafios para atendimento à legislação”, na Associação Comercial e Empresarial de Osasco (ACEO), no Jardim Bela Vista.

O evento objetivou discutir com cerca de 110 empresários, contadores e gestores de grandes empresas locais ligados à área de Recursos Humanos a implementação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped Social), que deve entrar em vigor a partir de 2015. Demonstrando interesse em relação ao desenvolvimento econômico da cidade de Osasco, o prefeito Jorge Lapas participou da abertura do evento.

“Nós precisamos muito dessa parceria com empresários e contabilistas, pois é esse conjunto de pequenas empresas que constroem a força da economia de nossa cidade”, disse Jorge Lapas, “estamos sempre dispostos a fazer o possível para trazer esses novos negócios para a cidade e, assim, oferecer mais oportunidades aos osasquenses”, completou.

“A Prefeitura de Osasco estará sempre de portas abertas para recebê-los”, disse Gelso de Lima, secretário da Indústria, Comércio e Abastecimento, dirigindo-se aos contadores e gestores presentes no evento. “E gostaria de agradecer ao prefeito Jorge Lapas por proporcionar os meios necessários para a efetivação da Casa do Empreendedor”, disse o secretário.

O diretor de desenvolvimento Econômico da SICA, José Monção, explicou que a Casa do Empreendedor desburocratiza o processo de abertura de empresas e, devido a esse processo rápido e inovador, cerca de 400 empresas são abertas em Osasco todos os meses. Além disso, “desenvolvemos métodos de acompanhamento para que essas empresas tenham longevidade com processos de capacitação para os gestores”, completou.

Parte desse processo treinamento organizado pela Casa do Empreendedor de Osasco a palestrante Doutora Valéria Souza Telles, advogada e professora em cursos de pós-graduação da Fundação Álvares Penteado (FECAP) esclareceu dúvidas sobre o projeto Sped Social. O Sistema Público de Escrituração Digital integra o Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal (PAC 2007-2010) e é mais um avanço na informatização da relação entre fisco e os contribuintes.

Também estiveram presentes no evento o secretário de Comunicação, Roberto Trapp, Valdeir Rezende, diretor do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado (SESCON), Geraldo Carlos, diretor do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (SINDCONT-SP), Osvaldo Elci Neto, gerente da Caixa Econômica Federal, Jair Palla, diretor da Associação dos escritórios Contábeis de Cotia e Região (AECON), o professor Sérgio Januário, além de Fábio Luciano Vieira, diretor da Associação de Profissionais de Escritórios Contábeis (APAC), Paulo Contim da TV Osasco e o professor Anderson Santos, coordenador do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Anhanguera de Osasco.

Com informações de Mariana Sales(foto:Ivan Cruz)

Osasco: Demutran recebe novos veículos nesta sexta-feira

Da Redação

14608012328_4a78906540_z

A Prefeitura de Osasco, ampliando seu investimento no setor de transporte e mobilidade urbana, receberá, na manhã desta sexta-feira, 01 de agosto, a segunda etapa de entrega das novas viaturas destinadas ao Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), órgão de trânsito da Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana de Osasco. O evento ocorrerá em frente ao Paço Municipal, localizado na avenida Bussocaba, 300, na Vila Campesina, às 9h. Fazem parte desta entrega 4 veículos modelo Fiesta Sedan e 3 veículos modelo Ranger.

Em 30 de maio, a Prefeitura recebeu 10 novas motos e capacetes, reforçando os trabalhos dos agentes municipais da cidade. Atualmente, o Demutran possui 14 veículos e 16 motos (já inclusas as 10 motos mencionadas acima), utilizados para realizar a fiscalização e a segurança no trânsito de veículos terrestres, e outros 6 veículos, responsáveis pela sinalização geral no município de Osasco.

Com esta entrega, o Departamento ficará com uma frota total de 21 veículos e 16 motos para fiscalização e 6 veículos para sinalização.

Serviços
Evento: Entrega da 2ª etapa de novos veículos ao Demutran
Data: 01/08/2014
Horário: 9h
Local: Em frente ao Paço Municipal da Avenida Bussocaba, 300, na Vila Campesina – Centro.

Com informações de Olga Liotta (foto: Ivam Cruz/PMO)