Corinthians goleia São Paulo e festeja o hexa Campeonato Brasileiro com Arena lotada

Da Redação: Mais de 45 mil torcedores foram ao bairro de Itaquera e viram a goleada e a entrega dos prêmios

A festa do torcedor do Corinthians foi completa na tarde deste domingo (22), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. No jogo em que recebeu a taça de campeão brasileiro, o elenco de Tite goleou o São Paulo por 6 a 1, com time misto em campo e show de Romero. Este foi o primeiro título do clube alvinegro dentro da Arena Itaquera.

Com o placar, o Corinthians chegou aos 80 pontos e se igualou ao Cruzeiro de 2014 como o maior pontuador na ‘Era dos pontos corridos’. Campeão brasileiro com três jogos de antecedência, o elenco de Tite assumiu a liderança do campeonato na 18ª rodada. Já o São Paulo ficou com os mesmos 56 pontos e perderá a vaga no G4 caso o Santos vença o Coritiba, duelo que acontece tambem neste domingo.

Na primeira grande chance, Lucca cruzou a bola pelo lado esquerdo e Bruno Henrique desviou de cabeça. Bem posicionado, Dênis espalma para linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Felipe subiu mais que todo mundo, testou no canto direito e mais uma vez o goleiro espalmou, mas desta vez Bruno Henrique não falhou e empurrou para o fundo das redes. Gol aos 26 minutos.

Dois minutos depois, logo depois da saída de bola, Romero recebeu um lindo lançamento pelo lado direito e tentou o arremate de primeira, mas Dênis mais uma vez jogou para escanteio. Numa repetição do primeiro lance, o próprio Romero venceu a marcação, cabeceou firme e venceu o goleiro tricolor.

O placar inflamou a torcida, que passou a gritar ‘olé’ com apenas 30 minutos. Em um lance isolado no lado esquerdo do ataque são-paulino, Thiago Mendes se desentendeu com o lateral Fágner, após uma disputa de bola, e os jogadores trocaram empurrões em campo. Tentando controlar a situação, o árbitro destribuiu cartões amarelos.

Já nos acréscimos, no último lance do primeiro tempo, Danilo cruzou pelo lado esquerdo do ataque e Edu Dracena mais uma vez ganha da defesa no alto. Desta vez Dênis foi mal na bola e espalmou para o meio da grande área. Ainda deitado, o próprio zagueiro emendou para o fundo das redes, decretando a goleada parcial.

Tentando mudar o panorama da partida, o interino Milton Cruz colocou Luis Fabiano e Reinaldo em campo, mas nada mudou no São Paulo. Em mais uma falha da defesa, Lucca recebeu um lindo passe de Danilo na grande área e, sem marcação, bateu na saída do goleiro Dênis, aos 14 minutos.

No êxtase da torcida corintiana, Fágner lançou Romero nas costas da zaga adversária três minutos depois. Hudson deu condição ao lance e ainda correu para a grande área procurando fazer o corte, no entanto empurrou para o fundo das próprias redes.

E a festa programada ganhou a cereja do bolo durante todo o segundo tempo. Carlinhos até descontou o placar aos 24 minutos, mas pouco tempo depois Romero foi derrubado por Reinaldo na grande área e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, o volante Cristian vazou pela sexta vez a meta sãopaulina, aos 30 minutos.

Ainda antes do apito final, Edu Dracena acertou Carlinhos também dentro da área e o árbitro Péricles Bassols marcou outra penalidade. A esta altura, a torcida do São Paulo já deixava a Arena Itaquera e não viu Alan Kardec bater fraco e rasteiro, para mais uma defesa de Cássio.

Precisando de apenas um empate para quebrar o recorde como maior pontuador da era dos pontos corridos, o Corinthians viaja até Recife no próximo domingo, às 17 horas, contra o Sport na Arena Pernambuco. Na última rodada, o campeão enfrenta o Avaí novamente na Arena São Paulo. Já o São Paulo terá pela frente o Figueirense no Morumbi, às 17 horas do próximo sábado, e fecha contra o Goiás no Serra Dourada, em Goiânia.

Ao final do jogo houve a premiação, com a entrega de medalhas e o troféu de campeão.

Ficha Técnica

Corinthians 6×1 São Paulo

Corinthians: Cássio; Fágner, Felipe, Edu Dracena e Uendel (Yago); Ralf, Bruno Henrique, Rodriguinho (Cristian) e Danilo (Lincom); Lucca e Ángel Romero.
Técnico: Tite

São Paulo: Dênis; Bruno (Reinaldo), Rodrigo Caio, Lucão e Carlinhos; Hudson, Thiago Mendes, Wesley (Edson Silva), Michel Bascos e Rogério (Luis Fabiano); Alan Kardec.
Técnico: Milton Cruz

Gols: Bruno Henrique, aos 26, Romero, aos 28, e Edu Dracena, aos 45 minutos do primeiro tempo. Lucca, aos 14, Romero, aos 18, Cristian, aos 30 minutos do segundo tempo (Corinthians). Carlinhos, aos 24 do segundo tempo (São Paulo).

Cartões amarelos: Fágner e Edílson (Corinthians); Bruno e Thiago Mendes (São Paulo)

Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Quarto árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Local: Arena Itaquera, em São Paulo (SP).
Data: Domingo (22), às 17 horas.

Fonte: FPF

Fotos:Agência Corinthians

Veja Mais fotos Corinthians é hexacampeão Brasileiro

()  SPO ()  SPO ()  SPO