Timão vende Felipe por R$ 31 milhões ao Porto

O martelo, porém, será batido apenas no momento em que o zagueiro passar por exames médicos

O Corinthians aceitou uma oferta de R$ 31,5 milhões do Porto por 100% dos direitos econômicos do zagueiro Felipe. A transação ficou praticamente sacramentada na última terça-feira, após o presidente Roberto de Andrade se reunir com Felipe no CT do Parque Ecológico.

fell-felipecor

Daniel Augusto/Ag.Corinthians

O martelo será batido assim que o zagueiro passar por exames médicos e o Porto efetuar o pagamento do sinal combinado entre os clubes.

Felipe seguirá no Corinthians até a abertura da janela internacional de transferências, em 1 de julho. Também por isso, o Timão e o estafe do zagueiro combinaram de não confirmar de forma oficial a venda.

Como já tinha 50% e adquiriu em janeiro outros 50% dos direitos econômicos de Felipe, por R$ 13 milhões, o Timão ficará com os R$ 31,5 milhões oferecidos pelo Porto.

Assim, o zagueiro de 26 anos renderá a segunda maior bolada entre todos os campeões brasileiros vendidos desde o ano passado. Gil garantiu o maior lucro (R$ 39,7 milhões), seguido por Renato Augusto (R$ 17 milhões), Jadson, Malcom (R$ 6,4 milhões, cada), Vagner Love (R$ 4,5 milhões) e Ralf (R$ 4 milhões).

À procura

A saída de Felipe já faz a diretoria do Corinthians trabalhar no mercado em busca de um defensor. É que Yago está suspenso por doping e Balbuena servirá a seleção do Paraguai a partir do dia 23.

Intransigente

Corinthians e Flamengo sondaram o empresário Fernando Garcia sobre o zagueiro Cleber, do Hamburgo. A resposta dos alemães foi desanimadora: só aceitam vendê-lo pelos mesmos R$ 12 milhões investidos.

 
Por: Jorge Nicola
Diario de SP