Sesc Belenzinho recebe o projeto Co _Operar com Mix de Tecnologias Audiovisuais

Sesc Belenzinho recebe o projeto Co _Operar com Mix de Tecnologias Audiovisuais

SESC BELENZINHO RECEBE O PROJETO CO_OPERAR COM MIX DE TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS

Da Redação: Performances audiovisuais e workshops colaboram para a formação do público e de novos artistas

image004

De Agosto a Setembro o Sesc Belenzinho apresenta o projeto co_operar, que reúne três performances audiovisuais criadas com um mix de tecnologias de edição de áudio, vídeo e iluminação em tempo real, um espaço laboratorial para discussão de processos de criação artística, e oficinas para o público jovem. O projeto, concebido pela Cult Robot Gestão e Produção Cultural em parceria com a equipe do Sesc Belenzinho, tem curadoria de Marcelo Bressanin e de Pedro Ricco Noce.

“A edição ao vivo é umas das características comuns dessas três propostas”, conta um dos curadores do projeto, Marcelo Bressanin. “Mas o principal fio condutor das obras é a construção artística a partir da manipulação de equipamentos – como eletrodomésticos, câmeras de segurança, equipamentos cênicos e computadores – de forma não usual e criativa.”

Na performance audiovisual Mecânima, criada por DUO b e Fernando Velásquez, amostras sonoras captadas de eletrodomésticos são editadas em tempo real enquanto câmeras de segurança geram imagens também editadas e exibidas ao vivo.

Em Cinza, de Mirella Brandi e Muep Etmo, imagens de luz são projetadas em volumes variados de névoas e fumaças, e não em objetos sólidos, para distorcer a noção de tempo e espaço. O áudio é editado ao vivo para provocar reações físicas em maior ou menor grau no espectador.

Com o objetivo de despersonalizar e repersonalizar a noção de computador pessoal, a instalação Lap Top Coral, de Giuliano Obici, utiliza laptops em uma rede local (LAN) e apresenta um coro simulado de máquinas.

Em paralelo à exibição das performances audiovisuais do projeto co_operar, serão desenvolvidas atividades gratuitas para introdução e aprimoramento aos processos artísticos empregados nas performances.

“A co_operar é uma oportunidade de discussão sobre criatividade e tecnologia para a formação de artistas. A ideia é dialogar com estudantes de artes diversas, como dança e música, e com interessados na utilização de tecnologias na criação artística.”

As oficinas foram divididas em dois grupos: co_opera_lab, para quem já tem familiaridade com ferramentas de edição, vídeo e iluminação, e co_opera_livre, com aulas em um formato mais simples e de caráter introdutório. As inscrições podem sem feitas no dia 05 de Agosto a partir das 14h no térreo.

 Programação | Oficinas

co_opera_lab

 Introdução ao home estúdio | Muep Etmo

Demonstração de diversas maneiras de criar um estúdio caseiro de forma fácil, acessível e individualizada. Para iniciantes ou músicos profissionais que queiram discutir, rever ou ampliar suas possibilidades de produção.

Duração: 4 encontros.

Internet Livre. 15 vagas.

De 05/08 a 08/08. Terça a sexta, das 19h às 21h.

• Live multimídia | Giuliano Obici

A oficina apresentará princípios de manipulação de áudio e vídeo e de síntese de som e imagem em tempo real, bem como formas de interação em rede. Duração: 3 encontros.

Internet Livre. 15 vagas.

12/08 e 14/08. Terça e quinta, das 13h às 15h30. 19/08. Terça, das 13h às 18h30.

 • Captura e edição de vídeo em tempo real | Fernando Velázquez

A oficina apresenta técnicas de captura e edição de vídeo em tempo real. Usando câmeras de segurança, serão discutidas formas para a criação de loops de vídeo utilizados numa composição audiovisual coletiva. Duração: 4 encontros.

Internet Livre. 15 vagas.

De 12/08 a 15/08. Terça a sexta, das 15h30 às 18h30.

• Iluminação cênica em novas finalidades narrativas | Mirella Brandi

A oficina aborda as técnicas de luz cênica para pesquisa de processos narrativos subjetivos sem o uso da palavra. Internet Livre. 15 vagas. Duração: 4 encontros.

13, 15, 27 e 29/08. Quartas e sextas, das 19h00 às 21h00.

 • Introdução ao Pure Data

Giuliano Obici. Conheça o PD (pure data), uma linguagem de programação que pode ser utilizada na criação de projetos artísticos utilizando áudio, vídeo e outras linguagens.

16 vagas. Não recomendado para menores de 14 anos.

7/8, das 13 às 15h, e 8/8, das 13 às 18h.

Programação | Performances

 Mecânima | DUO b e Fernando Velázquez

Mecânima é uma performance que aborda o universo da música eletrônica de pista a partir da manipulação sonora e visual de objetos de uso cotidiano manipulados ao vivo. Os artistas criam, por meio de recursos digitais e analógicos, uma composição evolutiva em camadas. Sala de Espetáculos 2. 80 lugares. Duração: 30 minutos.

19/08/2014. Terça, às 20h30.

  Laptop coral | Giuliano Obici

Laptop coralé uma performance audiovisual que utiliza o computador pessoal como simulacro, capaz de executar ao mesmo tempo funções de performer e de instrumento-multimídia. O efeito é um tipo de “performatização midiática”, um simulacro coral. Sala de Espetáculos 2. 80 lugares. Duração: 30 minutos.

20/08/2014. Quarta, às 20h30.

• Cinza | Mirella Brandi e Muep Etmo

Cinza é uma performance que explora caminhos audiovisuais de imersão narrativa, apropriando-se das instalações imersivas nas artes visuais, da arte sonora, das técnicas de artes cênicas e do cinema expandido para recriar e transportar o espectador por outros caminhos perceptivos. Sala de Espetáculos 2. 80 lugares. Duração: 30 minutos.

21/08/2014. Quinta, às 20h30.

Performances sonoras

 DUO b

O workshop explora técnicas para captação e edição digital de áudio a partir de equipamentos cotidianos para a criação de peças sonoras performáticas.

Duração: 3 encontros. Internet Livre. 15 vagas.

20 e 22/08, quarta e sexta, das 15h30 às 18h30. E excepcionalmente dia 21/8, quinta, das 13h, às 18h30.

 co_opera_livre

Setembro

  Introdução ao Arduíno | Luciana Ohira e Sérgio Bonilha

Saiba como utilizar o Arduíno, uma plataforma de prototipagem e de programação open source que pode ser empregada em projetos interativos. 16 vagas.

Não recomendado para menores de 16 anos.

03 a 12/9. Quartas e sextas, das 19h às 21h.

• Edição de vídeo: TV remix retro | Francisco Arlindo Alves

A oficina propõe a criação de remixes de arquivos em vídeo da TV brasileira dos anos 60 e 70 com músicas e sons encontrados em plataformas online para livre utilização. Serão utilizados recursos básicos de edição por meio do software livre Kdenlive, com o objetivo de explorar novas interpretações através da recontextualização e recombinação.

16 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos.

09 a 18/9. Terças e quintas, das 15h30 às 17h30.

• Linguagem sonora | Ines Nin

Oficina introdutória que abordará os elementos da linguagem sonora – ruído, voz, silêncio e música e sua utilização na construção de paisagens sonoras, que aliam som e imagem. 16 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos.

09 a 18/9. Terças e quintas, das 19h às 21h.

 • Introdução ao vídeo digital | Joel Melo

A oficina abordará técnicas, conceitos e ferramentas para criação e edição de vídeo e, também, noções básicas de sonorização para construção de um projeto audiovisual.

16 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos.

10/09 a 26/9. Quartas e sextas, das 13h às 15h.

• Arduíno e sensores | Luciana Ohira e Sérgio Bonilha

Saiba como utilizar os recursos de prototipagem do Arduíno combinados a sensores que coletam dados externos, como temperatura, luminosidade e outros, para disparar comandos de programação. 16 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos.

De 10/09 a 16/9. Quartas e sextas, das 16h às 18h.

• Técnicas de animação | Vanessa Pereira

Apresentação de técnicas de animação como o stop motion, pixelation, morphing, estereoscopia, entre outras. Durante os encontros o participante poderá vivenciar a criação de animações em 2D e 3D por meio da utilização de diferentes softwares livres. 16 vagas. Não recomendado para menores de 14 anos.

10/9 a 3/10, quartas e sextas, das 10h às 12h. *no dia 01/10 (quarta) não haverá atividade

• Arduíno, Sensores e Pure Data | Jean Habib

Entenda as possibilidades de uso combinado da placa Arduíno, de sensores diversos e da plataforma de programação Pure Data para a criação de projetos artísticos. 16 vagas.

Não recomendado para menores de 16 anos.

17/09 a 26/9. Quartas e sextas, das 19h às 21h.

SOBRE OS ARTISTAS:

 DUO b

DUO b é um projeto de experimentação interdisciplinar criado em 2013 por Marcelo Bressanin e Pedro Ricco, ambos integrantes da banda Duofonic.  O primeiro trabalho da dupla, a performance “Mecânima”, desenvolvida em parceria com o artista Fernando Velázquez, estreou na 6 Mostra Live Cinema, no Oi Futuro Ipanema, em dezembro de 2013, sendo apresentado no Sesc Ipiranga em abril de 2014.

 Fernando Velázquez

Artista multimídia, suas obras incluem vídeos, instalações, objetos e performances audiovisuais. Doutorando em Comunicação e semiótica pela PUC-SP, expõe no Brasil e no exterior com destaque para a Bienal do Mercosul e a Bienal de Tessalônica em 2009. Obteve diversos prêmios como o Premio Sergio Motta de Arte e Tecnologia em 2009 (Brasil) e 2008 Culturas (Madrid, Spain). Ministra cursos e workshops em arte tecnologia e audiovisual em universidades e instituições públicas e privadas.

Giuliano Obici

Artista com ênfase na experimentação sonora. Realizou estudos diversos em música e artes sonoras na TU-Berlim e Escola de Comunicação e Artes USP estudou semiótica e psicologia pela PUC-SP e UEM. Recebeu bolsa do Deutsche Akademische Austauschdienst (DAAD), publicou o livro “Condição da Escuta: mídias e territórios sonoros” pela editora 7Letras. Lecionou na Escola de Artes da Universidade Anhembi Morumbi. Ministrou vários cursos em arte digital abordando temas como instalações audiovisuais interativas, luteria digital, experimentação sonora focando o uso de software e hardware livre. Forma com Alexandre Fenerich o duo N-1. Teve projetos aceitos em residências na Suécia e Portugal. Ministrou cursos e palestras sobre seu trabalho na London University of the Arts, Univesität der Kunst e Technische Universität em Berlim, Ultima Academy (Oslo) convidado para apresentar performances no Relevante Musik (Berlim 2013), Next Generation (ZKM Karlshue 2013), 319 Scholes (NY 2012), Wien Modern / E_may (Viena 2012).

Mirella Brandi e Muep Etmo

Mirella Brandi & Muepetmo são artistas audiovisuais que estão em busca da criação de experiências específicas, ampliadas e intensificadas pelo universo audiovisual, subvertendo o uso convencional de equipamentos de áudio e luz. Desde 2006, a dupla pesquisa e cria projetos experimentais. Já participaram de diversos festivais no Brasil, Canadá, Estados Unidos e Espanha. Também receberam os prêmios “http Sergio Motta Art and Technology” (2009); Rumos Dance (2006); Rumos Music (2010/2012) and Rumos Cinema and Video 2012/2014, todos do Itaú Cultural.

IMAGEM-BAIXA

 PROJETO CO_OPERAR

05 de agosto a 26 de setembro

https://www.facebook.com/cooperaragenda

Sesc Belenzinho

Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.

Belenzinho – São Paulo (SP)

Telefone: (11) 2076-9700

www.sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento

R$ 6,00 (não matriculado);

R$ 3,00 (matriculado no SESC – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo /usuário).