Alckmin diz que não há decisão sobre rodízio em SP

Da Redação:Governador afirmou que a utilização da terceira reserva técnica do Cantareira ainda não foi avaliada

4202alckmin-crise

Sabesp informou que poderia adotar rodízio de cinco dias sem água por semana / Divulgação

Nesta sexta-feira (30), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou que não há “nenhuma decisão” sobre a possibilidade de haver rodízio no fornecimento de água no estado.

Na última terça-feira (27), a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou que poderia adotar rodízio de cinco dias sem água por semana se o volume não aumentar no Sistema Cantareira.

“Em relação à questão do rodízio, não há nenhuma decisão tomada. Esse assunto é técnico. A Sabesp está avaliando, monitorando permanentemente e o que nós fizemos, com bons resultados, foi garantir o aumento de oferta de água onde era possível, como a interligação do sistema [Cantareira] a outros sistemas”, disse Alckmin.

Alckmin também afirmou que a utilização da terceira reserva técnica do Cantareira ainda não foi avaliada.

 

Do: Diário SP Online

Saúde: Durante o verão, invista em hidratação e prevenção

Da Redação

Durante o verão, a combinação sol, chuva e  calor pode favorecer alguns problemas. Entre as formas de evitar transtornos para a saúde, estão duas medidas básicas: hidratação e prevenção.

A dengue, doença transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti, acomete muitas pessoas neste período em que o transmissor encontra as características favoráveis para sua proliferação, ou seja, água limpa e parada. A prevenção neste caso é fundamental. Todo e qualquer tipo de recipiente onde se possa acumular água deve ser eliminado ou vedado.

A dengue causa febre alta, dores de cabeça e no corpo, perda de apetite, e as pessoas podem apresentar bolinhas vermelhas pelo corpo todo, além de náuseas. Diante deste quadro, de acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Cotia, Juliana Canassa, “o paciente deve imediatamente procurar uma unidade de saúde para os procedimentos necessários”.

A hepatite viral do Tipo A também costuma ter incidência durante o verão. A doença provoca o amarelamento da pele, febre, dores de cabeça, nos músculos e ainda pode causar o aumento do fígado.  A prevenção está na higiene e no manuseio correto na hora de preparar a refeição, já que a doença é transmitida por meio de alimentos  e da água contaminada com o vírus, além do contato direto com a pessoa contaminada, quando compartilham, por exemplo, o uso do mesmo copo.

Para que a sua saúde não sinta os efeitos do sol, o mais indicado é beber muita água para garantir a hidratação do corpo, evitar o consumo de alimentos considerados gordurosos e evitar o sol entre o período das 10 às 16 horas.  A qualquer hora do dia, é imprescindível o uso do filtro solar.

Para quem não tem o hábito de beber muita água, a sugestão é se hidratar com outros líquidos como água de coco, chás e sucos naturais que também são fontes de vitaminas e minerais.

Em nenhuma hipótese o paciente deve se automedicar. Procure sempre a unidade de saúde mais próxima a sua residência.

Com Tite no comando e base mantida, Corinthians busca mais um título estadual

Da Redação: A equipe dividirá o Grupo 02 junto com Osasco Audax, Ponte Preta, Rio Claro e São Bento

ultimo-titulo-conquistado-Timao_ACRIMA20150129_0025_15

O último título conquistado pelo Timão foi em 2013 (Divulgação )

Maior campeão da competição, o Corinthians começa o Paulistão Itaipava 2015 – Série A1 na luta pelo 28º título do estadual. Mesmo sendo um dos favoritos, o time alvinegro sofreu grandes dificuldades e não conseguiu passar da primeira fase no ano passado. No primeiro momento, a equipe alvinegra optou por inscrever 26 jogadores, deixando duas vagas para serem preenchidas posteriormente.

Para Cássio, o time se preparou muito bem e está pronto para iniciar a temporada. “Taticamente falta só um pouco de entrosamento para os jogadores mais novos. Os mais velhos já sabem. Nosso time está bem entrosado. No ano passado, tivemos uma grande reformulação, mas agora a base foi mantida.”, declarou.

O goleiro falou sobre a diferença de trabalhar com Tite após o descanso de um ano do treinador. “Acho que ele está mais pilhado. Deve ser o tempo que ficou parado. Mas o modo de treinar é o mesmo. Os treinos são intensos, com muita disputa. Ele observa muito os jogadores. Acho que ele manteve o padrão e evoluiu em algumas coisas”, disse Cássio.

O Corinthians estreia na Série A1 diante do Marília, neste domingo (1º), às 17h, na Arena Corinthians.

Fonte: FPF

Equipe de Cotia sofreu na temporada passada, escapou do rebaixamento e agora espera se firmar

 Da Redação: Com organização tática, Cotia espera fazer boa temporada

tiago-1066x400

O Cotia terá pela frente seu segundo ano consecutivo na Série A3 do Campeonato Paulista e, para ir bem no torneio, o time apostou na mescla de jogadores experientes com jovens atletas. Comandado pelo técnico Tiago Batizoco, o time espera realizar uma temporada melhor do que a anterior.

Na temporada de 2014, a equipe de Cotia brigou em alguns momentos da competição para ficar longe da zona da degola e conseguiu, terminando o torneio na 14ª colocação, com 23 pontos.

Tiago Batizoco crê que seus atletas estão organizados para desempenharem as funções dentro do campo e consequentemente realizarem boas atuações. “Temos um time organizado taticamente em que os jogadores atuam de forma segura e consistente. Um time que vai mostrar um alto nível de concentração no torneio, com isso a motivação também estará no máximo e creio que os atletas vão corresponder positivamente dentro de campo”, afirmou.

Operação apreende 1 milhão de peças avaliadas em R$ 6 mi

Da Redação: “As lojas cheiram a sangue, pois essas peças são resultado de latrocínios”, diz secretário

00021309

Foram apreendidas 1 milhão de peças de motocicletas sem comprovação de origem(Foto; Celina Oliveira)

O secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, acompanhou nesta sexta-feira (30) uma operação da Polícia Civil que resultou na apreensão de 1 milhão de peças de motocicletas sem comprovação de origem, avaliadas em mais de R$ 6 milhões. Os responsáveis pelas três lojas na rua dos Gusmões, na região central da cidade de São Paulo, foram presos em flagrante.

“Essas lojas cheiram a sangue, pois essas peças são resultado de latrocínios cometidos para se roubar motocicletas. Nós temos aqui quadros de motocicletas já desmanchados, com o número do chassi já raspados”, disse o secretário. Ele afirmou que os demais comércios da região também serão investigados e a fiscalização aos locais será feita com a participação do Corpo de Bombeiros, que irá verificar se os imóveis oferecem condições de segurança para funcionar e se têm AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros).

O secretário explicou que a operação tem dois objetivos. O primeiro, segundo ele, é evitar a continuidade dos roubos. “Ao atacar o receptador, dificulta-se as vendas. E pegando o receptador, a investigação continua para pegar a quadrilha que rouba”.

O segundo ponto, de acordo com Alexandre, é que as apreensões fazem com que as quadrilhas fiquem sem dinheiro. O secretário explicou que a ideia é cada vez mais intensificar a investigação e as operações. “O mais importante é identificar os roubadores que vendiam para os receptadores”.

Os locais foram interditados administrativamente pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e serão lacrados pela Prefeitura de São Paulo.

Desde julho do ano passado, a Operação Desmanche, criada pelo Governo, combate as vendas irregulares de veículos e peças usadas e, consequentemente, o roubo e o furto de veículos. Em 2014, a operação fiscalizou 999 estabelecimentos e interditou 503 locais por irregularidades.

O secretário estava acompanhado do delegado-geral da Polícia Civil, Youssef Abou Chahin, do divisionário da Divecar, Valter de Abreu, e do titular da 3ª Delegacia da Divisão, Jair Barbosa Ortiz.

Fiscalização

A operação desta sexta foi desencadeada na Rua dos Gusmões pela 3ª Delegacia de Polícia de Investigações Sobre Desmanches Delituosos da Divisão de Investigações Sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas (Divecar), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Ao longo de semanas de investigações, policiais civis infiltrados realizaram campanas e verificaram uma movimentação suspeita de pessoas levando peças já desmontadas aos estabelecimentos. Sete equipes de investigadores da Divecar organizaram a operação e fizeram os flagrantes nos locais.

Crimes

O delegado titular da Divecar informou que os presos – O.T.P.A., de 37 anos, D.P.S., de 33, e T.S.A.C., de 32 anos, responderão por receptação qualificada e adulteração de sinal identificador de veiculo automotor. Os três possuem antecedente por receptação, um deles também tem passagem por tráfico de drogas.

Segundo o delegado, o trio ainda poderá ser responsabilizado por associação criminosa. A Polícia Civil prossegue com as investigações para verificar se os detidos possuem ligação com uma facção criminosa.

As peças apreendidas na operação serão periciadas pelo Instituto de Criminalística (IC).

 

Com informações da Secretaria da Segurança Pública do Estado de SP

Carnaval e outras atrações do mês de aniversário da cidade

ABRE - DSC05374

Blocos desfilarão no Centro Histórico, ao som de marchinhas, para alegria de crianças e adultos, enquanto foliões veteranos devem atingir altos níveis de descontração e diversão no Parque Francisco Rizzo, com Carnaval animado por banda e dj. Mas o mês não acaba aí. É a melhor oportunidade para circular pela cidade, que completa 56 anos no dia 18/2, com sessão solene na Câmara Municipal, oferecendo cultura e lazer aos moradores e visitantes.

A Prefeitura entrega novas áreas de esportes, com quadras de grama sintética e Academia Pública ao ar livre, com Programa Esporte Cidadão. Nas associações de bairro da cidade a programação é diversificada. A do Jd. Irene apresenta no dia 8, show com canções do Rei do Reggae, Bob Marley, neste mês de nascimento (6/2/1945) do astro, que morreu há 35 anos (11/5/1981). Aproveite!

OUTROS LOCAIS

7, sábado
14h – Abertura da Exposição Viajantes do Barro, com 31 obras, dos artistas do Ateliê de Terracota do Memorial Sakai: Adolfo dos Santos, Alex Billo, Antônio Gonzaga, Cícera, Cláudio Scaccio, Clea Alves, Irael Luziano, Juliana Lima, Levi Barros, Márcia Francisco, Maria Angélica, Maria Rosa, Miren Edurne, Rosane Soares, Sônia So Re, Tônia do Embu (coordenadora do Memorial) e Verônica Rodrigues.

Visitação: diariamente, das 9 às 22h, entrada gratuita
Local: Espaço Cultural do Continental Shopping – av. Leão Machado, 100 (altura do 6300 da av. Corifeu de Azevedo Marques), Jaguaré, São Paulo, SP

DSC05378

8, domingo
10h – Inauguração da Quadra de Esportes e Lazer com Academia Pública, no Jardim Laila. Abertura de inscrições para treino com Programa Esporte Cidadão nas modalidades: basquete, capoeira, futsal, tênis e vôlei.  Reserva de quadra no dia da inauguração. Rua da Penha, 36
14h às 22h – Música do Dinglee “Go Pato – Pato Banton ” Stoned Sound apresenta o melhor do Reggae, Rap, Digital, Dance Hall, Rub a Dub, Roots, Rock Steady, Old. Associação Internacional de Interesse a Humanidade – rua Minas Gerais, Jardim Irene, perto do Campo de Futebol

IMG_9791

14 a 17, sábado a terça-feira - Carnaval
15h às 19h – Blocos Kambinda e Desbundasartes. Apresentação de  marchinhas carnavalescas para crianças e adultos – largo 21 de Abril, Centro Histórico
19h às 23h – Banda Novamente, com ritmos de Carnaval – Parque do Lago Francisco Rizzo – rua Alberto Giosa, 320

18, quarta-feira – Aniversário da Cidade
9h – Sessão Solene em comemoração aos 56 anos de emancipação político-administrativa de Embu das Artes.  Câmara de Vereadores – rua Marcelino Pinto Teixeira, 50

21, sábado – Entrega de obra
15h – Entrega da Praça de Esportes e Quadra de Grama Sintética, Jd. Tomé. Estrada Keishi Matsumoto, 1699

28, sábado
10h – Cidadania Cultural com Sessão de Cinema – rua Maringá, s/nº, Praça do Skate
10h – 10h às 12h / 13h às 16h – Cursos de reciclagem e artesanato
Oficina de Reciclagem com as crianças, quartas-feiras; oficina de Pintura em Tecido, quintas-feiras; oficina de Crochê, sextas-feiras. Brinquedoteca Bambolê 2 –  rua Butantã, 100, Jd. Santa Tereza

Trenzinho Turístico

O Trenzinho Turístico circula entre o Centro Histórico e o Parque do Lago Francisco Rizzo (rua Alberto Giosa, 320). Saída do largo 21 de Abril, rua Belo Horizonte, avenida Vereador Jorge de Souza e a rua Alberto Giosa, parada no Parque Rizzo. Retorno pela avenida Elias Yazbek, ruas Cândido Portinari, Paulo do Vale e Emancipação até o Largo 21 de Abril. Ingresso: R$ 5. Grátis para crianças de até 3 anos.

CENTRO CULTURAL MESTRE ASSIS DO EMBU (Largo 21 de Abril, 29)

12, quinta-feira
19h – Workshop sobre a declaração anual e tributações, com palestra de representante do Serviço Brasileiro de Micro e Pequena Empresa (Sebrae) e da Prefeitura de Embu das Artes. Público alvo: Empreendedor Individual (EI) ou Empresário Individual (pessoa física, com patrimônio no seu nome).

TODA SEMANA

Domingo
9h às 12h – Oficina Hip-hop – EM Iodoque Rosa (rua Marquês de Pombal, 55, Engenho Velho

Segunda, terça e quinta-feira
18h30 às 20h30 – Oficina de Capoeira Angola, Puxada de Rede, Coco, Maculelê e Samba de Roda – Academia GM (r. Augusto de Almeida Batista, 1960, Jd. Vazame)

Segunda, quarta e sexta-feira
19h às 21h – Oficinas de Capoeira, Puxada de Rede, Maculelê e Samba de Roda – Associação Amigos de Bairro Santa Tereza (av. João Paulo II)
19h às 21h30 – Oficina de Capoeira, Puxada de Rede, Maculelê e Samba de Roda – Associação Amigos de Bairro Santa Tereza (av. João Paulo II, Jd. Santa Tereza)

Segunda a sexta-feira
8h às 17h – Momento Leitura:
Biblioteca Comunitária Pq Rizzo (rua Alberto Giosa, 320)
Biblioteca Jardim da Luz (rua Caiçara, 71),
Biblioteca Municipal Moacyr de Faria Jordão (rua Nossa Senhora do Rosário, 241)
Biblioteca Santo Eduardo (rua Iva, 100)
Biblioteca Jardim Vazame (av. das Pombas, 283)
Biblioteca Parque Pirajuçara (rua Aimará, s/nº)
Biblioteca Casa Branca (av. João Paulo II, 5252)
9h às 16h30 – Momento Recreativo – Brinquedoteca Parque Francisco  Rizzo (rua Alberto Giosa, 320)

Quarta-feira
10h às 11h 30 e 16h às 17h30 – Oficinas de Capoeira, Puxada de Rede, Maculelê e Samba de Roda – Assoc. dos Capoeiristas (rua Madeira, 80, Jd. N. Campo Limpo)
10h às 21h – Oficina de Capoeira, Puxada de Rede, Maculelê, Roda, Maracatu, Coco e Afro – Associação Capoeira Forças Unidas (rua Chile, 113, Jd. dos Morais)

Sexta-feira
19h às 21h, e sábado, das 12h às 14h – Oficinas de Capoeira, Puxada de Rede, Maculelê e Samba de Roda – Academia Martelo Predador (av. Aimará, 316, Pq. Pirajuçara)

Sábado
10h às 12h – Oficina de Capoeira, Puxada de Rede, Maculelê e Samba de Roda, Maracatu, Dança do Coco e Dança Afro –  Assoc. de Capoeira Forças Unidas (rua Chile, 113, Jd. dos Morais)
12h às 14h – Oficinas de Capoeira, Puxada de Rede, Maculelê e Samba de Roda – Associação Amigos de Bairro Santa Tereza (av. João Paulo II)
15h às 20h  – Oficina de Capoeira, Puxada de Rede, Maculelê e Roda – Associação dos Capoeiristas (rua Madeira, 80, Jd. N. Campo Limpo)

  • Programação sujeita a alterações. Entrada gratuita.

 

  • Fonte: Elke Lopes Muniz

 

Feira de Embu das Artes: 46 anos na história artística do País

Da Redação

IMG_0862 Feira de antiguidades

Ela consolidou um movimento iniciado com Cássio M’Boy, professor de Tomie Otake e ligado a artistas que fizeram a Semana de 22, principal evento nacional de arte

Nos anos 1960, quando o mundo passava por profundas transformações, Embu das Artes, depois da emancipação em 1959, entrava no caminho da arte. O movimento artístico, iniciado pelo pintor Cássio M’Boy, que residia na cidade desde os anos 1930, amigo de Anita Malfatti, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral, artistas que participaram da Semana de Arte Moderna de 1922, e que foi professor de Tomie Ohtake, fez evoluir rapidamente o trânsito de artistas pela cidade. Desse movimento surgiu a Feira de Embu das Artes, que no sábado, 31/1, completa 46 anos de atividades.

A Feira de Embu das Artes foi criada por Claudionor Assis Dias (1931/2006) – marceneiro que se tornou Mestre Assis (escultor, pintor, ator, bailarino e poeta) – com apoio de outros jovens artistas da época, como Raquel Trindade. Havia um forte vínculo entre a Praça da República, na Capital, que começou em 1956 e recebeu os hippies em 1960, e o Centro Histórico embuense. “Íamos para a Praça da República e trazíamos os hippies para cá. E o Assis, com medo de perder todo o espaço para São Paulo, criou a Feira de Embu das Artes. O Gama (Jovino) participou, mas foi Assis quem criou”, conta.

“São muitos artistas e artesãos bons. Fico triste porque, às vezes, a gente quer dançar na praça e alguns expositores acham que vai atrapalhar. Também acho que temos de cuidar para preservar o artesanato na Feira”, acrescenta Raquel. Nesta gestão, o governo municipal tem realizado, por meio da Secretaria de Turismo, seleção de artesãos com participação de comissão de artistas e artesãos. Os expositores, de diversos segmentos, passam por teste prático, no qual precisam produzir ao vivo o produto que pretendem expor e vender na Feira, que hoje conta com 700 barracas.

Roteiro preferido especialmente de paulistanos, a Feira de Embu das Artes é a mais importante feira de arte e artesanato do País e uma das principais atrações turísticas da cidade. Desde 1969, oficialmente, já que artistas, como Raquel, consideram seu início em 1968, as ruas do Centro Histórico são ocupadas por artistas, artesãos e outros expositores, que expõem e vendem seus produtos: pinturas, esculturas, porcelanas, bijuterias, instrumentos musicais, estofados, cestarias, vestuários, bolsas, sandálias e cintos de couro, rendados e uma série de objetos utilitários e decorativos. Além disso, há também a Feira do Verde, de plantas e flores ornamentais.

Embu das Artes oferece muitas opções de gastronomia, com restaurantes, de cozinha regional e internacional, e bares, com mesas e cadeiras ao ar livre. Galerias, antiquários e lojas de artesanato completam o clima aconchegante do Centro Histórico. A Feira de Embu das Artes é realizada nos fins de semana e feriados, das 9 às 18h, sendo que no domingo, dia de maior movimento, conta com a participação de todos os expositores.

IMG_6494

Fonte: Elke Lopes Muniz

Brasil vence Paraguai por 2 a 0 pela segunda rodada do hexagonal final do Sul-Americano Sub 20

 Da Redação: Seleção Brasileira vai a 04 pontos ganhos

PABLO PORCIUNCULA/AFP/GETTY IMAGES

350_3d275aec-8f29-3dfe-9983-d327587f599c
Pela segunda rodada do hexagonal final do Campeonato Sul-Americano Sub 20, Brasil e Paraguai se enfrentaram nesta quinta-feira (29) em Montevidéu (URU) e o Brasil venceu o jogo pelo placar de 2 a 0.

O Brasil vai a quatro pontos ganhos com o resultado, deixando o Paraguai com um ponto somado em duas partidas disputadas na fase final da competição.

Santacruz aproveitou erro de saída de bola de Thiago Maia aos seis minutos de partida e quase abriu o placar para a seleção paraguaia, com Marcos fazendo a defesa. O Brasil procurava marcar forte o adversário, entretanto não conseguia chegar com perigo ao campo ofensivo.

Aos 24 minutos, João Pedro tentou em cobrança de falta e Marllon e Thalles não conseguiram desviar para o gol. O Brasil conseguiu avançar com mais força nos minutos finais do primeiro tempo, mas sem conseguir grandes chances para finalizar.

O segundo tempo começou mais equilibrado, com os dois times brigando pela posse de bola. Aos 18 minutos, Marcos Guilherme ficou de frente para o gol e bateu cruzado depois de tirar o goleiro da jogada, mas a bola tocou na trave e na zaga, sem entrar dentro da meta paraguaia.

No minuto seguinte, Yuri Mamute abriu o placar para o Brasil, aproveitando sobra de jogada dentro da área para arriscar o chute e fazer o gol.

Marcos Guilherme, em jogada individual, ampliou a vantagem brasileira aos 32, batendo na saída do goleiro paraguaio. O Brasil teve mais posse de bola no restante da partida e impediu a reação paraguaia.

O Brasil voltará a campo no domingo (2), para enfrentar a Argentina, às 20h00 (horário de Brasília).

Fonte: FPF

Tocha Olímpica percorrerá 250 cidades brasileiras em 2016

945465-_tng0481

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 apresenta as primeiras informações sobre o revezamento da tocha olímpica, sua marca e seus patrocinadores oficiais.(Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O Comitê Organizador Rio 2016 informou hoje (29) que, ao longo de 100 dias, a tocha dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 percorrerá 250 cidades brasileiras até chegar ao Estádio do Maracanã, local da abertura do evento, em 5 de agosto de 2016.

De acordo com o comitê, aproximadamente dez mil pessoas devem conduzir a tocha por 20 mil quilômetros.

O trajeto ainda não foi divulgado, mas já está definido que a tocha passará pelas 26 capitais estaduais e pelo Distrito Federal.

Ela será acesa em maio, na cidade de Olímpia, na Grécia, em dia a ser definido. Antes de ser embarcada em um avião rumo ao Brasil, a tocha circulará por cidades gregas durante uma semana. O comitê organizador não divulgou a primeira cidade brasileira a receber a tocha e nem a data do desembarque do símbolo olímpico no país.

“A tocha aquecerá o país e contagiará todas as regiões do Brasil, inclusive as mais longínquas. O povo brasileiro se unirá em torno dela”, disse o presidente do Comitê Organizador Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman.

Entre os condutores da tocha estarão atletas, personalidades e pessoas comuns, brasileiras ou estrangeiras. Os patrocinadores escolherão as pessoas que terão o privilégio de conduzir o símbolo máximo das Olimpíadas.

A professora carioca Lara Leite de Castro, primeira brasileira a conduzir uma tocha olímpica, nos Jogos de 1992, em Barcelona, na Espanha, espera ter a chance de participar novamente do revezamento. “Foi uma emoção maravilhosa, um momento que me marcou minha vida. Isso foi há mais de 20 anos. Agora, por ser no meu país, é uma sensação extraordinária”, acrescentou.

Da Agência Brasil

Taxas de desemprego de 2014 são as menores da série histórica, diz IBGE

carteira_de_trabalho (2)

A taxa de desocupação do mês de dezembro do ano passado foi 4,3%, mesmo resultado de dezembro de 2013. A taxa média de desocupação de 2014 fechou em 4,8%. Os dados revelam as menores taxas de trabalhadores desocupados (sem emprego) de toda a série histórica, de acordo com a Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada hoje (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em novembro de 2014, a taxa havia fechado em 4,8%, enquanto a média anual de janeiro a dezembro de 2013 havia fechado em 5,4%. Os dados divulgados pelo IBGE indicam que a taxa média de desocupação chegou a cair 7,5 pontos percentuais em uma década: em 2003 a taxa média de ocupação de janeiro a dezembro havia sido 12,4%.

A pesquisa indica que, em 2014, a média anual da população desocupada foi estimada em 1,176 milhão de pessoas, percentual 54,9% menor que o de 2003, quando a média anual havia sido de 2,608 milhões. Quando comparada a 2013, a queda no número de pessoas desocupadas foi 10,8%: 1,318 milhão pessoas.

Em dezembro de 2014, a população desocupada nas seis regiões pesquisadas (1,051 milhão) recuou 11,8% em relação a novembro (1,192 milhão) e 0,9% quando comparada a dezembro de 2013 (1,061 milhão).

Por outro lado, a pesquisa do IBGE constatou que a média anual da população ocupada nas seis regiões pesquisadas em 2014 foi estimada em 23,087 milhões de pessoas, recuando 0,1% em relação a 2013, quando este contingente era 23,116 milhões.

Em dezembro do ano passado, a população ocupada nas seis regiões pesquisadas chegou a 23,224 milhões, recuando 0,7% em relação a novembro e ficando estatisticamente estável (0,5%) em relação a dezembro de 2013.

 

Da Agência Brasil