Copa do Mundo Após quatro anos, Brasil e Chile se reencontram nas oitavas de final

Assim como em 1998 e 2010, a seleção brasileira tenta passar pelo time chileno nas oitavas (Foto: Divulgação AFP)

610x248_2014-06-28_52b13d9e35

Depois de garantir a primeira colocação no Grupo A, o Brasil encara o velho conhecido Chile, neste sábado (28), às 13h, no Mineirão, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa do Mundo 2014. A seleção chilena se classificou na segunda colocação do Grupo B, com seis pontos somados. Além das partidas disputadas em 1998 e 2010, as duas seleções se enfrentaram na semifinal da Copa de 1962, quando o Brasil conquistou uma vitória por 4 a 2.

Diante do Chile, o técnico Luiz Felipe Scolari deverá fazer mudanças em relação à equipe que atuou contra Camarões. Fernandinho, que entrou no segundo tempo no lugar de Paulinho, teve uma boa atuação e deve ganhar espaço na equipe titular. Outro que pode aparecer no time principal é o lateral-direito Maicon, que ainda não entrou em campo nesta Copa.

Para Luiz Gustavo, a entrada de Fernandinho ou a permanência de Paulinho não alterará a sua função no meio-campo. “Não muda para mim. O Felipão já deixou claro que eu tenho que dar liberdade para o segundo volante. Não vou inventar de sair porque vai sobrar para mim. Entre os dois, tem semelhanças, não tem alguma característica que eu possa falar. O professor vai decidir, quem ganha é o grupo”, afirmou.

Eliminado pelo Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2010, o volante Chileno Arturo Vidal considera a partida uma revanche para sua seleção. “Será uma revanche por tudo que aconteceu recentemente. E pela primeira vez não teremos a maioria da torcida a nosso favor. Vai ser difícil, o Brasil é muito complicado, um time que luta pelo campeonato, mas vamos dar o máximo. Eles são os favoritos para ganhar o Mundial. O Brasil é uma seleção forte. Jogar no seu país é uma grande vantagem, mas estamos preparados”, disse.

Para a partida, o técnico Jorge Sampaoli contará com o retorno de Vidal e com isso terá todos os jogadores a disposição. A equipe que inicia o confronto deve ter a mesma base dos últimos confrontos.

Ficha Técnica

Brasil: Júlio César; Daniel Alves (Maicon), David Luiz, Thiago Silva e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho (Paulinho) e Oscar; Hulk, Fred e Neymar.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Chile: Bravo; Isla, Jara, Medel e Mena; Silva, Diaz, Vidal e Aranguiz; Sanchez e Vargas.
Técnico: Jorge Sampaoli.

Árbitro: Howard Webb (ING);
Assistentes: Michael Mullarkey (ING) e Darren Cann (ING);
Quarto árbitro: Felix Brych (ALE);
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).
Data: sábado (28), às 13h.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

t_119306_neymar-erra-tentativa-de-fazer-gol-de-bicicleta

Neymar erra tentativa de fazer gol de bicicleta até em rachão e sofre com piadas dos colegas na Seleção
Fonte: FPF