Paulistão A2: Barretos quer usar inteligência para reverter vantagem do Santo André

Da Redação:Técnicos analisaram o confronto decisivo e ambos mostraram confiança na classificação para a final

vil-996089752

Vilson Tadei e Toninho Cecílio esperam decisão disputada neste sábado (30)(Fotos: Rodrigo Corsi/FPF)

Dois gols no primeiro jogo dão ao Santo André uma vantagem na semifinal do Paulistão A2 Itaipava. Contra o Barretos, como mandante do primeiro confronto, o time comandado por Toninho Cecílio venceu por 2 a 0 e joga pelo empate ou até derrota por um gol de diferença na segunda partida. As equipes entram em campo neste sábado (30), às 19h30, no estádio Fortaleza, em Barretos, e os treinadores deram suas opiniões sobre a decisão.

Jogar com calma
Para o técnico do Barretos, Vilson Tadei, sua equipe não pode se desesperar para reverter a vantagem, mas sim jogar com inteligência. “Não há o que mudar depois de quatro meses de trabalho. Talvez mudar a postura e atitude para esse jogo. Temos que concluir com mais decisão, conseguimos criar várias situações de gols e não convertê-las. Temos a necessidade de fazer o resultado, sem ser uma equipe afoita para reverter a situação”, analisou.

O comandante dos donos da casa acredita que o Santo André irá retrancar para evitar gols e manter a vantagem conquistada na partida de ida. “Sempre imaginamos uma coisa e outra acontece. Não sabemos o pensamento da outra equipe para saber o que ele vão fazer. Provavelmente o Santo André fique mais atrás, sem abdicar do ataque. Mas estamos preparados para todas as situações, trabalhamos a semana toda para isso. O importante é nosso time jogar bem e buscar o resultado”, afirmou.

Para a decisão, o Barretos terá dois importantes retornos. O lateral-direito William Cordeiro e o zagueiro João Victor, que estavam suspensos, voltam a estar a disposição do técnico Vilson Tadei. Com isso Lucas Mendes e William Mineiro juntam-se ao reservas e passam a ser opção no banco.

Em vantagem
Toninho Cecílio quer evitar que a vantagem de dois gols atrapalhe o Santo André e fala sobre esquecê-la. “Estamos com a proposta de esquecer essa vantagem. Precisamos nos lembrar dela apenas no final de jogo, porque ela não pode nos fazer abrir mão de jogar. Acho que é uma vantagem curta, estreita, e não podemos entrar pro jogo pensando nela. Vamos tentar agredir o adversário”, disse.

O treinador visitante exaltou a qualidade da equipe adversária. “Estamos preparados para o pior cenário possível. Vamos enfrentar um time jogando em casa, procurando o acesso, com toda a torcida a seu favor, com um treinador experiente, frente a uma equipe qualificada. Há muita dificuldade, o Santo André precisa entrar nessa partida sabendo administrar essa pressão, que vai existir sem duvidas, principalmente pela qualidade do Barretos”, opinou Toninho.

Para a decisão, o Santo André não poderá contar o lateral direito Adriano Apodi, que recebeu o terceiro cartão amarelo no primeiro jogo e cumprirá suspensão automática. Assim, Jean deve tapa o buraco no time de Toninho

30/04/2016 – 19h30
Barretos x Santo André

Paulistão A2 Itaipava, semifinal, jogo de volta

Prováveis
Escalações
Barretos:Junior Beliato,William Cordeiro,João Victor,Guilherme Garutti ,Cleidson
Diego Marzagão,Lídio,Ualisson Pikachu,Norton,Chuck,David Batista

Técnico
Vilson Tadei

 
Santo André: Zé Carlos,Jean,Samuel,Diogo,Paulo Vitor,Tiago Ulisses
Carlos Eduardo,Guilherme Garré ,Fernando,Antônio Flávio,
Agenor

Técnico
Toninho Cecílio

Arbitragem
Árbitro Principal: Raphael Claus
Árbitro Assistente 1: Anderson Jose de Moraes Coelho
Árbitro Assistente 2: Daniel Paulo Ziolli
Quarto Árbitro: Ilbert Estevam da Silva

Local
Estádio Fortaleza, em Barretos

 

Com informações da FPF