Mulher e suspeito de matar o marido tinham caso

Também em depoimento, a viúva negou extorquir o zelador e afirmou que não está grávida

 8141pm-viaturas

O caso está sendo investigado pelo 23º Distrito Policial / Divulgação

Kátia Gonçalvez de Queiroz, de 28 anos, confirmou à polícia nesta terça-feira (14), que tinha caso com o zelador Francisco da Costa Silva, de 31 anos, suspeito de matar o motoboy Júlio César Galvão, de 26 anos, após discussão em um condomínio na última quinta (9), em Perdizes, Zona Oeste de São Paulo.

Um dia após o crime, o zelador se entregou e, durante depoimento, confessou que ele e Kátia se relacionavam desde janeiro deste ano. O acusado ainda informou que o casal o extorquia.

Entretanto, também em depoimento, a viúva negou extorquir o zelador e afirmou que não está grávida. Imagens de câmeras de segurança mostram Silva atrás da vítima durante briga.

O motoboy foi socorrido e encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi registrado no 23º Distrito Policial.

Do: Diário SP Online