Feira de Artes e Artesanato é incluída no calendário turístico do Estado de São Paulo

Da  Redação

f
O projeto de lei 16.538, DE 04 de outubro de 2017, de autoria da deputada estadual Leci Brandão (PCdoB) inclui a Feira de Artes e Artesanato de Embu das Artes ao calendário turístico do Estado de São Paulo. Esse é um reconhecimento do Estado diante da importância e relevância da feira que acontece todos os finais de semana e feriado.

Em 31 de janeiro de 1969 foi criada a Feira de Artes e Artesanato na frente da Igreja Matriz, hoje Museu de Arte Sacra. No decorrer de seus quarenta anos de existência a Feira foi ocupando todas as ruas do Centro Histórico – agora Passeio das Artes. Paralelo ao desenvolvimento da Feira foram surgindo as diversas lojas de artesanato, galerias de arte, antiquários e lojas de móveis rústicos artesanais, tornando a cidade conhecida por Embu das Artes.

A tradicional Feira de Artes de Embu conta com uma grande variedade de produtos artesanais e obras de arte. A Feira do Verde, que antigamente ocupava a Praça da Lagoa e agora está localizada na Rua Siqueira Campos, incrementa junto com as barracas de alimentos e bebidas, a diversidade de produtos oferecidos.

Constam 700 expositores, sendo 100 novos artesãos e artistas plásticos cadastrados na Prefeitura. A maior concentração de expositores acontece aos domingos e feriados. Aos sábados, a Feira normalmente recebe menos expositores e turistas.