Palmeiras empata com o Santos em 1 a 1 e perde 100% em casa

Da Redação:Alviverde sentiu a ausência de Jesus e Roger Guedes, mas segue na liderança da competição

pal-palmeiras-x-santos3Foto: Divulgação/Site Oficial do Palmeiras

Em dia de recorde de público no Allianz Parque – mais de 40 mil pessoas estiveram presentes no estádio -, o Palmeiras perdeu os 100% de aproveitamento em casa ao empatar por 1 a 1 diante do Santos na noite desta terça-feira, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mina abriu o marcador, enquanto Gabriel deixou tudo igual.

Apesar do empate, o Palmeiras continua na liderança da competição com 29 pontos, mas vê a diferença para o vice-líder Corinthians cair apenas para um ponto. O Grêmio vem com 27, e o Santos retorna ao G4 com 23, mesma pontuação do Atlético (PR), que perde no saldo de gols (11 a 2).

O Palmeiras entrou em campo sem seus principais destaques – Gabriel Jesus e Roger Guedes estavam suspensos -, mas não mudou o formato de atuar. O time por si só estava mais pesado com Barrios e Erik, porém, continuou sendo fulminante, tanto que abriu o marcador logo ao seis minutos. Após cobrança de escanteio de Dudu, Yerry Mina subiu sozinho para testar firme e marcar seu primeiro gol com a camisa alviverde.

O time da casa era melhor, mas sofreu com as lesões. Logo no primeiro tempo, Cuca foi obrigado a sacar Mina e Moisés. O colombiano, inclusive, deixou o campo chorando. O Santos aproveitou a falta de entrosamento do rival – Arouca entrou após um longo período de recuperação – para crescer na partida. Victor Bueno arriscou de longe, e a bola passou rente à trave de Fernando Prass.

O Santos teve a posse de bola nos primeiros 45 minutos, mas foi o Palmeiras que por pouco não marcou o segundo. Barrios saiu na cara de Vanderlei, e chutou para fora. A resposta veio com Rodrigão. Após cruzamento de Lucas Lima, a defesa do time da casa falhou e o atacante não alcançou a bola para empurrar para o gol.

No segundo tempo, o Palmeiras começou no abafa e quase fez o segundo. Dudu lançou Erik, que chutou para defesa de Vanderlei. O Santos, porém, foi mais eficaz e deixou tudo igual aos dez minutos. Gabriel pegou na direita e arriscou. A bola bateu no pé do Vitor Hugo e enganou o goleiro Fernando Prass.

O gol animou o time santista que foi para cima e desperdiçou boas chances de virar. Thiago Maia, na marca do pênalti, recebeu sozinho, mas isolou. Pelo lado do Palmeiras, Dudu fintou duas vezes o zagueiro adversário antes de chutar fraco nas mãos de Vanderlei.

Na próxima rodada, o Santos enfrenta a Ponte Preta no sábado, às 18h30, na Vila Belmiro. No domingo, às 16h, o Palmeiras visita o Internacional no Beira-Rio.Com informações da FPF