Na terceira final consecutiva, Corinthians iguala feito de rival e Loss faz história

Da Redação: Antes, apenas o São Paulo havia estado em três finais seguidas, mas com treinadores diferentes Victória Leite , Na Arena Corinthians, especial para o site da FPF

Oss-osmar_loss

Osmar Loss leva o Corinthians à terceira decisão e busca bicampeonato pessoal

O Corinthians está pela terceira vez consecutiva na decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O time do Parque São Jorge venceu o Cruzeiro de virada por 2 a 1 na Arena Corinthians na noite desta sexta-feira, 22. Em comum nas campanhas de 2014 (vice-campeão) e 2015 (campeão) o comando do técnico Osmar Loss, que leva o alvinegro a igualar a marca conquistada pelo rival São Paulo na década de 1990.

Para atingir tal feito histórico, o técnico garante que nada mudou em seu esquema de treinamento e que fica muito satisfeito ao destacar que foram três equipes muito distintas que provaram o sucesso de seu planejamento. “Acredito na minha filosofia de jogo. Sou um treinador que gosta muito dos movimentos de transição no campo, e isso não mudou. Fico satisfeito porque são três equipes muito distintas, principalmente desta temporada, temos vários jogadores recentes e que mostraram que nosso planejamento está sendo muito bem feito”, disse.

Antes do Corinthians de Osmar Loss, apenas o São Paulo em 1992, 1993 e 1994, havia conquistado tal feito. O time do Morumbi, no entanto, foi treinado por Oscar Bernardi, Márcio Araújo e Muricy Ramalho, respectivamente.

Ao final da partida, Loss ressaltou a dificuldade em enfrentar o Cruzeiro e a qualidade técnica da Copa São Paulo. “Foi uma vitória bastante difícil, acho que o Cruzeiro e o Corinthians mostraram posturas e comportamentos que não enxergamos em times profissionais. É bom para mudar a maneira como costumávamos enxergar as competições de base e começar a tratá-las com mais respeito. Foram 27 mil pessoas asssitindo ao jogo e acho que isso mostra a qualidade da competição”, finalizou o treinador vitorioso.

 

 Com informações de Victória Leite , Na Arena Corinthians, especial para o site da FPF