Independente encara perigoso Capivariano pela final da Segunda Divisão

 Independente encara perigoso Capivariano pela final da Segunda Divisão:

Precisando reverter a vantagem do Capivariano, que venceu a primeira partida da final por 2 a 0, o Independente aposta no fator casa e no apoio de sua torcida para sagrar-se campeão. Para isso, o clube de Limeira necessita de uma vitória por dois gols de diferença. Válido pela derradeira final do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o confronto entre as equipes será neste domingo, às 10h, no estádio Comendador Agostinho Prada. 

Para Parraga, treinador do Independente, seus jogadores têm totais condições de mudar esse quadro desfavorável na final. “Treinamos bem essa semana. Foi muito positivo. O Capivariano possui uma boa vantagem, mas vamos tentar reverter essa situação. Colocarei um time bastante ofensivo, pois não podemos pensar em outro resultado a não ser o de vitória”, garantiu.

No embate, Parraga terá o desfalque do zagueiro Jean, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Carlos Diego deve jogar na defesa. Devido a grande importância da partida, Parraga prefere não divulgar a equipe que mandará a campo tentando surpreender o Capivariano.

Do lado do Capivariano, as expectativas de levantar a taça são as melhores possíveis. Apesar de ter uma boa vantagem, o clube não quer prender-se a isso e busca conquistar mais uma vitória para fechar bem o campeonato. “Estamos confiantes de que podemos vencer. Demos um primeiro passo importante. Mesmo com a vantagem, temos que entrar com a mesma disposição e vencer”, afirmou Evandro de Souza, auxiliar-técnico do Capivariano.

Evandro também exalta a necessidade da equipe manter a mesma pegada que vem tendo ao longo do certame. “Nosso grupo está fechado e sabe o que quer. Para ganharmos a Segundona, precisamos continuar com o mesmo estilo de jogo. Foi dessa forma que chegamos até aqui, e será dessa forma que tentaremos ganhar o título”, finalizou.

Para o confronto, o treinador Genildo Cavalcanti contará com a volta dos volantes Régis Renan e Adoniran, além do meia Ivanzinho, que cumpriram suspensão no primeiro jogo da final. Com isso, o clube terá todos os jogadores à disposição. Apesar disso, Cavalcanti esconde o jogo e só definirá a equipe momentos antes do apito inicial.

Ficha técnica

Independente: Diego; Gilberto, Carlos Diego, Petterson e Thiago Pereira; Murilo Silva, Márcio, Alexandre e Felipe Nunes; Bismaque e Joãozinho.
Técnico: Jorge Parraga.

Capivariano: Douglas; Lucas, Oliveira, Kelisson e Pedro Henrique; Régis Renan, João Paulo, Adoniran e Ivanzinho (Willian); Alamir e Romão.
Técnico: Genildo Cavalcanti

Árbitro: Marcelo Rogério;
Assistentes: Alex Alexandrino e Fabio Rogério Baesteiro;
Quarto árbitro: Alysson Fernandes Matias;
Data: 06 de novembro, às 10h;
Local: Estádio Com. Agostinho Prada, em Limeira.

 

 

 

Fonte: FPF