Shopping tem tiroteio e suspeito baleado após ação de ladrões em SP

Roubo a joalheria ocorreu em centro comercial da zona oeste da capital

Um assalto a uma joalheria no início da noite deste domingo (29) resultou em tiroteio, correria e pânico de clientes e funcionários no Raposo Shopping, na zona oeste de São Paulo.

Um homem de 26 anos suspeito de integrar a quadrilha responsável pelo ataque foi baleado —os demais conseguiram fugir. Segundo a Polícia Militar, a invasão do centro comercial foi feita por um grupo de oito homens armados, que renderam funcionários para roubar uma loja da Casa das Alianças.

raposo-15250504575
Fachada do Raposo Shopping na noite deste domingo (29), que foi fechado após assalto – Fabrício Lobel/Folhapress

Os assaltantes, flagrados por câmeras de segurança do shopping, foram agressivos ao abordar os funcionários e passaram a dar chutes e socos nas vitrines da loja. Eles estavam com pistolas e revólveres, e um deles portava arma de maior porte —que a polícia suspeita ser uma espingarda calibre 12.

Após recolherem objetos expostos, os ladrões saíram e enfrentaram a reação de seguranças do shopping. Em meio ao tiroteio, frequentadores corriam e se escondiam em lojas.

Parte do público que estava no cinema achava que os bandidos estavam invadindo aquela área.

O auditor Thiago de Souza, 30, estava na sessão das 18h30, assistindo à estreia de “Vingadores: Guerra Infinita”. O filme mal tinha começado, segundo Thiago, quando três meninas ​entraram dizendo que havia ocorrido tiros no shopping.

Ainda assim, a exibição seguiu normalmente por alguns minutos, até que pessoas da sala ao lado invadiram a sessão. “Achei que fosse um arrastão no cinema”, diz. Ele afirma que então as luzes foram acesas e o filme, interrompido.

Funcionários do cinema seguraram os presentes na sala por cerca de 40 minutos até que o tumulto passasse. “Os policiais entraram na sala em busca de suspeitos. Eles estavam com lanterna e apontavam pro nosso rosto”, conta Thiago.

O tenente da PM Murilo Pegoralo afirma que quando a polícia chegou havia a suspeita de que os assaltantes estivessem dentro do cinema, por isso entraram nas salas.

Os frequentadores tiveram de ser revistados para deixar o cinema, que teve todas as suas sessões suspensas.

Pegoralo diz ainda que o grupo não parece ser especialista neste tipo de roubo, após análise das imagens do circuito interno de segurança. Os assaltantes quebraram os expositores, encheram sacolas e foram embora da loja, que fica próxima ao acesso principal do shopping.

O Raposo Shopping, localizado no km 14,5 da rodovia Raposo Tavares, foi esvaziado e teve o seu fechamento antecipado. A ocorrência foi registrada no 89º Distrito Policial. ​

ASSALTOS
Crimes dessa natureza têm ocorrido com certa regularidade nos shoppings. Em novembro, o Mooca Plaza Shopping, na zona leste, teve uma loja de celulares e uma lanchonete assaltados. O mesmo shopping teve ocorrência semelhante dois meses antes.

Em maio, o shopping Villa-Lobos foi alvo de outro roubo à joalheria. Um suspeito que teria praticado outros dois assaltos a joalherias de shoppings foi preso.

Em janeiro de 2017, dois homens foram mortos pela PM durante perseguição após assalto num shopping de Osasco.

 
Fabrício Lobel
Da Folha de SÃO PAULO