CBF divulga datas e horários da segunda fase da Copa do Brasil

Em: Botafogo, Campeonato Copa do Brasil, Copa do Brasil, Flamengo, Fluminense, Futebol, Santos, Vasco

copa-brasil-copa-do-brasil
Segunda fase se inicia já na próxima terça-feira (Foto: Rafael Ribeiro / CBF)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou, nesta sexta-feira, a tabela detalhada dos jogos da segunda fase da Copa do Brasil. Os confrontos terão início já na próxima terça-feira, 03 de maio, e se encerram somente no dia 06 de julho, uma quarta-feira.

Principal representante do futebol paulista na competição, o Santos faz sua estreia na segunda fase no dia dia 11 de maio, uma quarta-feira, enfrentando o Galvez-AC, fora de casa, ainda sem local definido. O duelo de volta está marcado para a semana seguinte, no dia 18, na Vila Belmiro. Nesta etapa da competição, uma vitória como visitante por dois gols ou mais de diferença no jogo de ida ainda garantem classificação automática para a fase seguinte.

Representantes do futebol carioca, Fluminense e Flamengo fazer suas estreias diante de Ferroviária e Fortaleza, respectivamente, na próxima quarta-feira. No entanto, os jogos de volta são em datas diferentes. Enquanto o Tricolor entra em campo no dia 12 de maio, uma quinta-feira, o Rubro-Negro decide seu destino no dia 18 de maio, uma quarta-feira.

Fechando as equipes de maior expressão do futebol do Rio, o Vasco faz sua estreia diante do CRB no dia 11 de maio, uma quarta-feira. O jogo de volta está marcado para a semana seguinte, no dia 18. Já o Botafogo inicia seu duelo da segunda fase diante da Juazeirense no dia 12 de maio, uma quinta-feira, e decide sua vaga no dia 19.

Apesar do início da segunda fase na próxima semana, quatro duelos da fase inicial ainda não tiveram seus classificados definidos.

Confira os jogos da Segunda Fase da Copa do Brasil:

Terça-feira, 03/05

21h30 Bragantino-SP x Avaí-SC, no Nabi Abi Chedid

Quarta-feira, 04/05

19h30 Ferroviária-SP x Fluminense-RJ, na Fonte Luminosa
21h45 Fortaleza-CE x Flamengo-RJ, na Arena Castelão

Quinta-feira, 05/05

21h30 Genus-RO x Ponte Preta-SP, em local a definir

Terça-feira, 10/05

21h30 Londrina-PR x Cruzeiro-MG ou Campinense-PB, em local a definir*
21h30 Avaí-SC x Bragantino-SP, na Ressacada

Quarta-feira, 11/05

19h30 Sampaio Corrêa-MA x Figueirense-SC, no Castelão
19h30 Paraná-PR x Chapecoense-SC, na Vila Capanema
19h30 Galvez-AC x Santos-SP, em Rio Branco-AC
19h30 Juventude-RS x Coritiba-PR, no Alfredo Jaconi
19h30 Joinville-SC ou Comercial-MS x Ceará-CE, em local a definir
20h30 Ypiranga-RS x Aparecidense-GO, em Erechim-RS
20h30 River-PI x Botafogo-PB, em Teresina
21h30 Dom Bosco-MT x Atlético-PR, em local a definir
21h45 CRB-AL x Vasco-RJ, no Rei Pelé
21h45 Vitória da Conquista-BA x Santa Cruz-PE, em Vitória da Conquista
21h45 América-MG x Bahia-BA, no Independência

Quinta-feira, 12/05

19h15 Portuguesa-SP x Vitória-BA, no Canindé
19h15 Juazeirense-BA x Botafogo-RJ, em Juazeiro-BA
21h30 Fluminense-RJ x Ferroviária-SP, em local a definir
21h30 Ponte Preta-SP x Genus-RO, no Moisés Lucarelli

Terça-feira, 17/05

19h15 Ceará-CE x Joinville-SC ou Comercial-MS, no Castelão
19h15 Operário-PR x Paysandu-PA ou Independente-PA, em local a definir*
21h30 Cruzeiro-MG ou Campinense-PB x Londrina-PR, em local a definir*
21h30 Atlético-PR x Dom Bosco-MT, na Arena da Baixada

Quarta-feira, 18/05

19h30 Santos-SP x Galvez-AC, na Vila Belmiro
19h30 Chapecoense-SC x Paraná-PR, na Arena Condá
19h30 Figueirense-SC x Sampaio Corrêa-MA, no Orlando Scarpelli
20h30 Botafogo-PB x River-PI, no Almeidão
21h45 Vasco-RJ x CRB-AL, em São Januário
21h45 Santa Cruz-PE x Vitória da Conquista-BA, no Arruda
21h45 Flamengo-RJ x Fortaleza-CE, em local a definir
21h45 Bahia-BA x América-MG, na Fonte Nova

Quinta-feira, 19/05

19h15 Vitória-BA x Portuguesa-SP, no Barradão
21h30 Coritiba-PR x Juventude-RS, no Couto Pereira
21h30 Aparecidense-GO x Ypiranga-RS, em Aparecida de Goiânia
21h30 Botafogo-SP x Juazeirense-BA, em local a definir

Quarta-feira, 25/05

19h30 América-RN ou Gama-DF x ABC-RN, em local a definir

Quarta-feira, 01/06

20h30 ABC-RN x América-RN ou Gama-DF, no Frasqueirão

Quarta-feira, 06/07

20h30 Operário-PR x Paysandu-PA ou Independente-PA, em local a definir*

* Ordem dos mandos de campo ainda não foi definida

 

Da Gazeta Esportiva São Paulo, SP

Paulistão A2: Barretos quer usar inteligência para reverter vantagem do Santo André

Da Redação:Técnicos analisaram o confronto decisivo e ambos mostraram confiança na classificação para a final

vil-996089752

Vilson Tadei e Toninho Cecílio esperam decisão disputada neste sábado (30)(Fotos: Rodrigo Corsi/FPF)

Dois gols no primeiro jogo dão ao Santo André uma vantagem na semifinal do Paulistão A2 Itaipava. Contra o Barretos, como mandante do primeiro confronto, o time comandado por Toninho Cecílio venceu por 2 a 0 e joga pelo empate ou até derrota por um gol de diferença na segunda partida. As equipes entram em campo neste sábado (30), às 19h30, no estádio Fortaleza, em Barretos, e os treinadores deram suas opiniões sobre a decisão.

Jogar com calma
Para o técnico do Barretos, Vilson Tadei, sua equipe não pode se desesperar para reverter a vantagem, mas sim jogar com inteligência. “Não há o que mudar depois de quatro meses de trabalho. Talvez mudar a postura e atitude para esse jogo. Temos que concluir com mais decisão, conseguimos criar várias situações de gols e não convertê-las. Temos a necessidade de fazer o resultado, sem ser uma equipe afoita para reverter a situação”, analisou.

O comandante dos donos da casa acredita que o Santo André irá retrancar para evitar gols e manter a vantagem conquistada na partida de ida. “Sempre imaginamos uma coisa e outra acontece. Não sabemos o pensamento da outra equipe para saber o que ele vão fazer. Provavelmente o Santo André fique mais atrás, sem abdicar do ataque. Mas estamos preparados para todas as situações, trabalhamos a semana toda para isso. O importante é nosso time jogar bem e buscar o resultado”, afirmou.

Para a decisão, o Barretos terá dois importantes retornos. O lateral-direito William Cordeiro e o zagueiro João Victor, que estavam suspensos, voltam a estar a disposição do técnico Vilson Tadei. Com isso Lucas Mendes e William Mineiro juntam-se ao reservas e passam a ser opção no banco.

Em vantagem
Toninho Cecílio quer evitar que a vantagem de dois gols atrapalhe o Santo André e fala sobre esquecê-la. “Estamos com a proposta de esquecer essa vantagem. Precisamos nos lembrar dela apenas no final de jogo, porque ela não pode nos fazer abrir mão de jogar. Acho que é uma vantagem curta, estreita, e não podemos entrar pro jogo pensando nela. Vamos tentar agredir o adversário”, disse.

O treinador visitante exaltou a qualidade da equipe adversária. “Estamos preparados para o pior cenário possível. Vamos enfrentar um time jogando em casa, procurando o acesso, com toda a torcida a seu favor, com um treinador experiente, frente a uma equipe qualificada. Há muita dificuldade, o Santo André precisa entrar nessa partida sabendo administrar essa pressão, que vai existir sem duvidas, principalmente pela qualidade do Barretos”, opinou Toninho.

Para a decisão, o Santo André não poderá contar o lateral direito Adriano Apodi, que recebeu o terceiro cartão amarelo no primeiro jogo e cumprirá suspensão automática. Assim, Jean deve tapa o buraco no time de Toninho

30/04/2016 – 19h30
Barretos x Santo André

Paulistão A2 Itaipava, semifinal, jogo de volta

Prováveis
Escalações
Barretos:Junior Beliato,William Cordeiro,João Victor,Guilherme Garutti ,Cleidson
Diego Marzagão,Lídio,Ualisson Pikachu,Norton,Chuck,David Batista

Técnico
Vilson Tadei

 
Santo André: Zé Carlos,Jean,Samuel,Diogo,Paulo Vitor,Tiago Ulisses
Carlos Eduardo,Guilherme Garré ,Fernando,Antônio Flávio,
Agenor

Técnico
Toninho Cecílio

Arbitragem
Árbitro Principal: Raphael Claus
Árbitro Assistente 1: Anderson Jose de Moraes Coelho
Árbitro Assistente 2: Daniel Paulo Ziolli
Quarto Árbitro: Ilbert Estevam da Silva

Local
Estádio Fortaleza, em Barretos

 

Com informações da FPF

CBF divulga pré-convocados para Copa América

Sem Neymar e David Luiz, lista com 40 nomes tem Ganso, Gabigol, e Gabriel Jesus

gannn-ganso-sp

Paulo Henrique Ganso – São Paulo

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou uma lista com 40 nomes pré-convocados pelo técnico Dunga para a disputa da Copa América Centenário, que será realizada nos Estados Unidos, a partir do dia 3 de junho.

A ausência de Neymar já estava anunciada, já que o Barcelona decidiu liberar o jogador para escolher entre disputar a competição ou as Olimpíadas, e o atacante preferiu buscar a medalha de ouro no Rio de Janeiro.

Criticado no jogo contra o Uruguai, pelas Eliminatórias para Copa do Mundo, o zagueiro Luiz não está na lista. Gabriel Jesus, Ganso e Gabigol são as surpresas.

Desta lista de 40, restarão apenas 23, que serão escolhidos por Dunga no dia 5 de maio.

Confira os pré-convocados:

Goleiros

Alisson – Internacional
Diego Alves – Valência (ESP)
Ederson – Benfica (POR)
Marcelo Grohe – Grêmio

Laterais

Daniel Alves – Barcelona (ESP)
Fabinho – Mônaco (FRA)
Fagner – Corinthians
Alex Sandro – Juventus (ITA)
Douglas Santos – Atlético Mineiro
Filípe Luís – Atlético de Madri (ESP)

Zagueiros

Gabriel Paulista – Arsenal (ING)
Gil – Shandong Luneng (CHI)
Jemerson – Mônaco (FRA)
Marquinhos – Paris Saint Germain (FRA)
Miranda – Inter de Milão (ITA)
Rodrigo Caio – São Paulo

Volantes

Casemiro – Real Madri (ESP)
Elias – Corinthians
Fernandinho – Manchester City (ING)
Luiz Gustavo – Wolfsburg (ALE)
Walace – Grêmio

Meias

Rafinha Alcântara – Barcelona (ESP)
Felipe Anderson – Lazio (ITA)
Kaká – Orlando City (EUA)
Lucas Lima – Santos
Lucas – Paris Saint Germain (FRA)
Oscar – Chelsea (ING)
Paulo Henrique Ganso – São Paulo
Philippe Coutinho – Liverpool (ING)
Renato Augusto – Beijing Guoan (CHI)
Willian – Chelsea (ING)
Alex Teixeira – Jiangsu Suming (CHI)
Douglas Costa – Bayern de Munique (ALE)

Atacantes

Firmino – Liverpool (ING)
Gabriel – Santos
Gabriel Jesus – Palmeiras
Hulk – Zenit (RUS)
Jonas – Benfica (POR)
Luan – Grêmio
Ricardo Oliveira – Santos

 
Do: Diário SP Online

Professores de São Paulo aprovam participação em greve geral no dia 10

prof-1016306-29042016dsc_6577a-

Participação da categoria na greve foi aprovada em assembleia no vão-livre do Masp Rovena Rosa/Agência Brasil

Professores da rede estadual de ensino de São Paulo aprovaram, em assembleia na tarde de hoje (29), a participação da categoria na greve geral contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, marcada para a próxima semana. A paralisação está prevista para 10 de maio, dois dias antes da votação da admissibilidade do processo de afastamento da presidenta, que está sendo analisado no Senado Federal.

A greve geral faz parte das mobilizações contra o impeachment da Central Única dos Trabalhadores (CUT). “Não podemos aceitar que quem não teve voto sente na cadeira da presidenta. Se quiser ir, que aguente até 2018. Lá, nós vamos disputar, e aí avaliamos o governo no voto. Mas não podemos aceitar um golpe dos cerca de 400 deputados favoráveis ao golpe de Estado em um país que tem sido modelo de democracia”, disse a presidenta do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Maria Isabel Noronha.

Os professores definiram ainda um calendário de mobilização para a campanha salarial deste ano. Uma reunião entre representantes da Apeoesp e da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo está marcada para o próximo dia 23. No dia seguinte, haverá assembleia para que os professores decidam sobre o início de uma eventual greve.

Após a assembleia desta sexta-feira, realizada no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), os professores saíram em passeata até a Secretaria da Educação, na Praça da República. De lá, seguiram até o Centro Paula Souza, onde alunos secundaristas estão ocupando o prédio em protesto contra a má qualidade da merenda e de cortes nos recursos da educação.

 
Da Agência Brasil

Bandeira tarifária das contas de luz continua verde em maio

luz-1016075-28042016

Pelo segundo mês seguido, a bandeira tarifária das contas de energia elétrica será a verde, ou seja, não haverá acréscimo na conta dos consumidores. A bandeira que vai vigorar em maio foi definida hoje (29) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Segundo a agência, entre os fatores que contribuíram para a manutenção da bandeira verde estão o resultado positivo do período úmido, que recompôs os reservatórios das hidrelétricas, além do aumento de energia disponível com redução de demanda e a adição de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro, como a hidrelétrica de Belo Monte.

Desde que foi implementado o sistema de bandeiras tarifárias, em janeiro de 2015, até fevereiro de 2016, a bandeira se manteve vermelha (com a cobrança de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora consumidos). Em março, passou para amarela (com a taxa de R$ 1,50 a cada 100 kWh) e, em abril, a bandeira foi verde.

O sistema é uma forma de recompor os gastos extras com a compra de energia de usinas termelétricas. A cor da bandeira que é impressa na conta de luz indica o custo da energia elétrica, em função das condições de geração de eletricidade.

Por exemplo, quando o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas está baixo, por causa da falta de chuvas, é preciso recorrer às usinas termelétricas para garantir a energia necessária para o país.

Como a energia gerada por termelétricas é mais cara, o custo da energia fica maior, e a bandeira tarifária passa a ser amarela ou vermelha. Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico, o nível dos reservatórios das regiões Sudeste e Centro-Oeste está atualmente em 57,54% de sua capacidade máxima.

De acordo com a Aneel, a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma de cobrar um valor que era incluído na conta de energia, sem acréscimo no reajuste tarifário anual das distribuidoras. “Com as bandeiras, a conta de luz fica transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente”, informa a Aneel.
Da Agência Brasil

Desemprego cresce para 10,9% e atinge 11 milhões de pessoas

A taxa de desocupação atingiu 10,9% no trimestre móvel encerrado em março último, resultado 1,9 ponto percentual acima da taxa de 9% do trimestre fechado em dezembro de 2015 e 3 pontos percentuais a mais que no mesmo trimestre de 2015, quando o desemprego estava em 7,9%. Esta é a maior taxa de desemprego da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua) iniciada em 2012.

Os dados foram divulgados hoje (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A população desocupada chegou a 11,1 milhões de pessoas, aumentando 22,2% (2 milhões de pessoas), em relação ao número de desempregados do período imediatamente anterior (outubro a dezembro de 2015).

No confronto com igual trimestre do ano passado, o número de desemprego subiu 39,8%, o que significa um aumento de 3,2 milhões de pessoas desocupadas.

Os dados do IBGE indicam que, no trimestre encerrado em março último, a população ocupada do país estava em 90,6 milhões de pessoas, apresentando uma redução de 1,7%, quando comparada com o trimestre de outubro a dezembro de 2015. Em comparação com igual trimestre do ano passado, houve queda de 1,5% na população ocupada, representando menos 1,4 milhão de pessoas.

Carteira Assinada

Em um ano, 1,4 milhão de pessoas deixaram de integrar o contingente de trabalhadores com carteira de trabalha assinada no setor privado, que fechou o trimestre encerrado em março último em 34,6 milhões de trabalhadores.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicilio Contínua divulgada pelo IBGE. O número de empregados com carteira assinada apresentou queda em ambos os períodos de comparação.

Frente ao trimestre de outubro a dezembro do ano passado, a queda foi de 2,2%, e na comparação com igual trimestre do ano passado (janeiro/março), a redução foi de 4%.

Em contrapartida, a categoria das pessoas que trabalharam por conta própria registrou aumento de 1,2% em relação ao trimestre de outubro a dezembro de 2015, o que significou incremento de 274 mil pessoas.

Na comparação com o trimestre de janeiro a março de 2015, houve aumento de 6,5% no número dos que trabalhavam por conta própria, o que representou um acréscimo de 1,4 milhão de pessoas.

Já a participação dos empregadores apresentou redução de 5,8% em relação ao trimestre de outubro a dezembro de 2015 e, de 8,6% em relação ao trimestre de janeiro a março de 2015.

Por grupamentos de atividade, o contingente de ocupados caiu 5,2% na indústria em geral no trimestre encerrado em março, em relação ao trimestre de outubro a dezembro de 2015, menos 645 mil pessoas empregadas no parque fabril do país.

A queda foi de 4,8% na construção (-380 mil pessoas); de menos 1,9% na administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (o equivalente a menos 299 mil pessoas); e de 1,6% no comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas (-280 mil pessoas).

Rendimento médio

Os dados divulgados pelo IBGE indicam, ainda, que o rendimento médio real habitualmente recebido em todos os trabalhos fechou março em R$ 1.966, permanecendo estável frente a R$ 1.961 relativos ao trimestre de outubro a dezembro de 2015. Com relação ao mesmo trimestre do ano passado, o rendimento médio real habitual caiu 3,2% em relação ao mesmo trimestre do ano passado, quando era de R$ 2.031.

Na comparação com o trimestre de outubro a dezembro de 2015, apenas os trabalhadores domésticos apresentaram aumento no rendimento médio (2,3%). Em relação ao trimestre de janeiro a março de 2015, na categoria dos trabalhadores por conta própria, houve redução de 3,9% no rendimento médio.

Por grupamento de atividade, ainda em relação ao trimestre outubro a dezembro de 2015, houve retração de 4% na agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura e alta de 2,3% no grupamento dos serviços domésticos.

Frente ao trimestre janeiro a março de 2015, a retração foi ainda maior: de 8% nos rendimentos da agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, e de 5,5% no comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas.

Segundo o IBGE, os R$ 173,5 bilhões relativos a massa de rendimento real habitualmente recebida em todos os trabalhos ficaram estáveis em relação ao trimestre de outubro a dezembro de 2015, mas teve queda de 4,1% frente ao mesmo trimestre do ano anterior.

(*) Texto alterado às 10h34 para acréscimo de informações

 

Da Agência Brasil

Ministério da Saúde fornece número insuficiente de vacinas e Cotia fará Dia D contra a Gripe em apenas 6 postos

Da Redação

A Prefeitura de Cotia teve que reorganizar a campanha de vacinação do Dia D contra a Gripe, devido à falha do fornecimento do Ministério da Saúde. A Secretaria da Saúde de Cotia havia programado realizar a campanha em 28 postos, imunizando aproximadamente 13.000 pessoas, no entanto, o Ministério da Saúde liberou apenas 2.400 vacinas, inviabilizando a campanha em todas as unidades.

Apesar do problema no fornecimento, a Vigilância Epidemiológica decidiu manter a campanha. “Diante da quantidade inferior ao que seria ideal, vamos concentrar os atendimentos em 6 Unidades Básicas de Saúde: UBS Portão, UBS Atalaia, UBS Arco Íris, UBS Caucaia, UBS Rio Cotia e UBS Assa”, explicou a coordenadora Juliana Canassa. “Estamos realizando o levantamento dos estoques das unidades para alcançar o maior número de pessoas possível neste sábado”.

Em Cotia, a campanha contra a Influenza/H1N1 começou no dia 4 de abril para os profissionais de saúde e no dia 11 para as pessoas que compõem o grupo de risco determinado pelo Ministério da Saúde. De acordo com a prévia da campanha de vacinação divulgada no último dia 20 de abril, a Secretaria da Saúde imunizou até o momento 36.887 pessoas.

Dia D contra a Gripe H1N1

A participação de Cotia na mobilização nacional acontecerá neste sábado, 30/4, das 8h às 16h nos seguintes postos: UBS Portão, UBS Atalaia, UBS Arco Iris, UBS Caucaia, UBS Rio Cotia e UBS Assa.

A vacinação contra o vírus Influenza é destinada aos seguintes grupos prioritários: crianças de 6 meses a 4 anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade.

hn1-h1n1_pedro_ventura_agbrasilia

São Paulo goleia Toluca e deixa vaga encaminhada

Com dois gols de Centurión, São Paulo fez bonito no Morumbi e está praticamente classificado

O São Paulo está praticamente classificado para as quartas de final da Libertadores. Em uma noite inspirada de Centurión, o Tricolor goleou o Toluca (MÉX) por 4 a 0, no Morumbi, e deixou sua vaga bem encaminhada.

O jogo

Há coisas que acontecem no futebol que não tem como explicar. Um dos mais contestados do elenco, Centurión entrou em uma função que não costuma fazer para cobrir a ausência de Alan Kardec, que seria titular, mas uma virose o tirou do duelo. O camisa 14, aliás, seria o reserva de Calleri, suspenso. Portanto, o argentino era apenas terceira opção do técnico Bauza.

 Football Soccer - Sao Paulo v Toluca - Copa Libertadores

Centurión comemora sue primeiro gol / Paulo Whitaker/Reuters

No começo, quem abriu o placar foi Michel Bastos. O meia aproveitou bola na área e bateu cruzado para marcar. Centurión fez o segundo do Tricolor com um golaço, aos 45 do primeiro tempo. O atacante recebeu na esquerda, driblou e bateu no ângulo esquerdo do goleiro Talavera. Que pintura!

Depois do intervalo, Thiago Mendes tabelou com Ganso e, tranquilo, fez o terceiro do São Paulo. Com os mexicanos perdidos em campo, Centurión completou a goleada aproveitando cruzamento e batendo de direita.

Jogo de volta

O segundo duelo que vale vaga nas quartas de final da Liberta acontece na quarta-feira (4), às 19h15, no México. O São Paulo pode perder por até três gols de diferença que avança de fase.

Escalações

São Paulo: Renan Ribeiro; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes e Paulo Henrique Ganso (Lucas Fernandes); Kelvin (Alan Kardec), Michel Bastos e Centurión (Wesley).
Técnico: Edgardo Bauza.

Toluca: Talavera; Jordan Silva, Galindo, Paulo da Silva e Rojas (Pérez); Velasco (Cueva), Ríos, Esquivel, Trejo e Vega; Saucedo (Brambila).
Técnico: José Cardozo.

 

Por: Ronaldo Barreto 
Diario de SP

Paulistão A2: Personagens das equipes semifinalistas projetam duelos e sonham com acesso

Da Redação: Neste final de semana serão conhecidos os clubes que avançam à final e disputam Série A1 em 2017

sant-656021579

Branquinho deve retornar ao time titular no Santo André (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

O final de semana será marcado por grandes confrontos no Paulistão A2 Itaipava. As duas semifinais envolvendo Barretos x Santo André e Mirassol x Batatais definem os dois clubes que ascenderão à Série A1 em 2017 e quais equipes ficarão pelo caminho. Quatro personagens falaram dos seus respectivos confrontos nessa fase decisiva de torneio.

Barretos x Santo André

O Santo André venceu o primeiro confronto disputado no ABC, pelo placar de 2 a 0 e leva boa vantagem para o interior paulista. O clube da Região Metropolitana de São Paulo pode até perder por um gol de diferença que avança à final e conquista o acesso. Já o Barretos aposta na força do torcedor para reverter o placar e conquistar de forma inédita o tão sonhado acesso.

Precisando reverter o placar adverso, o técnico Vilson Tadei não permitiu que os atletas falassem ao longo da semana. Apenas o treinador comentou sobre a preparação. “Estamos realizando trabalhos normais. Sabemos que o trabalho é importante, mas o descanso também. Estamos dando ênfase nas nossas necessidades, pois sabemos das dificuldades da partida”, comentou.

Atrás no placar, o treinador quebra a cabeça para enfrentar o Santo André. “Jogamos duas vezes contra eles e em função desses jogos, sabemos que fecham bem atrás. Nossa equipe terá que buscar fórmulas a base de muita movimentação para furar a defesa do Mirassol”, projetou.

Decidindo diante do seu torcedor, Vilson Tadei ressaltou a importância da presença do público. “Como o jogo é decisivo, a presença do torcedor é importantíssima. Esperamos um grande público e que possam contribuir conosco”, concluiu.

baretos-1701762523

Vilson Tadei confia na classificação do Barretos (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Do outro lado da semifinal, o meio-campista Guilherme Garré, de 23 anos, é um dos mais jovens entre os titulares. Do time titular que venceu o Barretos, apenas dois atletas eram mais novos que ele. “É um sentimento único ser titular de um time que tem um elenco experiente. Todos me acolheram muito bem e me passaram muita confiança, estou muito honrado. Todos estão querendo meu bem, estão me ajudando e não tem sentimento melhor”, explicou.

Guilherme Garré comentou sobre a experiência do elenco e como isso pode ajudar nessa fase decisiva. “É um momento de definição e essa experiência pode ajudar, pois precisamos ter confiança. Pelo companheirismo, eles acabam se sobressaindo sobre nós mais jovens. Nosso time está muito unido e focado e acredito que esse seja o diferencial da nossa equipe”, ressaltou.

Revelado pelo Santo André, Garré também falou da possibilidade em levar o clube do ABC para elite do futebol. “É um prazer único. Sou muito grato ao clube e poder coroar o meu trabalho e de todo grupo com o acesso vai ser muito importante para todas nossas carreiras”, finalizou.

Mirassol x Batatais

Assim como na outra semifinal, um time possui vantagem por ter conquistado a vitória na primeira partida. O Mirassol venceu o Batatais, na casa do adversário, por 1 a 0, e decide a classificação diante do seu torcedor.

Podendo jogar por um empate para avançar à final e conseguir a classificação, o atacante Júlio César, um dos destaques do Mirassol, comentou a vantagem. “Acho que o momento é de manter os pés no chão, pois temos uma vantagem pequena, que não deixa de ser vantagem. Estamos trabalhando para que tudo possa dar certo no domingo (1). Temos que ter os pés no chão, porque temos tudo para atingir nosso grande objetivo”, frisou.

miras-304955808

Júlio César é uma das esperanças do Mirassol (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Batendo na trave nos últimos anos, o atacante falou da ansiedade para o confronto diante do Batatais. “Acho que temos o emocional controlado. A ansiedade é normal para chegar logo o jogo, mas nós estamos focados em buscar nosso objetivo”, apontou.

Considerado por muitos como favorito, Júlio César afirmou que o clima de oba-oba não entrou faz parte da rotina do elenco. “Isso nunca entrou no nosso vestiário. Sempre trabalhamos muito, e temos muito garotos querendo vencer na vida. Deixamos para o pessoal de fora falar, porque iremos enfrentar uma grande equipe”, afirmou.

Contando com o apoio do torcedor, o experiente goleador falou da força das arquibancadas. “Nossa meta era sempre decidir em casa e a torcida vai apoiar. Temos tudo para darmos alegria para eles, mas para isso, é necessário ter os pés no chão. Temos que correr mais ainda do que corrermos em Batatais para conquistarmos nosso objetivo”, concluiu.

Pelo Batatais, o também experiente André Cunha comentou a desvantagem, mas acredita na força do Batatais. “Estamos em desvantagem, mas nossa equipe fez uma boa campanha. A disputa está em aberto, eles têm a vantagem, estão em casa, mas foi apenas o primeiro tempo. Vamos trabalhar bastante para termos chances de conquistar o acesso”, projetou.

Polivalente, André Cunha já conquistou acesso para a elite com o São Bento em 2014. Em 2011, ele participou do título da Série A2 pelo XV de Piracicaba, quando trabalhou com o técnico Moisés Egert, rival nesta semifinal. “Podemos falar alguma coisa, mas a forma de trabalho mudou bastante. Sabemos que ele é um treinador inteligente e que sabe trabalhar”, elogiou.

Aos 37 anos, o jogador falou de como tenta ajudar nessa fase decisiva. “Tenho conversado bastante para deixar tudo tranquilo. Foi bom que já passou o primeiro jogo e agora não tem para onde correr. Nossa equipe já provou que tem condições. Estamos em desvantagem, então vamos entrar no jogo para buscar nossos objetivos”, explicou.

bata-158722751

Batatais quer surpreender o Mirassol (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

Por fim, André Cunha falou do favoritismo para o Mirassol, mas destacou a força do Batatais. “Acho que o Mirassol é o favorito pela estrutura que tem. Nós passamos algumas dificuldades ao longo do torneio, mas temos condições de vencer. Eles têm uma boa equipe, mas nós também”, concluiu.

Barretos e Santo André jogam no sábado (30), às 19h30, no estádio Fortaleza, em Barretos. A outra vaga na final será decidida em Mirassol, no domingo (1), às 10h, na partida entre Mirassol e Batatais.

 

Luiz Minici , especial para o site da FPF

Guarda Ambiental de Cotia embarga aterro ilegal no bairro do Gramado

Da Redação

Na tarde desta sexta-feira, a Guarda Municipal Ambiental embargou e apreendeu maquinário de terraplanagem em um terreno no Gramado, próximo ao Rodoanel Mario Covas, em Cotia, que funcionava como aterro ilegal. A equipe de patrulha chegou ao local por meio de denúncias de moradores das redondezas, que estranharam a movimentação de caminhões com entulho e lixo.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente, o terreno era usado como aterro ilegal já há algum tempo e o proprietário já havia assinado um TAC, Termo de Ajuste de Conduta, com a Prefeitura para remoção dos materiais, o que não foi cumprido. O espaço também não possuía licença para nenhuma das atividades praticadas no local.

Além do embargo e da apreensão, a Guarda Municipal Ambiental encaminhou as pessoas que estavam no terreno à Delegacia.

Denuncie

Recentemente, a Guarda Municipal Ambiental coibiu a ação de diversos aterros ilegais na cidade. Isso porque os moradores têm denunciado cada vez mais essa atividade, que tanto danifica o meio ambiente. Desta forma, é muito importante que a população se manifeste diante a qualquer prática que pareça suspeita ou irregular. O telefone para denúncias é 4703-5894.

ATERRO_GRAMADO_0001 ATERRO_GRAMADO_0013