Barueri:Entre amadores e profissionais, 42ª São Silveira reuniu 2.500 participantes

Da Redação

Oséias Teixeira, Alexandre Deco, Acasio Oliveira e Claudinei de Souza trabalham na mesma marcenaria de Barueri. Neste ano, eles se uniram ainda mais em torno da 42ª São Silveira, realizada na manhã de domingo (dia 17), pela Secretaria de Esportes de Barueri.

Um deles, com medo de perder o prazo de inscrição, compareceu ao Ginásio do Jardim Silveira uma semana antes da abertura. Parece que até combinaram o discurso: “Nosso objetivo é apenas concluir a prova”, explicaram eles, que treinaram juntos mais de um mês.

Da mesma maneira, moradores de Barueri e adjacências, sejam eles amigos de escola, de igreja ou vizinhos se uniram para participar desta tradicionalíssima prova atlética, que conta com corredores internacionais, mas têm muitos casais que se dividem entre o desempenho na corrida e os cuidados com o bebê. Para muitos, entretanto, o troféu maior é concluir o percurso, por mais demorado que seja.

“A São Silveira não é só isso”, adverte o secretário de Esportes Tom Moisés. “Muitos corredores nacionais e internacionais fazem dessa corrida um laboratório para obter resultados mais expressivos no circuito”, complementa. A prova, que começou como uma brincadeira entre amigos do Jardim Silveira, teve nessa edição a participação de 2.500 atletas.

Nas categorias principal masculino e feminina, os brasileiros deixaram os quenianos para trás e foram bicampeões. Altobeli Santos da Silva, com tempo de 23min31s e Juliana Paula Gomes dos Santos, com 27min45s.Detalhes: Altobeli foi oitavo lugar na última São Silvestre e Juliana é esposa de Marilson Gomes dos Santos, consagradíssimo atleta brasileiro, que já correu a São Silveira em diversas ocasiões. “É uma prova muito bem organizada. Dá orgulho de participar”, afirmou ele rapidamente, espremido entre as dezenas de fãs que queriam tirar selfies.

Confira os resultados emhttp://www.parreirassports.com.br/resultados-parreiras-sports .

saosilveira saosilveira3