Corinthians tenta unir boa fase a Itaquera no clássico contra o Santos

corinn-010617

Carille tenta fazer o time jogar bem também dentro de casa (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O Corinthians fez do estádio de Itaquera sua fortaleza desde a construção do local, há três anos, mas hoje vive um momento de glória mais quando joga longe dos seus domínios do que quando recebe seus rivais. Em meio a uma série de 16 jogos de invencibilidade, mas sem ganhar em casa há quatro jogos, o Timão tenta unir suas duas forças neste sábado, às 19h (de Brasília), no clássico contra o Santos, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Vindo de dois triunfos como visitante, diante de Vitória e Atlético-GO, o time do Parque São Jorge vai encarar seu primeiro grande desafio da competição nacional. Diante de um grande rival, a ideia do técnico Fábio Carille é estabelecer um padrão de atuação para o torneio, quase que uma medida de quanto o Corinthians pode render quando enfrenta adversários nas mesmas condições que ele.

“Os times de São Paulo são times de qualidade, têm elencos qualificados, jogadores qualificados. Só que eles têm o estilo deles de jogar, a forma deles de jogar. Nós temos a nossa forma aqui e, até o momento, tem dado certo”, explicou o meia Jadson, confirmado na armação da equipe ao lado de Rodriguinho. “O Santos é um rival e tem que ser levado em conta por nós. Assim como nos exaltaram quando ganhamos no Paulista, se perdermos no Brasileiro vão nos cobrar”, continuou.

Para o embate, Carille só não terá à disposição o paraguaio Balbuena, em recuperação de uma lesão no músculo posterior da coxa direita. Assim como no embate da semana passada, no Serra Dourada, o garoto Pedro Henrique formará a dupla de zaga com Pablo, repetindo a equipe que conquistou a vitória por 1 a 0 dos alvinegros paulistanos.

sant-18947071

Contra o Corinthians, Santos busca vencer primeiro clássico em 2017 (Foto: Ivan Storti/ Santos FC)

O Santos, por sua vez, tenta juntar os cacos após o revés para o Cruzeiro, no último domingo, na Vila, pela terceira rodada do Brasileirão. Mesmo classificado para as oitavas de final da Libertadores e também garantido nas quartas da Copa do Brasil, o Peixe ainda não encantou a torcida em 2017 e busca a recuperação no clássico deste sábado.

“Tentamos apagar durante esta semana o que aconteceu na última rodada. É importante que tenhamos uma atuação e uma atitude um pouco diferente contra o Corinthians. É um jogo complicado, a equipe deles vem fazendo uma ótima campanha, foi campeã paulista. Esperamos iniciar a nossa arrancada e melhorar nossa classificação. Queremos uma partida segura, para que possamos fazer acontecer. De um modo geral temos que melhorar nossas condições”, explicou o técnico Dorival Júnior, que não terá Zeca no embate diante do Timão.

Após sentir fortes dores na panturrilha esquerda e ser substituído no segundo tempo na derrota contra o Cruzeiro, o lateral esquerdo passou por um exame de ressonância magnética na última terça-feira e não teve nenhuma lesão constatada. Mesmo assim, ele seguiu sentindo o incômodo e não foi nem relacionado para o confronto. Com a saída de Zeca, a tendência é que o atacante Copete seja novamente improvisado na posição. Matheus Ribeiro e o meia Jean Mota também podem atuar.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X SANTOS

Local: estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 03 de junho de 2017, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Técnico: Fábio Carille

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Copete; Renato, Thiago Maia e Vladimir Hernández; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira
Técnico: Dorival Júnior

 

Tomás Rosolino e Vitor Anjosva
Da Gazeta Esportiva – São Paulo, SP