Enem: mais de 2,5 milhões de candidatos já pediram isenção da taxa de inscrição

enem-1097601

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) registrou, até a manhã de hoje (11), 2,575 milhões de pedidos de isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O benefício pode ser solicitado até o próximo domingo (15), na página do Enem 2018.

Neste ano, pela primeira vez o pedido de isenção da taxa de inscrição será feito antes do período de inscrição. O resultado da solicitação será divulgado no dia 23 de abril, e os candidatos que tiverem o pedido negado terão até o dia 29 de abril para apresentar recurso da decisão. A expectativa do Inep é de que cerca de 4 milhões de pessoas peçam o benefício neste ano.

Os candidatos que tiveram a isenção concedida no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para obter novamente a gratuidade. Todos os interessados em fazer o Enem 2018, isentos ou não, também deverão fazer a inscrição, entre os dias 7 e 18 de maio.

Quem pode pedir isenção

Serão isentos os estudantes que estejam cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública, ou que tenha feito todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

Também tem isenção o participante que declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Neste ano, também são isentos os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) de 2017 que tenham atingido a nota mínima nas provas.
Da Agência Brasil

 

Confira os jogos do fim de semana pelo Campeonato Brasileiro 2018

Da Redação

Sábado, 14 de Abril de 2018

BRASILEIRO – SÉRIE A
1ºRodada
16:00-CRUZEIRO – MG X GRÊMIO – RS-Mineirão – Belo Horizonte – MG
19:00-VITÓRIA – BA X FLAMENGO – RJ-Manoel Barradas – Salvador – BA
21:00-SANTOS – SP X CEARÁ – CE-Pacaembu – Sao Paulo – SP

Domingo, 15 de Abril de 2018

11:00-AMÉRICA – MG X SPORT – PE-Independência – Belo Horizonte – MG
16:00-INTERNACIONAL – RS X BAHIA – BA-Beira-Rio – Porto Alegre – RS
16:00-CORINTHIANS – SP X FLUMINENSE – RJ-Arena Corinthians – Sao Paulo – SP
16:00-VASCO DA GAMA – RJ X ATLÉTICO – MG-São Januário – Rio de Janeiro – RJ
19:00-ATLÉTICO – PR X CHAPECOENSE – SC-Arena da Baixada – Curitiba – PR

Segunda, 16 de Abril de 2018

20:00-SÃO PAULO – SP X PARANÁ – PR-Morumbi – Sao Paulo – SP
20:00-BOTAFOGO – RJ X PALMEIRAS – SP-Nilton Santos – Rio de Janeiro – RJ

Produção industrial cai em oito locais em fevereiro, diz IBGE

sede_suzano_celulose_mucuri_ba_03-850x56767443

Maiores recuos na produção industrial foram observados no Pará (10,9%), Amazonas (-5,9%) e Mato Grosso (-4,4%)Arquivo/Amanda Oliveira/GovBA

Oito dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no país tiveram queda na produção industrial de janeiro para fevereiro deste ano.

Segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional, divulgada hoje (11), no Rio de Janeiro, os maiores recuos foram observados no Pará (10,9%), Amazonas (-5,9%) e Mato Grosso (-4,4%).

Também houve queda na produção em Minas Gerais (-2,8%), Espírito Santo (-1,1%), Ceará (-0,7%), São Paulo (-0,5%) e Rio Grande do Sul (-0,1%). Goiás manteve o mesmo nível de produção nos dois meses.

Seis locais acusaram alta e mantiveram a produção industrial nacional com resultado positivo de 0,2% de janeiro para fevereiro. Houve avanço no Paraná (3,3%), na Região Nordeste (2,6%), em Pernambuco (1,3%), Rio de Janeiro (1,2%), Santa Catarina e Bahia (ambos com 0,9%).

A produção da Região Nordeste inclui as indústrias dos nove estados, inclusive da Bahia, Pernambuco e Ceará, que também são calculados separadamente.

Avanços e recuos

Na comparação com fevereiro do ano passado, a indústria cresceu em nove locais, com destaque para o Amazonas (16,2%), e caiu em seis. Os maiores recuos ocorreram em Minas (6,4%), e Espírito Santo (6,3%).

No acumulado de 2018, dez locais tiveram alta na produção industrial. Mais uma vez, o Amazonas teve o maior crescimento (24,5%). Cinco localidades anotaram desaceleração, com destaque para Espírito Santo (-7,8%).

Já no acumulado de 12 meses, avanços foram observados em 12 locais. O Pará teve a maior alta nesse tipo de comparação (9,9%). Dois locais caíram: Pernambuco (-1,8%) e Espírito Santo (-0,4%). A produção da Região Nordeste manteve-se estável.

 

 

Da Agência Brasil

Senado aprova proposta que permite saque do FGTS a quem pede demissão

saque_de_contas_inativas_do_fgts

O trabalhador que pedir demissão está mais perto de poder sacar integralmente o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Um projeto de lei do Senado com esse objetivo, o PLS 392/2016, foi aprovado nesta quarta-feira (11) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Casa.

Como o projeto foi apreciado em caráter terminativo, caso não haja apresentação de recurso para análise do tema no plenário da Casa, o texto seguirá diretamente para apreciação na Câmara dos Deputados.

Atualmente, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) já prevê o resgate de 80% do FGTS em casos de demissão por acordo entre patrão e empregado.

Para o relator da máteria na CAS, senador Paulo Paim (PT-RS), este é maispasso a mais rumo à “correção de uma distorção histórica” na legislação que trata do FGTS, que buscava restringir o acesso a esses recursos que são do trabalhador.

 

 

Da Agência Brasil