Liedson comemora 40 anos e recebe parabéns de Corinthians e Sportingcori

cori-00802204

Com duas passagens vitoriosas, Liedson entrou para a Calçada da Fama do Corinthians (foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

O centroavante aposentado Liedson completou 40 anos neste domingo e foi lembrado pelos dois clubes que marcaram a sua carreira. O Corinthians e o Sporting, de Portugal, usaram as suas redes sociais para parabenizar o ex-jogador.

Nascido em 1977, ano em que o Corinthians conquistou o Campeonato Paulista e acabou com o seu jejum de quase 23 anos sem títulos expressivos, o baiano Liedson despontou nacionalmente a serviço de Coritiba e Flamengo, clube para o qual voltaria em 2012.

Foi pelo Corinthians, contudo, que Liedson conquistou o seu primeiro título profissional, o Campeonato Paulista de 2003. Em sua segunda passagem pelo clube paulista, ele ainda adicionou o Campeonato Brasileiro de 2011 e a Copa Libertadores da América de 2012 ao currículo. Encerrou a sua trajetória como corintiano com 111 jogos disputados e 50 gols marcados.

No Sporting, a longevidade de Liedson foi ainda maior. Apelidado de “Levezinho”, ele defendeu o clube alviverde de 2003 a 2001 e também virou ídolo dos torcedores, apesar de só ter conquistado duas Taças de Portugal e duas Supertaças de Portugal, em 2007 e 2008.

A identificação com Portugal foi tamanha que Liedson se naturalizou e disputou a Copa do Mundo de 2010 pelo país europeu, onde também atuou pelo Porto antes de se aposentar.

 Corinthians

@Corinthians

 
Da Gazeta Esportiva São Paulo , SP

Verão deve ter chuva normal na maior parte do país, diz meteorologista

verao-110199387

Calor de 36 graus levou milhares de pessoas às praias do Rio de Janeiro neste domingo, o último da primavera Tomaz Silva/Agência Brasil

O verão – que começa na próxima quinta-feira (21) – promete ter um regime de chuva regular na maior parte do país, sem grandes extremos como secas ou enchentes.

A previsão é do meteorologista Luiz Cavalcanti, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Brasília. No Rio de Janeiro, o dia de hoje – último domingo (17) da primavera – foi de sol forte e céu limpo, o que levou milhares de pessoas às praias.

“A perspectiva é de muitas chuvas nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e particularmente na Região Sul. É um período que, essencialmente, é muito chuvoso. Estamos com chuvas bem marcantes e a tendência é que o verão permaneça como está terminando a primavera, com muita chuva nessas regiões”, disse.

Segundo o meteorologista, o fenômeno conhecido como La Niña, quando ocorre o resfriamento das águas do Oceano Pacífico, este ano é predominante, mas com pouca intensidade, o que deve contribuir para garantir uma normalidade climática no Brasil. Inclusive, haverá chuva no semi-árido do Nordeste, que sofre com seca há cinco anos.

“O La Niña tem se manifestado, mas com intensidade fraca, e a tendência é que neste verão seja o fenômeno predominante. Em função do La Niña, a gente prevê chuvas no semi-árido já a partir de dezembro. Já temos bastante chuvas no sul do Maranhão e do Piauí. Nas partes oeste e norte da Bahia e em algumas regiões do Ceará, Pernambuco e Paraíba já ocorreram chuvas. Isto é prenúncio de que teremos uma estação diferente do que foi nos últimos cinco anos, que foi de muito seca”, afirmou Cavalcanti.

Sul e Sudeste

Para a região sul, segundo ele, a tendência é que haja chuva dentro dos padrões normais, principalmente, no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A exceção ficaria com algumas partes do Paraná, que podem apresentar menos chuva do que o normal.

“Tem algumas regiões no Paraná, como no norte e na parte oeste, em que alguns modelos de longo prazo indicam escassez de chuva”, explicou. Quanto à Região Sudeste, o meteorologista prevê regime de chuva normal na maior parte, exceto em áreas de São Paulo e Minas Gerais.

“Em algumas regiões, como o Estado do Rio de Janeiro, haverá chuva nos padrões normais e até acima disso. Mas na parte central do estado de São Paulo e no sul de Minas Gerais, as perspectivas indicam chuvas abaixo dos padrões normais”, destacou.

Previsão de chuvas para Brasília

No Distrito Federal, que este ano sofreu com chuvas abaixo da média, comprometendo o abastecimento de água, que teve de ser racionada, o meteorologista previu chuvas abundantes tanto em dezembro quanto em janeiro, mas sem precisar se o nível dos reservatórios estará totalmente restabelecido.

“No mês de dezembro chove em média 250 milímetros e estamos prevendo chover dentro disso e até um pouquinho acima. Já choveu 195 milímetros, então vamos chegar na média e esperamos até que supere isso. Em janeiro, o modelo indica que também teremos bastante chuva. Não dá para afirmar como ficarão os reservatórios, em função da situação crítica em que eles ainda se encontram. Só poderemos ter uma resposta mais representativa no fim de janeiro, quando termina os meses mais chuvosos de Brasília” finalizou.

 

 

Da Agência Brasil

Real Madrid bate o Grêmio e fatura o Mundial de Clubes

O Real Madrid é novamente o campeão do mundo. Enfrentando o Grêmio neste sábado, no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi, a equipe do técnico Zinedine Zidane enfrentou dificuldades no primeiro tempo, porém, graças a Cristiano Ronaldo, conseguiu furar o bloqueio defensivo do adversário e vencer a grande final do Mundial de Clubes por 1 a 0. O gol do craque português aconteceu logo aos sete minutos da etapa complementar, em cobrança de falta.

cristianoronaldorealgremiogettyimages

Cristiano Ronaldo comemora seu gol sobre o Grêmio na final do Mundial de Club Foto: Getty Images

Com o resultado, o Real Madrid se tornou o primeiro time desde 1993 a se sagrar bicampeão do mundo. Antes dos merengues, a última equipe que conquistou o feito foi o São Paulo, que sob o comando de Telê Santana venceu o Barcelona, em 1992, e o Milan, em 1993. Além disso, Cristiano Ronaldo, Marcelo, Kroos e companhia também chegaram ao quinto título em 2017, já que também venceram a Liga dos Campeões, o Campeonato Espanhol, a Supercopa da Europa e a Supercopa da Espanha.

ronaldobatefaltarealgremiogettyimages

Cristiano Ronaldo na cobrança de falta que deu a vitória ao Real Madrid
Foto: Getty Images

A conquista foi ainda mais especial para Cristiano Ronaldo, que chegou ao seu quarto título mundial da carreira. O craque português, que já havia marcado na final da Liga dos Campeões e da Supercopa da Espanha, se despede do torneio como artilheiro, com três gols.

Novamente confirmando seu favoritismo, o Real Madrid agora volta para casa com a confiança lá em cima. Mesmo não realizando uma grande temporada, os comandados de Zinedine Zidane entrarão em campo no próximo sábado, quando recebem o Barcelona, no Santiago Bernabéu, com o moral lá em cima, já que novamente podem afirmar que fazem parte do melhor time do mundo.

O Grêmio, por sua vez, perdeu a grande oportunidade de se igualar ao Santos e Corinthians como os únicos clubes brasileiros a deterem dois títulos mundiais. Essa conquista também faria com que Renato Gaúcho se tornasse o quinto técnico que também ergueu a taça como jogador, a exemplo Luis Cubilla, Juan Mujica, Carlo Ancelotti e Zinedine Zidane.
Gol de Cristiano Ronaldo que deu a vitória ao Real Madrid sobre o Grêmio
Foto: Getty Images

O jogo

Pressionando a saída de bola do Real Madrid no início do jogo, o Grêmio conseguiu segurar o ímpeto dos rivais, que, embora tenham dominado a primeira etapa, só conseguiu chegar com perigo pela primeira vez na partida aos 19 minutos, quando Modric driblou Edilson na esquerda e mandou na área para Carvajal, que pegou de primeira, batendo cruzado, porém, Geromel estava atento e bloqueou o arremate providencialmente, mandando para fora.

Aos 23 minutos foi a vez de Modric experimentar de fora da área. Dono do meio-campo merengue, o croata fez boa jogada individual, passando por Michel, e bateu forte, cruzado, mas a bola passou à esquerda de Marcelo Grohe. Quatro minutos depois o Grêmio respondeu com Edílson, que em cobrança da intermediária soltou um petardo, tirando tinta do travessão de Keylor Navas. Foi a melhor chance tricolor no primeiro tempo.

Passada a primeira metade da etapa inicial, o jogo ficou mais equilibrado. O Grêmio seguiu consistente na defesa, procurando minimizar a criação de jogadas dos adversários. O Real Madrid só voltou a assustar o Grêmio aos 37 minutos, quando Cristiano Ronaldo ficou com a sobra da disputa entre Benzema e a defesa adversária, entretanto, antes de o craque português mandar para o gol, Kannemann apareceu de carrinho para salvar o time de Renato Gaúcho.

Persistente, Cristiano Ronaldo voltou a assombrar os gremistas em cobrança de falta no minuto seguinte. O craque português tomou distância, se posicionou da maneira que costuma e respirou fundo antes de soltar uma bomba, de longe, que passou por cima do travessão. Ainda assim, o goleiro Marcelo Grohe estava na bola.

No segundo tempo o Real Madrid voltou determinado a fazer prevalecer o seu favoritismo no jogo. Aos cinco minutos Cristiano Ronaldo driblou dois defensores e soltou a bomba, que passou à direita de Marcelo Grohe. Dois minutos depois o goleiro gremista não teve a mesma sorte, e o craque português, em cobrança de falta, bateu certeiro para ver a bola passar no meio da barreira e morrer no fundo das redes adversárias.

A pressão do Real Madrid continuou mesmo com a vantagem merengue no placar. Aos 12 minutos Cristiano Ronaldo voltou a marcar, porém, Benzema, que ajeitou de cabeça para o português, estava impedido. Posteriormente foi a vez de Modric arriscar de fora da área e mandar na trave após a bola ainda resvalar nas mãos de Grohe.

Em desvantagem, Renato Gaúcho decidiu arriscar e sacar Ramiro, que foi substituído por Éverton. Com um volante a menos em campo, o Grêmio se jogou para o ataque e assim evitou que o Real Madrid continuasse marcando presença no setor ofensivo. Ainda assim, os espanhóis ainda tiveram oportunidades de matar o jogo com Cristiano Ronaldo, aos 36 minutos, que viu Marcelo Grohe fazer ótima defesa, e Bale que bateu de trivela aos 38, exigindo outra grande intervenção do goleiro gremista.

realmadridgremiomundialgettyimages
Lance entre Grêmio x Real Madrid
Foto: Getty Images

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 1 REAL MADRID

Local : Estádio Zayed Soccer City, em Abu Dhabi (EAU)

Data : 16 de dezembro de 2017, sábado

Horário : 15 horas (de Brasília)

Árbitro : César Ramos (México)

Assistentes : Marvin Torrentera (México) e Miguel Ángel Hernández (México)

Gols: Cristiano Ronaldo, aos sete minutos do 2ºT (Real Madrid)

Cartões amarelos: Casemiro (Real Madrid)

GRÊMIO : Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel (Maicon), Jailson, Ramiro (Éverton), Luan e Fernandinho; Barrios (Jael).

Técnico : Renato Portaluppi

REAL MADRID : Navas; Carvajal, Varane, Sergio Ramos e Marcelo; Casemiro, Modric, Kroos e Isco (Lucas Vázquez); Cristiano Ronaldo e Benzema (Bale).

Técnico : Zinedine Zidane

 

 

Gazeta Esportiva