Reprovação a Dilma quase bate marca de Collor

Presidente alcança taxa de reprovação de 62%, segundo Datafolha. Collor teve 68% antes do impeachment

 5018dilma-triste-reuters

A reprovação da presidente subiu 18 pontos desde fevereiro / Reuters

O governo da presidente Dilma Rousseff (PT) conseguiu alcançar a pior marca de reprovação desde o mandato de Fernando Collor de Mello, em 1992. De acordo com pesquisa realizada pelo Datafolha, a petista está com taxa de reprovação em 62% no terceiro mês de seu segundo mandato. Collor teve 68% de reprovação às vésperas de seu impeachment. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a pesquisa, feita com 2.842 eleitores logo após as manifestações de domingo, a reprovação da presidente subiu 18 pontos desde fevereiro e, pela primeira vez, atingiu a maioria da população.

A taxa de aprovação do governo também caiu, ficando em 13%, a menor desde que Dilma assumiu a presidência do país. A menor taxa de aprovação de Lula foi de 28%, quando houve a cassação de José Dirceu (PT-SP), em dezembro de 2005.

 

Do: Diário SP Online