Veja as atrações dos equipamentos culturais no feriado prolongado

Secretaria da Cultura oferece uma programação variada na capital paulista

Para quem quer desfrutar das principais atrações da cidade no feriado prolongado de Tiradentes, a Secretaria de Estado da Cultura oferece uma programação variada na capital paulista.

Entre os destaques está a exposição de João Turin (1878-1949) na Pinacoteca de São Paulo, com obras do escultor, criador e principal representante do Paranismo, movimento estético que surgiu em Curitiba na década de 1920, centrado na valorização do indígena, da fauna e flora regionais. Cerca de 100 peças estão expostas, entre elas a escultura de Tiradentes, esculpida na Europa.  O público também poderá ver de perto as obras animalistas de Turin, tais como “Luar do Sertão”, que representa uma onça esculpida em dimensões quase reais. No sábado, a entrada é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia).

No clima dos jogos olímpicos, o Museu do Futebol está com a programação ‘Experimentando Diferenças’, que oferece uma experiência única com o propósito de sensibilizar o público sobre as conquistas e o valor do atleta brasileiro de esportes adaptados. O visitante poderá jogar futebol com os olhos vendados, participar do basquete e corrida em cadeira de rodas e da simulação virtual de ciclismo a partir de uma bicicleta adaptada (handbike). Os equipamentos utilizados na atividade são semelhantes aos usados por atletas profissionais nas competições internacionais. No sábado, a entrada no Museu do Futebol é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$9,00 (inteira) e R$4,50 (meia).

No Catavento Cultural, o público pode conferir a exposição interativa “Ciência para uma Vida Melhor”, que chega ao Brasil para comemorar os 120 anos da empresa Bayer no país. A mostra conta com 21 estandes interativos, onde o visitante irá conhecer diversas inovações da ciência nas últimas décadas. Destaque para os seis microscópios que mostram superfícies distintas, tais como um coágulo, a cabeça de um ácaro e a superfície de um útero. O público também poderá entender melhor as funções do coração, bombeando sangue com suas próprias mãos e conhecendo as doenças cardíacas e os avanços da medicina nessa área. No sábado, a entrada no Museu Catavento é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia).

A Casa Guilherme de Almeida está com exposição “Cinema Em Revista” em cartaz, que traz a coleção de revistas sobre cinema reunidas por Guilherme entre as décadas de 1920 e 1940, época que coincide com sua atuação à frente da coluna “Cinematographos”, no jornal O Estado de S. Paulo. O ingresso é gratuito todos os dias, de terça a domingo, das 10h às 18h.

O Museu da Casa Brasileira também é opção para o feriado prolongado, com duas mostras temporárias. Design holandês hoje: objetos que indicam a casa de amanhã, conta com curadoria de Jorn Konijn (Holanda) que reúne peças de uso cotidiano através de um recorte da produção holandesa atual, com produtos que trazem as soluções dos designers do país aos desafios apontados pelas novas configurações de morar. Já a mostra Marginais Heróis, concebida pelo artista gráfico e designer Rico Lins, tem como mote a frase “Seja Marginal, Seja Herói”, tributo à obra “Bandeira-Poema” do artista plástico Hélio Oiticica. A exposição propõe investigar as linguagens visuais, o uso de tecnologias híbridas e as ações de preservação do patrimônio gráfico brasileiro. No sábado e no feriado, a entrada no Museu da Casa Brasileira é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$7,00 (inteira) e R$3,50 (meia).

mis_event_im_grande

Quem ainda não viu, poderá conferir a exposição “O Mundo de Tim Burton” no MIS – Museu da Imagem e do Som, que reúne cerca de quinhentos itens, entre eles obras de arte e esboços, pinturas, storyboards e bonecos da vasta filmografia de Burton, que inclui Edward mãos de tesoura, O estranho mundo de Jack, Batman, Marte Ataca!, Ed Wood, Os fantasmas se divertem, entre outros. Projetos não realizados e pouco conhecidos que revelam seu talento como artista, ilustrador, fotógrafo e escritor também estão na mostra. Aos domingos, o ingresso é vendido diretamente na bilheteria do museu e custa R$12,00 (inteira) e R$6,00 (meia). Mais informações no site do MIS.

Já o Museu de Arte Sacra, está com a exposição Mestres Santeiros Paulistas do Século XVII na Coleção Santa Gertrudes, composta por 54 imagens da coleção de Ladi Biezus. No sábado, a entrada do Museu da Arte Sacra é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia).

O Museu da Imigração traz ao público a mostra “Do retalho à trama: costurando memórias migrantes”, exibindo a produção de arpilleras de dois grupos de mulheres migrantes, de diferentes idades e origens, que utilizam essa técnica de costura e bordado para representar suas experiências de deslocamento. No sábado, a entrada do Museu da Imigração é gratuita; nos outros dias, o ingresso custa R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia).

Para celebrar os 7 anos do Memorial da Resistência, o espaço traz a exposição temporária “Memorial da Resistência de São Paulo: conquistas e desafios”, que tem o objetivo de compartilhar as ações museológicas realizadas desde o processo de implantação do espaço até se tornar um memorial. A entrada é gratuita todos os dias e o Memorial funciona de terça-feira a domingo.

Para quem gosta de música, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP) apresenta os concertos da Temporada 2016 durante o feriado e fim de semana. Na quinta-feira e sexta-feira, dias 21 e 22, às 21h, e no sábado, 23, às 16h30, sob regência de Marin Alsop e o pianista Paul Lewis, o corpo artístico apresenta Concerto nº 12 para piano em Lá maior, KV 414, de A Flauta Mágica, KV 620: Abertura, de Wolfgang A. Mozart e Sinfonia nº7 em dó sustenido menor, Op. 131, de Sergei Prokofiev.  Os ingressos variam entre R$42 e R$194 reais e estão disponíveis pelo site www.ingressorapido.com.br ou na bilheteria da Sala São Paulo.

Na Biblioteca de São Paulo, os destaques são as exibições de filmes pelo Pontos MIS, com início às 10h. Na sessão para adultos, serão apresentados o curta A Revolta dos Carnudos (15 min.), com direção de Eliana Fonseca e Saneamento Básico, o Filme (112 min.), com direção de Jorge Furtado, ambos com classificação etária 14 anos. Às 16h, tem apresentação do espetáculo Dom Quixote – O Cavaleiro Sonhador, com o núcleo de teatro e animação “Com Trecos e Cacarecos”. No dia 22, sexta-feira, tem Hora do Conto, às 15h, com Dom Quixote das Crianças, de Monteiro Lobato e, às 16h30, Leitura ao Pé do Ouvido, com Jane Eyre, de Charlotte Bronte. A Hora do Conto continua no sábado (23) e domingo (24), às 16h, com O Príncipe Hamlet, de William Shakespeare e João Boboca, conto da tradição popular, que será bilíngue (em libras e em português), com a Cia. Ruído Rosa. Ainda no sábado, às 11h e às 15h e no domingo, às 11h30, tem Bebelê para crianças entre 6 meses e 4 anos. Todas as atividades da Biblioteca são gratuitas.

A Biblioteca Parque Villa-Lobos também terá sessões do Pontos MIS para o público infantil, a partir das 10h30. Será exibido Garoto Barba, com direção de Christopher Faust (14 min.) e Corda Bamba, com direção de Eduardo Goldenstein (80 min.). Às 16h, em homenagem aos 400 anos da morte de William Shakespeare, a Cia. Canta Circo & Teatro apresenta o espetáculo Shakespirando, com trechos e referências de Hamlet, O Mercador de Veneza, Romeu e Julieta e Henrique V. Na sexta, às 15h, tem Hora do Conto com Rei Lear, de William Shakespeare. No sábado e domingo, 23 e 24, às 16h, a atividade será sobre A Megera Domada, também de Shakespeare e O Compadre da Morte, de Ricardo Azevedo, com narração em Libras e interpretação para o português, com o Grupo Mãos de Fada. Ainda no fim de semana – sábado e domingo – tem Bebelê a partir das 10h30. Todas as atividades são gratuitas.

As Fábricas de Cultura da Brasilândia e do Jaçanã terão programação nas bibliotecas no dia 21, às 15h. Na Brasilândia, crianças e jovens poderão fazer parte de uma roda de conversa com a contação de histórias pessoais da vida dos participantes. Já no Jaçanã, a imaginação vira protagonista na oficina de Fanfics, narrativas ficcionais escritas por fãs de filmes, séries, quadrinhos, entre outros. Na mesma unidade, no dia 22, o projeto “Histórias Para Criar” mostra o processo criativo de um escritor, em uma oficina especial às 15h. Por fim, no dia 23, na Fábrica do Capão Redondo, às 19h, a Cia Sansacroma apresenta o espetáculo Rebanho Nº 6, uma demonstração do processo criativo de solos dos seis interpretes da Companhia.

As informações da programação são da Secretaria de Estado da Cultura.

Museu da Imagem e do Som (MIS-SP)
Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo
Telefone (11) 2117 4777 – www.mis-sp.org.br
Horários de funcionamento geral: terças a sábados, das 12h às 21h; domingos e feriados, das 11h às 20h

Casa Guilherme de Almeida
Endereço: Rua Macapá, 187, Pacaembu , São Paulo – SP
(11) 3673-1883 / 3672-1391 - www.casaguilhermedealmeida.org.br
De terça a domingo, das 10h às 18h

Museu da Casa Brasileira
Endereço: Av. Brig. Faria Lima, 2705 – Jd. Paulistano, São Paulo – SP
Telefone (11) 3026.3913 –  www.mcb.org.br
De terça a domingo, das 10h às 18h

Catavento Cultural e Educacional
Endereço: Palácio das Indústrias – Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP. Telefone 11 3315-0051
De terça a sábado, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h)

Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676 – Luz , São Paulo – SP
Telefone (11) 3326.3336 – www.museuartesacra.org.br
De terça a domingo, das 9h às 17h

Museu do Futebol
Endereço: Praça Charles Miller, s/nº – Estádio Paulo Machado de Carvalho – Pacaembu – São Paulo-SP
Telefone (11) 3664-3848 - www.museudofutebol.org.br
Funcionamento: terça a sexta-feira, das 9h às 17h (Bilheteria até às 16h).
Sábados, domingos e feriados das 10h às 18h (bilheteria até às 17h)

Memorial da Resistência de São Paulo
Endereço: Largo General Osório, 66 – Luz – Auditório Vitae – 5º andar, São Paulo – SP
Telefone: (011) 3335-4990/ faleconosco@memorialdaresistenciasp.org.br
Aberto de quarta a segunda (fechado às terças), das 10 às 18h

Museu da Imigração
Endereço: Rua Visconde de Parnaíba, 1316, no bairro da Mooca, em São Paulo.
Telefone (11) 2692-1866 – www.museudaimigracao.org.br
O horário de funcionamento é de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos e feriados das 10h às 17h

Pinacoteca do Estado de São Paulo
Praça da Luz, 02 – Luz, São Paulo – SP
Telefone: (11) 3324-1000
Quarta a segunda das 10h às 17h30 (com permanência até às 18h)

OSESP
Endereço: Sala São Paulo – Praça Júlio Prestes, 16
Bilheteria: (11) 3223-3966
Ingresso Rápido: (11) 4003-1212 - www.ingressorapido.com.br
(Sala São Paulo: 1340 lugares | Sala do Coro: 150 lugares)
Recomendação etária: 7 anos
www.osesp.art.br

Biblioteca de São Paulo – Parque da Juventude
Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 2.630
Telefone: (11) 2089-0800
Estação Carandiru do Metrô – Linha Azul
Aberta de terça a domingo, das 9h30 às 18h30

Biblioteca Parque Villa-Lobos
Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001 ou Avenida Queiróz Filho, 1.205, Alto de Pinheiros.
Telefone: (11) 3024-2500.
De terça a domingo, das 9h30 às 18h30
* Local com acessibilidade para deficientes com estrutura de locomoção, informativas, de conteúdo, programação, tecnológica e a disponibilização de profissionais capacitados para inclusão de pessoas com deficiências aos espaços

Fábrica de Cultura Brasilândia
Endereço: Av. Inajar de Souza, 7001
Horário de funcionamento: De terça a sexta, das 9h às 20h
Telefone: (11) 3859-2300
Site: www.fabricasdecultura.org.br

Fábrica de Cultura Capão Redondo
Endereço: Rua Algard, 82
Horário de funcionamento: De terça a sexta, das 9h às 20h
Telefone: (11) 5822-5240
Site: www.fabricasdecultura.org.br

Fábrica de Cultura Jaçanã
Endereço: Rua Raimundo Eduardo da Silva, 138
Horário de funcionamento: De terça a sexta, das 9h às 17h
Telefone: (11) 2249-8010
Site: www.fabricasdecultura.org.br

 

Com informações do Portal do Governo do Estado de SP