TSE rejeita mais uma questão preliminar; julgamento será retomado amanhã às 9h

agbr-000001

O TSE julga a ação em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-TemerJosé Cruz/Agência Brasil

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) interromperam no início da tarde de hoje (7) o julgamento da ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer, vencedora das eleições presidenciais de 2014. A sessão será retomada amanhã (8), às 9h.

O tempo da sessão de hoje foi ocupado principalmente pela manifestação do relator da ação, Herman Benjamin, sobre três questões preliminares interpostas pelas defesas de Dilma Rousseff e de Michel Temer. Todas contestam a validade dos depoimentos de executivos da Odebrecht ao TSE.

Dessas três questões preliminares trazidas a plenário nesta quarta-feira, os ministros rejeitaram uma, na qual os advogados de Dilma e Temer argumentava que trechos dos depoimentos de alguns executivos ao TSE não poderiam servir como provas, por terem sido vazados para a imprensa, tornando-se ilegais. A decisão pela legalidade das provas foi unânime.

O relator também rejeitou as outras duas preliminares, defendendo a validade dos depoimentos e provas da empreiteira Odebrecht juntados ao processo . Na sessão de amanhã, os outros seis ministros do TSE devem se manifestar sobre essas duas questões pendentes. Somente em seguida, deve começar a ser discutido o mérito da ação.

A expectativa é que a sessão de amanhã dure o dia todo. O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, disse que vai conversar com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, sobre o cancelamento da sessão do STF de amanhã para que os ministros permaneçam no julgamento da chapa Dilma-Temer. O julgamento deve se estender até a sexta-feira (9) e, se necessário, também no fim de semana.

Ação

Após as eleições de 2014, o PSDB entrou com a ação pedindo a cassação da chapa Dilma-Temer, e o TSE começou a julgar suspeitas de irregularidade nos repasses a gráficas que prestaram serviços para a campanha eleitoral de Dilma e Temer. Recentemente, Herman Benjamin decidiu incluir no processo o depoimento dos delatores ligados à empreiteira Odebrecht, investigados na Operação Lava Jato. Os delatores relataram que fizeram repasses ilegais para a campanha presidencial.

Edição: Juliana Andrade

 

Da Agência Brasil

Desfalcado, Palmeiras encara jejum de 20 anos contra o Coritiba

pal-00002Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras encara o Coritiba. Desfalcada, a equipe dirigida pelo técnico Cuca tentará vencer o time da casa jogando no Estádio Couto Pereira pela primeira vez nos últimos 20 anos.

Na edição de 1997 da Copa do Brasil, o Palmeiras bateu o Coritiba por 1 a 0 em pleno Couto Pereira. Desde então, apesar do vice-campeonato da Copa do Brasil 2012, o time paranaense está invicto diante do adversário paulista dentro de casa, com um retrospecto de oito vitórias e seis empates no período.

Na tentativa de findar o incômodo jejum, Cuca tem uma série de desfalques. O lateral direito Jean, o zagueiro Edu Dracena e o meia Guerra serão poupados. O zagueiro Mina e o centroavante Borja foram convocados pela seleção colombiana, enquanto Dudu está lesionado.

Em relação ao empate contra o Atlético-MG, as novidades devem ser os zagueiros Juninho e Antônio Carlos. O recém-chegado Luan foi relacionado e pode estrear. No meio, Raphael Veiga, Michel Bastos e Hyoran estão entre as principais alternativas do técnico Cuca, há três rodadas sem vencer no Campeonato Brasileiro.

“O Palmeiras tem um grupo muito forte. Quando sai alguém, quem entra tem que dar o melhor. O Cuca vem falando que os três que entram precisam mudar o jogo. Tenho certeza que os meninos que jogarem contra o Coritiba vão dar o melhor para a gente sair vitorioso”, afirmou Keno, substituto de Dudu.

kkll-KleberCom passagem pelo Palmeiras, o experiente atacante Kléber deve ser titular pelo Coritiba (Foto: Divulgação)

Com seu melhor início de campanha desde que foram instituídos os pontos corridos no Brasileiro, o Coxa tem empolgado o torcedor que desta vez, acredita que o time não brigará contra o rebaixamento e sim por algo mais na competição. O técnico Pachequinho, que assumiu o time durante a campanha do Estadual como interino e foi efetivado após a conquista do título, deu forma a sua equipe e tem mantido o esquema dentro e fora de casa.

A boa fase passa também por mexer o menos possível na escalação, exceto, é claro, que se faz necessário por lesão ou contusão. Desta vez são duas dúvidas, o lateral-direito Dodô e o atacante Neto Berola, que sentiram dores após o Atletiba do final de semana. Para a direita, Léo e Rodrigo Ramos são as opções. No ataque, Rildo é o favorito, mas Getterson e Iago estão à disposição.

O treinador coxa-branca, entretanto, se mostra tranquilo em relação a possíveis mudanças e vai escolher quem estiver melhor para encarar mais um jogo duro. “O grupo é qualificado. Independente de quem entra e quem sai, temos a reposição à altura. É mais uma decisão, mais um jogo difícil, um adversário que tem uma qualidade técnica grande. É recuperar bem os atletas e ver aquilo que eu penso de ideal para a equipe”, avaliou.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X PALMEIRAS

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 07 de junho de 2017, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Neuza Inês Back (Fifa/SC)

CORITIBA: Wilson; Dodô (Rodrigo Ramos), Werley, Márcio e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani e Tomas Bastos; Neto Berola (Rildo), Henrique Almeida e Kleber
Técnico: Pachequinho

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Juninho, Antônio Carlos e Zé Roberto (Egídio); Thiago Santos e Tchê Tchê; Roger Guedes, Raphael Veiga e Keno; Willian
Técnico: Cuca

 

 

Da Gazeta Esportiva São Paulo, SP

Corinthians visita o Vasco na busca pela liderança do Brasileiro

cori13-4433Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Vasco e Corinthians fazem clássico nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro, em confronto válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O Cruz-Maltino, que soma seis pontos e pretende se aproximar do G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores, tenta se recuperar da derrota de 2 a 0 para o Grêmio. Por este mesmo placar o Timão bateu o Santos em duelo de paulistas, chegou aos dez pontos, brigando pela liderança.

Confiante após o bom início na competição, o Corinthians tenta mostrar que não vive apenas um time titular em terras cariocas. Sem quatro titulares (Balbuena, lesionado, Fagner, Rodriguinho e Romero, convocados para seleções), o técnico Fábio Carille vai testar as suas possibilidades de jogo dentro do elenco. Até o momento, poucos atletas além dos conhecidos titulares foram determinantes na equipe.

“Nós vamos ter um grande teste pela frente, mas é também o momento de os jogadores mostrarem que têm qualidade”, disse Jô. “Nós sabemos da qualidade de cada, conhecemos as características, só que eles vão ter que demonstrar no jogo as coisas que são capazes”, continuou o camisa 7.

Dentre os reservas, o que está há mais tempo no time é o jovem Pedro Henrique, que entrou durante a estreia no Brasileiro, contra a Chapecoente, e foi titular nos outros três jogos. Marquinhos Gabriel e Clayson são os substitutos na armação, auxiliando Jadson no setor.

A única improvisação, porém, se dá na lateral direita. Sem Fagner e também sem os outros dois atletas do setor, já que Léo Príncipe e Mantuan se recuperam de lesão, o técnico Fábio Carille optou pela entrada do volante Paulo Roberto. “Ele vai se perder em alguns momentos, é normal, mas é algo que eu já venho preparando caso houvesse a necessidade”, explicou o treinador.

Milton Mendes, treinador do Vasco, sabe que a irregularidade do time é motivo de preocupação para a torcida, mas ele se mostra otimista para este compromisso. “Nós estamos sempre em crescimento, pois não tivemos uma atuação ruim contra o Grêmio e poderíamos ter tido uma melhor sorte. Acredito que este grupo possa conseguir um bom resultado contra o Corinthians se conseguir nesta crescente”, disse o treinador.

Os vascaínos realmente prometem uma postura ofensiva e para isso esperam contar com o apoio de seus torcedores. “Nós vamos jogar em casa, onde já ganhamos duas partidas neste Campeonato Brasileiro, contra Bahia e Fluminense. Isso aconteceu porque contamos com o apoio integral de nosso torcedor e isso precisa se repetir contra o Corinthians. Posso assegurar que quem comparecer vai ver um time brigando pela vitória desde os primeiros minutos”, avisou o zagueiro Paulão.

Em termos de escalação o Vasco terá o retorno do atacante Luis Fabiano, que foi preservado contra o Grêmio por estar pendurado com dois cartões amarelos. Ele deve ocupar a vaga do colombiano Manga Escobar. Outro que pode retornar ao time é Yago Pikachu, e Milton Mendes deverá escalar os mesmos 11 que iniciaram e venceram a partida diante do Fluminense, pela terceira rodada do Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
VASCO X CORINTHIANS

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 7 de junho de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (ambos do MT)

VASCO: Martín Silva, Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Yago Pikachu, Matheus Vidal e Kelvin; Luis Fabiano
Técnico: Milton Mendes

CORINTHIANS: Cássio; Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Camacho, Marquinhos Gabriel, Jadson e Clayson; Jô
Técnico: Fábio Carille

 
Tomás Rosolino e Gazeta Press – São Paulo, SP