Trio deixa elenco com 39 nomes; Carille tem 40 dias para fazer cortes

corii_65272_large

Foto:Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

O Corinthians anunciou oficialmente a chegada de Emerson Sheik na última segunda-feira e, a menos que os exames médicos impeçam, fará o mesmo com o zagueiro Henrique e o meia Mateus Vital nesta terça. Com o trio, que chega na véspera da estreia da equipe no Campeonato Paulista, frente à Ponte Preta, às 21h45 (de Brasília), no Pacaembu, Carille chega a 39 opções para a temporada, número que ele tem 40 dias para reduzir.O prazo estabelecido se dá pela data-limite de inscrição de jogadores no Paulista, dia 23 de fevereiro, e da Libertadores da América, três dias depois. Além da lista entregue na última segunda-feira, que define os nomes a serem utilizados na primeira fase do torneio, Carille ainda tem até o final do mês que vem para fechar a relação de nomes desejados para a competição local.

Já na disputa continental, o limite para enviar à Conmebol a lista dos 30 atletas que poderão jogar o torneio é de 48 horas antes da equipe entrar em campo pela primeira vez. Como a estreia está marcada para o dia 28 de fevereiro, na cidade de Bogotá, às 21h45 (de Brasília), tudo tem de estar pronto até a noite da antevéspera. Vale lembrar que, na competição, os jovens não têm o privilégio de uma lista B, como acontece no Paulista.

Atualmente, o mais provável é que hajam alguns cortes na zaga e no meio-campo, local que possui 17 atletas no total, sendo nove volantes e oito meias. A diretoria já vasculha o mercado em busca de interessados e tem como ideia emprestar atletas que tenham menos idade e um vínculo mais longo, visando principalmente à valorização dos jogadores.

Dessa forma, os que têm mais chances de serem cedidos são atletas como Warian e Rodrigo Figueiredo, nomes que não podem entrar na lista B do Paulista, destinada a oriundos das categorias de base. Por terem nascido em 1996, eles estouram a idade necessária para entrarem na relação, criada neste ano para incentivar a utilização de atletas criados no clube. Moisés e Jean, que nem sequer atuaram na Copa Flórida, são outros prováveis emprestados.

A lista A, por sua vez, tem 23 nomes de linha à disposição do comandante, que já deixou claro a expectativa de desempenhar um bom futebol no Paulista, aproveitando a manutenção da base em relação ao ano passado. Não deve haver espaço para muitas “oportunidades”, já que, uma vez inscrito, o jogador não pode ser substituído até o começo da fase de mata-mata.

Nos próximos dias, jogadores que não fazem parte dos planos devem ser chamados para conversar com a diretoria e ouvirem o motivo das suas ausências nas competições.

Goleiros: Cássio, Caíque, Filipe e Walter
Laterais: Fagner, Juninho Capixaba, Léo Príncipe, Guilherme Romão e Moisés
Zagueiros: Balbuena, Pedro Henrique, Léo Santos, Henrique, Yago e Vilson
Volantes: Gabriel, Camacho, Fellipe Bastos, Jean, Mantuan, Maycon, Paulo Roberto, Renê Júnior e Warian
Meias: Jadson, Rodriguinho, Danilo, Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel, Mateus Vital, Pedrinho e Rodrigo Figueiredo
Atacantes: Clayson, Kazim, Romero, Carlinhos, Emerson Sheik, Júnior Dutra e Lucca

 

Tomás Rosolino
Da Gazeta Esportiva SP