Vereadores, ex-vereadores e funcionários presos em Itapecerica serão levados para o CDP

Da Redação

ii-itapecerica

Sandra Pereira
Todos os presos estão detidos na Delegacia Central de Itapecerica desde a sexta-feira, 26 e de lá devem ir para o CDP

Os vereadores, ex-vereadores, funcionários e ex-funcionários da Câmara Municipal de Itapecerica da Serra, presos durante a operação Redenção deflagrada pelo Ministério Público Estadual na última sexta-feira, 26, ainda estão detidos na delegacia de polícia de Itapecerica. Eles devem ser levados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade nesta segunda feira. Ainda não se sabe se haverá novas prisões. A Redenção começou em janeiro quando o MP começou a investigar desvio de R$ 2,4 milhões nas contas da Câmara referente o ano de 2013.

A operação Redenção deixou a classe política de Itapecerica de joelhos. A prisão de vereadores ex-vereadores e funcionários da Câmara Municipal acusados pelo desvio de 2,5 milhões das contas da Câmara trará implicações políticas ainda imprevisíveis para o município. Ainda não se sabe o desfecho de tudo isso, mas é claro que o cenário eleitoral para2016 não poderia estar mais turbulento.

Os 20 promotores da operação Redenção trabalharam junto com 200 policiais da Rota. Eles prenderam os vereadores Cícero Costa, Hércules da Farmácia e Cleber Bernardes. O vereador Fabinho Gêmeos está foragido e o filho do vereador Cícero Costa, Rodrigo Costa, também foi preso. Os ex-vereadores José Maria Rosa, Tonho Paraíba e Carlos Lombardi estão presos na Delegacia Central. A diretora geral da Câmara Sonia Valéria de Oliveira e os ex-funcionários Jorge Isao Takeda, Eduarda Rosana dos Anjos Silva e Fabiane Teles dos Santos estão presos.
De acordo com o MP a investigação que embasou a operação de sexta teve início em janeiro de 2015, após o Tribunal de Contas do Estado detectar o “sumiço” de cerca R$ 2,5 milhões das contas da Câmara Municipal de Itapecerica da Serra.

A investigação contou com modernos e eficazes meios de obtenção de prova, notadamente delações premiadas, quebras de sigilo bancários, telemáticos e fiscais, apurando-se a subtração de valores muito maiores.

O prefeito Amarildo Gonçalves, o Chuvisco e a vice-prefeita Regina Corsini não estão entre os presos pela operação do MP, mas ainda assim estão sofrendo o desgaste político provocado por ela, já que ambos eram vereadores e fizeram parte da mesa diretora da Câmara num dos períodos que é alvo de investigação pelo MP.

Com informações de Sandra Pereira/ jornal na net

Incidente com espuma interdita Av. Santo Amaro

Líquido usado por tatuzões nas obras da Linha 5-Lilás do Metrô invadiu um condomínio

 ee-espuma

As obras de manutenção devem ser concluídas ainda nesta segunda-feira (30) / Reprodução/ TV Globo

A Avenida Santo Amaro, na região do Brooklin, Zona Sul de São Paulo, permanece parcialmente interditada na manhã desta segunda-feira (30), por conta de uma espuma que invadiu a via e um prédio na madrugada do último domingo (29).

O líquido era usado por tatuzões nas obras da Linha 5-Lilás do Metrô e causou o afundamento de uma calçada, de um poste, de um jardim, além de rachaduras em um muro, na altura da Rua Pensilvânia.

O Metrô assumiu a responsabilidade e informou que o incidente foi causado durante uma escavação feita pelo tatuzão. As obras de manutenção devem ser concluídas ainda nesta segunda-feira (30). A via deve ser liberada.

e-espuma

 

Do: Diário SP Online

 

Cidades e Transportes são as pastas mais atingidas pelo corte de R$ 11,2 bi

nn-notas_50_20_10_05_02-1

O contingenciamento adicional foi tomado em função do cenário econômico adversoMarcello Casal/Agencia Brasil

O governo federal bloqueou R$ 11,2 bilhões de despesas discricionárias do Orçamento da União. Desse valor, R$ 500 milhões são de emendas impositivas e R$ 10,7 bilhões das demais programações, informou hoje (30), em nota, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

O Ministério das Cidades teve o maior corte com R$ 1,651 bilhão, seguido dos Transportes, com R$ 1,446 bilhão, e Integração Nacional, com R$ 1,099 bilhão, conforme tabela divulgada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (tabela 1). Outra tabela do ministério indica as despesas que não podem sofrer cortes (tabela 2).

“O contingenciamento adicional foi tomado em função do cenário econômico adverso, que resultou em grande frustração de receitas, e da interpretação do Tribunal de Contas da União sobre a conduta a ser adotada enquanto o Congresso Nacional avalia a solicitação de revisão da meta encaminhada pelo Poder Executivo”, acrescentou o ministério.

No documento, o ministério garantiu que ficam preservadas todas as despesas obrigatórias, tais como salários de servidores, benefícios previdenciários e sociais, pagamento do Bolsa Família, despesas com o mínimo da saúde e da educação, seguro desemprego e abono salarial.

O valor de R$ 10,7 bilhões corresponde ao total ainda disponível no Orçamento de 2015, em 10 de novembro, para despesas discricionárias que podem ser contingenciadas, destacou o ministério. “Esse tipo de despesa inclui, por exemplo, gastos destinados ao investimento, à manutenção do funcionamento dos órgãos do governo federal, pagamento de aluguel, água, luz, transporte, passagens e diárias.”

Com esse corte adicional, o contingenciamento total do Poder Executivo em 2015 poderá atingir R$ 89,6 bilhões. De acordo com o ministério, “o cenário fiscal atual e as possíveis consequências do prolongamento do contingenciamento ora adotado para prestação de serviços públicos fundamentais elevam ainda mais a importância da conclusão do processo de votação do projeto que altera a meta fiscal de 2015.”

Segundo o ministério, apesar de medidas de controle de gastos, a redução do nível de atividade econômica gerou uma queda substancial das receitas da União, o que inviabilizou o cumprimento da meta fiscal estabelecida inicialmente para 2015.” Em números, a previsão de receita primária líquida da União caiu de R$ 1.158,3 bi, em maio, para R$ 1.056,7 bilhões, em novembro, ou seja, uma redução de R$ 101,6 bilhões.”

No início do ano, o governo tinha estipulado meta de superávit primário – economia para pagar os juros da dívida pública – de R$ 55 bilhões. No entanto, as dificuldades para cortar gastos e aumentar as receitas fizeram a equipe econômica revisar a meta fiscal de 2015 para déficit primário de R$ 51,8 bilhões. Por causa do reconhecimento dos atrasos nos repasses a bancos públicos, o valor do déficit subirá para R$ 119,9 bilhões.

Para minimizar o impacto do contingenciamento adicional sobre a sociedade, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão convocou para hoje (30) à tarde reunião com os secretários-executivos de todos os ministérios. “Essa reunião tem por objetivo orientar os órgãos sobre as medidas operacionais e estabelecer o monitoramento das principais consequências do corte adicional de despesas sobre a prestação de serviços públicos”.

Tabela 1:  Redução dos limites de movimentação e empenho (R$ milhões)

tabela 1

 

Tabela 2: Relação de despesas obrigatórias e discricionárias
(não-obrigatórias) que não podem ser contingenciadas

tabela 2

Fonte: Ministério do Planejamento

Da Agência Brasil

Dilma diz que Brasil está punindo severamente culpados por tragédia em Mariana

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (30), durante a abertura da 21ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro da Organização das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP21), que o rompimento da barragem da mineradora Samarco no município de Mariana (MG) é “o maior desastre ambiental da história do Brasil” e que o governo está punindo “severamente” os responsáveis pela tragédia.

A presidenta classificou de “ação irresponsável de uma empresa” o rompimento que despejou mais de 50 mil toneladas de lama ao longo de 850 quilômetros do Rio Doce por Minas Gerais e Espírito Santo e já chegou ao mar.

“Estamos reagindo a um desastre por medida de redução de danos, apoio às populações atingidas, prevenção de novas ocorrências e também punindo severamente os responsáveis por essa tragédia”, afirmou. Na última sexta-feira (28), o governo anunciou que vai ingressar com ação civil pública contra a mineradora, a Vale e BHP Billiton (empresas controladoras) para que criem um fundo privado de no mínimo R$ 20 bilhões para ações de revitalização da área e indenização dos atingidos.

dilma

Paris – Presidenta Dilma Rousseff durante a 21º Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima – COP21 Roberto Stuckert Filho/PR
Novo acordo do clima
Durante seu discurso na abertura da conferência, Dilma ressaltou a necessidade de uma resposta coletiva para os desafios da mudança do clima com um novo acordo climático “justo, universal e ambicioso”.

“Para isso, precisamos de um acordo que seja também e fundamentalmente legalmente vinculante. Nosso acordo não pode ser apenas uma simples soma das melhores intenções de todos. Ele definirá caminhos e compromissos que devemos percorrer para juntos vencermos o desafio planetário do aquecimento global”, afirmou.

De hoje (30) a 11 de dezembro, representantes de 195 países e da União Europeia estão reunidos em Paris para a COP21. A conferência tem a meta de chegar a um acordo que reduza as emissões de gases de efeito estufa para conter o aumento da temperatura média da Terra em 2 graus Celsius (ºC) até 2100, em relação aos níveis pré-Revolução Industrial. O Acordo de Paris deve entrar em vigor em 2020, em substituição ao Protocolo de Quioto, que prevê a redução de emissões de gases de efeito estufa apenas para países desenvolvidos.

De acordo com Dilma, além de ações de mitigação dos gases de efeito estufa, é preciso garantir medidas de adaptação à mudança climática nos países em desenvolvimento. A presidenta defendeu a adoção do princípio das “responsabilidades comuns, porém diferenciadas” e argumentou que essa diferenciação entre os países ricos e os em desenvolvimento não vai enfraquecer o acordo e será condição para a sua eficácia.

“O caminho do compromisso conduz ao que chamamos convergência, que progressivamente aproximará as obrigações de todos os países e para isso se torna necessário o mecanismo quinquenal de revisão”, avaliou, após defender a criação de condições para que os países em desenvolvimento possam trilhar os “caminhos da economia de baixo carbono superando a extrema pobreza e reduzindo as desigualdades”.

Durante o discurso, a presidenta enumerou os itens da contribuição brasileira levada à COP, como a redução de 43% das emissões de gases de efeito estufa até 2030, o fim do desmatamento ilegal na Amazônia, a restauração e reflorestamento de 12 milhões de hectares, a recuperação de 15 milhões de hectares de pastagens degradadas e o alcance de 45% na participação de energias renováveis na composição da matriz energética.

“Trata-se de meta de redução absoluta para o conjunto da economia. Ela é, sem dúvida, muito ambiciosa e vai além da nossa parcela de responsabilidade pelo aumento da temperatura média global”, disse. Dilma disse também que o enfrentamento da mudança do clima exige “engajamento ativo” de atores da sociedade civil, empresas, Academia, governos locais, comunidades rurais, povos indígenas, já que, segundo ela, “estamos falando de transformações profundas nos padrões de consumo e produção”.

A presidenta disse que o problema da mudança do clima “não é alheio aos brasileiros”, e lembrou que o país enfrenta secas no Nordeste e inundações no Sul e no Sudeste. Durante o discurso, Dilma também lamentou o atentado terrorista que matou 130 pessoas na França e disse que o Brasil condena o terrorismo em todos os lugares e por quaisquer motivos.

 

 
Da Agência Brasil

FGV diz que confiança da indústria volta a cair em novembro

ii-industrias_wd2219_2

O índice que mede a confiança dos empresários da indústria apresentou recuo em novembro, na comparação com outubro, informou hoje (30) o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV).

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) caiu de 76,2 pontos para 74,8 pontos.

O indicador havia atingido o patamar mínimo histórico em agosto e iniciado uma recuperação nos dois meses seguintes.

Para a FGV, o resultado mostra que o ambiente de negócios “continua desfavorável” e “dificilmente observará uma melhora contínua” enquanto não ocorrer uma reação mais expressiva da demanda interna.

A queda na confiança se concentrou na piora das expectativas, já que o Índice da Situação Atual ficou estável.

Entre os 19 principais segmentos da indústria, 12 tiveram queda no ICI.

Segundo a pesquisa, a queda do Índice de Expectativas teve grande influência da retração das expectativas do setor em relação a evolução da produção nos próximos três meses.

Entre outubro e novembro, esse indicador caiu de 82,5 para 76,6 pontos.

Já a estabilidade da situação atual pode ser explicada por uma piora na avaliação dos negócios combinada com uma melhora na percepção sobre a demanda, além da manutenção do nível de estoques.
Da Agência Brasil

Confira a classificação do Brasileiro-série A

 

Classificação P J V E D GP GC SG VM VV DM DV CA CV %

 

CORINTHIANS – SP 80 37 24 8 5 70 30 40 16 8 1 4 62 2 72
ATLÉTICO – MG 66 37 20 6 11 62 47 15 12 8 4 7 76 4 59
GRÊMIO – RS 65 37 19 8 10 50 32 18 14 5 2 8 94 2 58
SÃO PAULO – SP 59 37 17 8 12 52 47 5 12 5 1 11 72 5 53
INTERNACIONAL – RS 57 37 16 9 12 37 38 -1 13 3 2 10 99 6 51
SPORT – PE 56 37 14 14 9 52 38 14 13 1 1 8 70 2 50
SANTOS – SP 55 37 15 10 12 54 40 14 14 1 1 11 79 9 49
CRUZEIRO – MG 55 37 15 10 12 44 33 11 10 5 3 9 88 5 49
ATLÉTICO – PR 51 37 14 9 14 42 43 -1 9 5 4 10 85 7 45
10º PONTE PRETA – SP 51 37 13 12 12 41 39 2 9 4 5 7 95 5 45
11º PALMEIRAS – SP 50 37 14 8 15 58 50 8 9 5 6 9 90 5 45
12º FLAMENGO – RJ 49 37 15 4 18 44 51 -7 8 7 7 11 79 6 44
13º FLUMINENSE – RJ 47 37 14 5 18 40 48 -8 10 4 6 12 94 10 42
14º CHAPECOENSE – SC 47 37 12 11 14 34 41 -7 9 3 5 9 84 3 42
15º CORITIBA – PR 43 37 11 10 16 31 42 -11 6 5 5 11 112 5 38
16º AVAÍ – SC 41 37 11 8 18 37 59 -22 8 3 6 12 117 3 36
17º FIGUEIRENSE – SC 40 37 10 10 17 35 50 -15 6 4 6 11 107 5 36
18º VASCO DA GAMA – RJ 40 37 10 10 17 28 54 -26 5 5 8 9 108 13 36
19º   GOIÁS – GO 38 37 10 8 19 39 48 -9 7 3 7 12 85 3 34
20º JOINVILLE – SC 31 37 7 10 20 26 46 -20 6 1 5 15 91 8 27

 

P pontos - J jogos - V vitórias - E empates - D derrotas - GP gols pró - GC gols contra - SG saldo de gols - VM vitória mandante - VV vitória visitante - DM derrota mandante - DV derrota visitante - CA cartões amarelos - CV cartões vermelhos - % aproveitamento

Libertadores  Rebaixados

 

Veja a classificação final do Brasileiro – Série B

 

CLASSIFICAÇÃO P J V E D GP GC SG VM VV DM DV CA CV
BOTAFOGO – RJ 72 38 21 9 8 60 30 30 11 10 3 5 69 4 63 
SANTA CRUZ – PE 67 38 20 7 11 63 43 20 15 5 3 8 94 8 58 
VITÓRIA – BA 66 38 19 9 10 58 40 18 12 7 3 7 106 8 57 
AMÉRICA – MG 65 38 19 8 11 55 39 16 14 5 3 8 101 8 57 
NÁUTICO – PE 63 38 18 9 11 49 42 7 13 5 1 10 87 5 55 
BRAGANTINO – SP 60 38 19 3 16 56 56 0 14 5 4 12 100 6 52 
PAYSANDU – PA 60 38 17 9 12 49 40 9 13 4 2 10 109 3 52 
SAMPAIO CORREA – MA 58 38 15 13 10 51 43 8 12 3 1 9 80 3 50 
BAHIA – BA 58 38 15 13 10 48 41 7 12 3 2 8 99 7 50 
10º LUVERDENSE – MT 54 38 15 9 14 46 40 6 10 5 4 10 93 3 47 
11º CRB – AL 54 38 15 9 14 47 45 2 13 2 3 11 109 6 47 
12º CRICIÚMA – SC 49 38 12 13 13 36 41 -5 10 2 4 9 97 1 42 
13º PARANÁ – PR 47 38 12 11 15 39 43 -4 9 3 4 11 98 4 41 
14º ATLÉTICO – GO 46 38 11 13 14 36 46 -10 7 4 4 10 95 0 40 
15º CEARÁ – CE 45 38 12 9 17 42 50 -8 7 5 5 12 90 12 39 
16º OESTE – SP 44 38 10 14 14 37 45 -8 8 2 4 10 89 5 38 
17º MACAÉ – RJ 43 38 10 13 15 46 54 -8 6 4 5 10 89 4 37 
18º ABC – RN 32 38 6 14 18 41 64 -23 2 4 8 10 101 4 28 
19º BOA – MG 31 38 7 10 21 34 54 -20 5 2 9 12 96 5 27 
20º MOGI MIRIM – SP 23 38 4 11 23 32 69 -37 2 2 10 13 101 7 20 
P pontos - J jogos - V vitórias - E empates - D derrotas - GP gols pró - GC gols contra - SG saldo de gols - VM vitória mandante - VV vitória visitante - DM derrota mandante - DV derrota visitante - CA cartões amarelos - CV cartões vermelhos - % aproveitamentoSérie A  Rebaixados

Placar geral: Confira os resultados dos jogos do Brasileirão 2015

Da Redação: Veja os últimos resultados

Domingo, 29 de Novembro de 2015

BRASILEIRO – SÉRIE A
37ª Rodada
17:00-CRUZEIRO – MG 3 x 0 JOINVILLE – SC-Mineirão – Belo Horizonte – MG
17:00-SPORT – PE 2 x 0 CORINTHIANS – SP-Arena Pernambuco – Sao Lourenco da Mata – PE
17:00-GRÊMIO – RS 2 x 1 ATLÉTICO – MG-Arena do Grêmio – Porto Alegre – RS
17:00-VASCO DA GAMA – RJ 1 x 0 SANTOS – SP-São Januário – Rio de Janeiro – RJ
18:00-PALMEIRAS – SP 0 x 2 CORITIBA – PR-Allianz Parque – Sao Paulo – SP
18:00-CHAPECOENSE – SC 1 x 3 GOIÁS – GO-Arena Condá – Chapeco – SC
19:30-ATLÉTICO – PR 3 x 0 FLAMENGO – RJ-Arena da Baixada – Curitiba – PR
Sábado, 28 de Novembro de 2015

17:00-SÃO PAULO – SP 3 x 2 FIGUEIRENSE – SC-Morumbi – Sao Paulo – SP
19:30-FLUMINENSE – RJ 1 x 1 INTERNACIONAL – RS-Maracanã – Rio de Janeiro – RJ
21:00-AVAÍ – SC 1 x 0 PONTE PRETA – SP-Ressacada – Florianopolis – SC

 

BRASILEIRO – SÉRIE B
38ª Rodada
17:30-SANTA CRUZ – PE 3 x 1 VITÓRIA – BA-Arruda – Recife – PE
17:30-CEARÁ – CE 1 x 0 MACAÉ – RJ-Castelão – Fortaleza – CE
17:30-OESTE – SP 0 x 0 PAYSANDU – PA-José Liberatti – Osasco – SP
17:30-BRAGANTINO – SP 0 x 2 NÁUTICO – PE-Nabi Abi Chedid – Braganca Paulista – SP
17:30-BOTAFOGO – RJ 0 x 0 AMÉRICA – MG-Nilton Santos – Rio de Janeiro – RJ
17:30-SAMPAIO CORREA – MA 1 x 1 PARANÁ – PR-Castelão/MA – Sao Luis – MA
17:30-BAHIA – BA 1 x 0 ATLÉTICO – GO-Arena Fonte Nova – Salvador – BA

Sexta, 27 de Novembro de 2015

20:30-CRICIÚMA – SC 2 x 1 CRB – AL-Heriberto Hulse – Criciuma – SC
21:30-LUVERDENSE – MT 2 x 0 MOGI MIRIM – SP-Passo das Emas – Lucas do Rio Verde – MT

Terça, 24 de Novembro de 2015
20:30-BOA – MG 2 x 0 ABC – RN-Dilzon Melo – Varginha – MG

 

Sábado de despedidas: Rogério Ceni e Luis Fabiano dizem adeus ao Morumbi

Em: Campeonato Brasileiro Série A, Futebol, São Paulo

luis-ceni

Luis Fabiano e Ceni não terão mais a oportunidade de atuar pelo São Paulo no Morumbi (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Não é só a briga pela classificação à Libertadores que motiva o São Paulo nesta penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Dar um final de ano digno aos ídolos Rogério Ceni e Luis Fabiano é uma das missões do atual grupo de jogadores do Tricolor. O duelo deste sábado, contra o Figueirense, marcará a despedida de ambos do Morumbi em jogos oficiais. O goleiro, lesionado, deverá comparecer ao estádio só para saudar os torcedores. Já o Fabuloso será titular no setor ofensivo da equipe.

Rogério Ceni, considerado o maior ídolo da história do Tricolor, fez a sua estreia no Morumbi em 18 de setembro de 1993, com uma vitória por 2 a 0 diante do Bahia, pelo Campeonato Brasileiro. Com a manchete “Tinha Que Dar o São Paulo”, o jornal A Gazeta Esportiva da época destaca a superioridade do time então comandado pelo técnico Telê Santana. Embora o rival não tenha exigido o jovem arqueiro, o São Paulo só conseguiu definir a partida nos minutos finais do segundo tempo. Dinho, aos 41, e Guilherme, aos 44, foram os autores dos dois gols.

O primeiro gol de Ceni no estádio só sairia seis anos depois. No dia 13 de setembro de 1997, o goleiro cobrou uma falta com perfeição, aos quatro minutos do primeiro tempo, e abriu o placar para o São Paulo no empate por 2 a 2 com o Botafogo, também válido pelo Brasileirão. Mas, segundo A Gazeta Esportiva, a alegria de Ceni com o gol deu lugar à irritação com o resultado final do duelo. “Depois de ter levado o segundo gol da equipe carioca, tomou um banho rápido e deixou o estádio esbaforido. Com frases curtas, destilou sua ira. “Não tem como explicar isso. Vou fazer o que? Milagre?”, relatou o jornal.

fabiano

Luis Fabiano foi capa da Gazeta Esportiva após a goleada sobre o Guarani (Foto: Reprodução)

A frustração também acompanhou o atacante Luis Fabiano em seu primeiro jogo no Morumbi. O atleta substituiu o atacante Renatinho, aos 17 minutos do primeiro tempo da derrota por 2 a 0 para o São Caetano. O jogo, disputado pela primeira fase do Campeonato Paulista em 18 de fevereiro de 2001, teve gols de Sinval e César e marcou a estreia do Azulão no estádio são-paulino. Dez dias depois do confronto, o Fabuloso daria a primeira mostra de seu talento ao anotar dois gols na goleada por 4 a 1 sobre o Botafogo, na partida de ida das finais do extinto Torneio Rio-SP – o Tricolor foi campeão no jogo de volta.

Já com certo prestígio entre os torcedores, Luis Fabiano marcaria o primeiro gol no Morumbi diante do Guarani, em 25 de março de 2001. O histórico rival da Ponte Preta, clube formador do Fabuloso, sofreu uma goleada por 4 a 1 no Campeonato Paulista. O gol do atacante, anotado aos 16 minutos da etapa complementar, foi o segundo do jogo. “Kaká tocou para Luis Fabiano na entrada da área. Ele fintou seu marcador e chutou no canto esquerdo, vencendo [o goleiro]Edervan”, narrou A Gazeta Esportiva. Júlio Baptista, Belletti e Rogério Pinheiro marcaram os outros três gols tricolores. Lindomar descontou.

Luis Fabiano, hoje com 35 anos, fará contra o Figueirense, no sábado, seu jogo de número 171 no Morumbi. Ele é o terceiro maior artilheiro da história do São Paulo, com 211 gols, e o segundo maior do estádio tricolor, com 124 – nove a menos que Serginho. Já Rogério Ceni, com dores decorrentes de uma ruptura do ligamento tíbio-fibular do pé direito, só poderá se despedir do Morumbi em uma partida festiva com os campeões mundiais de 2005, marcada para o dia 11 de dezembro.

 

Edoardo Ghirotto – São Paulo, SP
Gazeta Esportiva

Campeonato Brasileiro 2015: Confira os jogos deste fim de semana

Da Redação: Veja os jogos da rodada do Brasileirão 2015

BRASILEIRO – SÉRIE A
37ª Rodada
17:00-CRUZEIRO – MG x JOINVILLE – SC-Mineirão – Belo Horizonte – MG
Premiere
17:00-SPORT – PE x CORINTHIANS – SP-Arena Pernambuco – Sao Lourenco da Mata – PE
Globo, Premiere
17:00-GRÊMIO – RS x ATLÉTICO – MG-Arena do Grêmio – Porto Alegre – RS
Globo, Premiere
17:00-VASCO DA GAMA – RJ x SANTOS – SP-São Januário – Rio de Janeiro – RJ
Globo, Premiere
18:00-PALMEIRAS – SP x CORITIBA – PR-Allianz Parque – Sao Paulo – SP
Premiere
18:00-CHAPECOENSE – SC x GOIÁS – GO-Arena Condá – Chapeco – SC
Premiere
19:30-ATLÉTICO – PR X FLAMENGO – RJ-Arena da Baixada – Curitiba – PR

Sábado, 28 de Novembro de 2015

17:00-SÃO PAULO – SP x FIGUEIRENSE – SC-Morumbi – Sao Paulo – SP
Premiere
19:30-FLUMINENSE – RJ x INTERNACIONAL – RS-Maracanã – Rio de Janeiro – RJ
Premiere
21:00-AVAÍ – SC x PONTE PRETA – SP-Ressacada – Florianopolis – SC
Premiere, SporTV

 
BRASILEIRO – SÉRIE B
38ª Rodada
17:30-SANTA CRUZ – PE x VITÓRIA – BA-Arruda – Recife – PE
17:30-CEARÁ – CE x MACAÉ – RJ-Castelão – Fortaleza – CE
17:30-OESTE – SP x PAYSANDU – PA-José Liberatti – Osasco – SP
Premiere
17:30-BRAGANTINO – SP x NÁUTICO – PE-Nabi Abi Chedid – Braganca Paulista – SP
Premiere
17:30-BOTAFOGO – RJ x AMÉRICA – MG-Nilton Santos – Rio de Janeiro – RJ
Premiere
17:30-SAMPAIO CORREA – MA x PARANÁ – PR-Castelão/MA – Sao Luis – MA
Premiere
17:30-BAHIA – BA x ATLÉTICO – GO-Arena Fonte Nova – Salvador – BA

Sexta, 27 de Novembro de 2015

20:30-CRICIÚMA – SC 2 x 1 CRB – AL-Heriberto Hulse – Criciuma – SC
21:30-LUVERDENSE – MT 2 x 0 MOGI MIRIM – SP-Passo das Emas – Lucas do Rio Verde – MT