Festa do Peão de Itapecerica da Serra recebe grande público e shows de qualidade na abertura

Da Redação

Dupla_Joao_Neto_e_Frederico_agitou_o_sabado

Dupla João Neto e Frederico agitou o sábado

O primeiro fim de semana da 36ª Festa do Peão de Boiadeiro de Itapecerica da Serra foi um sucesso. Arena lotada, grandes shows de artistas consagrados e organização exemplar marcaram os dois dias de festa, que também contaram com montaria em cavalos.

Na sexta-feira, 11 de julho, aconteceu a abertura oficial da festa. Foram chamados à arena a comissão organizadora, presidida por Juliana Diniz; vereadores Hércules da Farmácia, Cléber Bernardes, Fabinho Gêmeos, Gérson Lazarin e Zé Hélio; peões, patrocinadores e organizadores do Rodeio.

As gêmeas itapecericanas Thays e Lays cantaram o Hino Nacional e uma grande queima de fogos abriu oficialmente o evento. A Rainha Jenifer Diniz, 1ª Princesa Amanda Mendes e 2ª Princesa Manuella Nogueira, eleitas no concurso realizado no dia 4 de julho, marcaram presença e embelezaram a festa.

O cantor Cristiano Araújo subiu ao palco por volta das 23h30 e agitou a grande plateia que lotou a arena. “Cada show faço como se fosse o último da minha vida, para mostrar todo amor e carinho que tenho pela música e por todas as pessoas que estão aí pra me ver hoje. Podem esperar o melhor do Cristiano Araújo”, prometeu o cantor antes da apresentação.

Sucessos como “Maus Bocados” e “Bara Bara”, logo na primeira parte do show, elevaram a temperatura da noite. O público, extasiado, não parou de cantar e dançar ao som da boa música sertaneja.

No sábado (12), teve a continuação das montarias em cavalos e a premiação aos peões vencedores. A dupla João Neto e Frederico fechou a noite com um show bem eclético. Além de hits próprios como “Crime Perfeito” e “Clichê”, envolveram o público cantando vários estilos musicais, fizeram homenagem à moda de viola e uma inovação: utilizaram hologramas com artistas parceiros.

Ainda no camarim, João Neto agradeceu a Prefeitura de Itapecerica pelo carinho com que eles foram recebidos na cidade e Frederico deixou uma mensagem: “Parabéns por essa linda festa. Valeu Itapecerica da Serra, obrigado”.

As milhares de pessoas que compareceram ao espaço do Ginásio de Esportes tiveram ainda à disposição farta praça de alimentação, show de artistas regionais e música eletrônica ao ar livre.

Na próxima quinta-feira, 17, a festa continua, com o aguardado show da dupla Jorge e Mateus e os novatos Matheus e Kauan. Fernando e Sorocaba sobem ao palco na sexta (18), Gusttavo Lima e Israel Novaes no sábado (19) e a dupla Guilherme e Santiago fecha a 36ª Festa do Peão de Boiadeiro de Itapecerica da Serra no próximo domingo (20).

Comissao,_autoridades,_rainha_e_princesas_durante_abertura_da_Festa_do_Peao_2014

Comissão, autoridades, rainha e princesas durante abertura da Festa do Peão 2014

 

Cristiano_Araujo_se_apresentou_no_pimeiro_dia_de_evento
Cristiano Araújo se apresentou no primeiro dia de evento

Primeiro_fim_de_semana_da_Festa_do_Peao_recebeun
Primeiro fim de semana da Festa do Peão recebeu  um ótimo público

Rainha e princesa da Festa com cantos Thays e Lays
Rainha e princesa da Festa com cantoras Thays e Lays

Cine Belas Artes reabre no próximo sábado

Após três anos fechado, o cinema abre no próximo dia 19 e pretende trabalhar com valores menores8582cine-belas-artes

Acordo firmado entre a Prefeitura e a Caixa tornou possível a reabertura / Divulgação

Após três anos fechado, o tradicional cinema na esquina da rua da Consolação com a avenida Paulista irá reabrir no próximo sábado (19) e passará a se chamar Cine Caixa Belas Artes.

Depois do pedido de muitos cinéfilos (amantes de cinema), o Cine Belas Artes será reaberto. Um acordo firmado entre a Prefeitura de São Paulo e a Caixa Econômica Federal tornou possível a reinauguração, sem que o município tivesse gastos. A Caixa anunciou, em janeiro deste ano, um investimento direto de R$ 2 milhões nos próximos cinco anos, para que o local seja mantido.

No novo Belas Artes os ingressos terão um valor 20% menor do que os cinemas da região da Paulista e alimentação terá valor 10% menor. Além disso, todos os trabalhadores pagam meia-entrada às segundas-feiras. A ideia é beneficiar a cidade e os paulistanos.

No site oficial do cinema, há uma contagem regressiva para a inauguração do espaço, que, em outubro, deve inaugurar mais uma sala, em parceria com o bar Riviera, do empresário Facundo Guerra e do chef Alex Atala.

Fonte: Diário SP Online

Sala Barueri de Cinema exibe Capitão Phillips

Sala Barueri de Cinema
A Sala Barueri de Cinema exige no domingo, 20 de julho, Capitão Phillips, indicado ao Oscar 2014 na categoria Melhor Filme. A sessão será às 18 horas. A entrada é gratuita e o transporte também. Há ônibus saindo da porta da prefeitura a partir das 17 horas.
Com classificação etária de 14 anos, o filme conta a história de Richard Phillips (Tom Hanks), que é um comandante naval experiente e aceita trabalhar com uma nova equipe na missão de entregar mercadorias e alimentos para o povo somaliano.

Logo no início do trajeto, ele recebe a mensagem de que piratas têm atuado com frequência nos mares por onde devem passar. A situação não demora a se concretizar, quando dois barcos chegam perto do cargueiro, com oito somalianos armados, exigindo todo o dinheiro a bordo.

Uma estratégia inicial faz com que os agressores recuem, apenas para retornar no dia seguinte. Embora Phillips utilize todos os procedimentos possíveis para dispersar os inimigos, eles conseguem subir à bordo, ameaçando a vida de todos.

Quando pensa ter conseguido negociar com os piratas, o comandante é levado como refém em um pequeno bote. Começa uma longa e tensa negociação entre os sequestradores e os serviços especiais americanos, para tentar salvar o capitão antes que seja tarde.

O filme é baseado no livro “A Captain’s Duty : Somali Pirates, Navy SEALs, and Dangerous Days at Sea”, escrito pelo verdadeiro Richard Phillips. Em abril de de 2009, o capitão Richard Phillips e a tripulação do navio Maersk Alabama foram sequestrados por piratas somalis.

Capitão Phillips
Sala Barueri de Cinema (avenida Pastor Sebastião Davino dos Reis, 672, Vila Porto)
Domingo, dia 20
18 horas
Gratuito. Mais informações: 4199-1600

Com informações de Simone Trino

Projeto Dissincronias da coreógrafa Vera Sala

Da Redação: O projeto Dissincronias do qual faz parte a Instalação “Lugar Nenhum” proporciona encontros para conversas, ensaios abertos e performances a partir de 10 de julho

content_idccc
Performance “Lugar Nenhum”, de Vera Sala

O projeto propõe que os ambientes possam ser modificados e reorganizados, dependendo das possibilidades e das configurações de cada local em que se apresentem.

A Praça Victor Civita foi o local escolhido pelos artistas Vera Sala, Hideki Matsuka e Marcus Bastos para a realização de “Lugar Nenhum” e do projeto “Dissincronias”. A opção por um espaço público se apoiou na estratégia de amplificar os entendimentos e as configurações das “Instalações”.

Dessa forma, o público terá a oportunidade de acompanhar o processo de criação com os artistas na concepção do espaço “Lugar Nenhum”, que ocorre entre 10/7 e 7/9, diariamente, das 13h às 18h. A bailarina e coreógrafa Vera Sala dá continuidade ao projeto, ocupando o segundo andar do Prédio do Incinerador na Praça, protagonizando encontros com participantes, conversas, ensaios abertos e performances.

DISSINCRONIAS – LUGAR NENHUM

O corpo modificado pelo tempo, exposto continuamente a aquilo que é e faz, num espiralar sem fim constrói na sua trajetória redes de inquietações e ações que operam como detonadoras de instabilidades. É um corpo que nunca se conclui porque só existe neste aparecer/desaparecendo, não como oposição, mas como indistinção.

Estes estados corporais transbordam-se em qualidades de espacialidade constituindo as Instalações ou “Corpo Instalação”. Este é o conceito de sustentação da performance “Lugar Nenhum”, de Vera Sala.

O projeto conta com a participação de mais quatro artistas: Key Sawao, Marcelo Evelin, Sheila Ribeiro e Wagner Schwartz, parceiros temporários que contribuem para fomentar novas perguntas, reflexões, proposições e experimentações, criando instabilidades e “perturbações” naquilo que já está instaurado no corpo e nos seus modos de proceder. A intenção é formar uma rede de trocas entre todos os artistas envolvidos, promovendo momentos em que todos possam estar presentes e o foco seja a discussão e possíveis diálogos entre os diferentes processos criativos.

As pesquisadoras Christine Greiner e Valeska Figueiredo também fazem parte do projeto, acompanhando os encontros entre artistas, promovendo reflexões e diálogos com outras áreas de conhecimento, produzindo textos que são disponibilizados ao público.

VERA SALA

Criadora e pesquisadora em dança, Vera desenvolve trabalhos de pesquisa e criação artística desde 1987. Atualmente, pesquisa instalações coreográficas que se dedicam a observar como o corpo se transborda para a composição destes ambientes. Entre suas últimas criações, destacam-se “Impermanências” (2006), Pequenas Mortes” (2007), “Procedimento Dois – Pequenas Mortes” (2008) e “Pequenos Fragmentos de Mortes Invisíveis” (2009/2010) e “Dobras” (2011). Ela recebeu o Prêmio APCA em 1999 e 2005, nas categorias pesquisa em dança e criadora intérprete, respectivamente, e o prêmio Mambembe na categoria pesquisadora performer. em 1998. Além disso, foi indicada duas vezes ao Prêmio Bravo, por “Impermanências” (2006) e “Pequenas Mortes” (2007). É professora do Curso de Comunicação das Artes do Corpo, na PUC, em São Paulo, desde 1999.

SERVIÇO

Vera Sala – Projeto Dissincronias – Lugar Nenhum

Data: 10/7 a 7/9 – Diariamente
Hora: 13h às 18h – Segunda, terça, quarta, sábado e domingo.
Das 19h às 21h – Quinta e sextas.

Local: Praça Victor Civita | Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros
Ingresso:gratuito

Censura: livre
Outras informações: (11) 3031-3689 ou www.pracavictorcivita.org.br

*Os encontros acontecem no primeiro andar do Prédio do Incinerador da Praça, com capacidade para100 pessoas. Não é necessário retirar ingressos com antecedência.

  Com informações de Dalila Ferreira

Osasco entrega 56 apartamentos na Área BK, no Jardim Veloso

Da Redação

Foto: Divulgação/PMO14651337261_147492f17e_c

Osasco, por meio da  Prefeitura e  da secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, fará a entrega parcial das unidades habitacionais do programa de urbanização integral da Área BK, no Jardim Veloso, zona sul da cidade, em 19 de julho, a partir das 16h. Entre as 162 unidades habitacionais que estão em construção, 56 apartamentos serão entregues nesta data.

A obra, realizada em parceria com o Governo Federal, por meio de repasse de verbas do Programa de Aceleração do Crescimento PAC- I – Urbanização de Assentamentos Precários, que ultrapassa o investimento de R$ 23,5 milhões, é para proporcionar maior qualidade de vida às pessoas e transformar o local em um bairro melhor estruturado.

Em comemoração à entrega dessas unidades habitacionais da Área BK, os cantores Leonardo, Fernando & Sorocaba, João Bosco & Vinicius, Sampa Crew e Sacode a Poeira se apresentarão.

Conheça a Área BK

O local de intervenção da Área BK ocupa uma área pública de loteamento, onde encontra-se encravada num fundo de vale entre dois cursos d’água (talvegues), formando duas encostas com declividade acentuada, na rua João Guimarães Rosa, no Jardim Veloso.

A área do terreno de 19.381,03 m² que antes era ocupada por moradias precárias, passará a ter 10 prédios com cinco pavimentos. Cada apartamento de aproximadamente 50 m² terá dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. As novas unidades habitacionais beneficiarão 162 famílias, além de mais 316 com a implantação de infraestrutura.

Para a implantação dessa obra de urbanização foi necessário remoção das moradias instaladas no trecho do fundo do vale. Isso possibilitou a construção das novas unidades habitacionais verticalizadas, além de vias de acesso, vielas e escadarias existentes que foram reformadas ou reconstruídas. Houve, também, a instalação das redes de abastecimento de água, coleta de esgoto sanitário e de drenagem das águas pluviais, pois escoavam de forma irregular por toda a área.

O projeto inclui 1.255,05 metros de rede de esgoto, mais de 1.370 metros de rede para abastecimento de água, 213 metros de canalização de cursos d’água, 4.318,00 m² de pavimentação das vias de acesso principais, vielas e escadarias, paisagismo, iluminação, plantio de árvores e uma área de lazer e convivência.

O investimento da Prefeitura de Osasco na área da habitação, assim como nos demais setores tem o intuito de oferecer maior qualidade de vida aos moradores. Conheça algumas unidades habitacionais que já foram entregues nesta administração e outras em andamento, além das obras previstas para este mandato.

Obras habitacionais entregues nesta administração

Conjunto Flor de Jasmim – 402 unidades

Jardim Vicentina – 172 unidades

Colinas D’Oeste – 96 unidades

Portais – 64 unidades

Área BK – 56 unidades
Obras habitacionais em construção

Conjunto Flamenguinho – 402 unidades

Conjunto Flor de Lis – 300 unidades

Portais – 114 unidades

Área BK – 106 unidades

Colinas D’Oeste – 81 unidades

Obras habitacionais previstas

Conjunto Miguel Costa – 600 unidades

Urbanização do Rochdale – Mais de 550 unidades

Conjunto Panorâmica – 460 unidades

Conjunto Platina – Moinho Velho – 460 unidades
SERVIÇO

Entrega Parcial das Unidades Habitacionais do Programa de Urbanização Integral da Área BK

Dia: 19 de julho

Horário: A partir das 16h

Endereço: Rua João Guimarães Rosa, s/nº- Jardim Veloso

Shows: Leonardo, Fernando & Sorocaba, João Bosco & Vinicius, Sampa Crew e Sacode a Poeira

Entrada: Gratuita
Com informações de Alessandra Neves

II Festival Gastronômico de Barueri

Da Redação

Festival gastronomico

A alameda Rio Negro, principal via de Alphaville, foi o local escolhido pela Secretaria de Cultura e Turismo para fazer um pedágio a fim de anunciar a continuidade do Festival Gastronômico até 31 de julho. Duas modelos, usando aventais estilizados, entregaram material de divulgação aos motoristas e transeuntes que passavam pelo local.

O II Festival Gastronômico Barueri envolve 25 restaurantes, que desenvolveram cardápios – entrada, prato principal e sobremesa – para o evento. Durante o festival, os restaurantes participantes praticam preços especiais de R$ 39,90 ou R$ 54,90 por pessoa. Para participar, basta escolher o restaurante no site www.festivalgastronomicobarueri.com, onde há informações sobre os restaurantes, cardápios, preços e horários.

II Festival Gastronômico Barueri
Até 31 de julho
Informações: www.festivalgastronomicobarueri.com

Veja a programação da Agenda Cultural de julho em Embu das Artes

agendajulho45121

Este é o mês de aniversário da Aldeia M’Boy, que deu origem à cidade, e que mais tarde receberia artistas, artesãos e os inspiraria a produzir o seu trabalho, a exemplo de Josefina de Almeida Carvalho (Azteca), a artista mexicana que chegou à Vila M’Boy em 1937 e que faria a sua versão da Aldeia. A data será comemorada em 18/7. Outro programa imperdível é a Festa Junina, em 19/7. A Agenda Cultural do mês oferece mais, especialmente para crianças, adolescentes e jovens, como momentos recreativos e de leitura, projeto cinema, contação de histórias e cidadania cultural. Consulte a programação e participe!

Centro Cultural Mestre Assis (largo 21 de Abril, 29)

2, quarta-feira – 18h – videoaula Zumba Fitness

3, quinta-feira – 18h – videoaula Zumba Fitness

10, quinta-feira – 18h – videoaula Zumba Fitness

11, sexta-feira – 19h – Sessão de Cinema em comemoração ao dia do Rock, filme “The Song Remains Same”, com Led Zeppelin.

14, segunda-feira – 8h30 e 14h – Projeto Cinema – Scooby Doo

15, terça-feira – 10h e 14h – Momento Recreativo

16, quarta-feria – 10 e 14h – Momento Leitura; 18h – Videoaula Zumba Fitness

17, quinta-feira – 18h – Videoaula “Zumba Fitness”

18, sexta-feira – 19h – abertuta das comemorações de aniversário da Aldeia M’Boy, com as exposições: Iroko – O Tempo (Orixás, Cromos), de José Roberto, e Portas da Percepção Tropicalista, de Acácio Pereira

23, quarta-feria – 18h – videoaula Zumba Fitness

24, quinta-feira – 18h – videoaula Zumba Fitness; 14h – karaokê

25, sexta-feira – 19h – Sarau das Artes

30, quarta – 18h – Videoaula Zumba Fitness

31, quinta-feira – 18h – Videoaula Zumba Fitness

Centro Cultural Santo Eduardo (rua Iva, 100)

16, quarta-feira – 8h30 e 14h – Projeto Cinema – Scooby Doo

17, quinta-feira – 10h e 14h – Momento Recreativo

18, sexta-feira – 10 e 14h – Momento Leitura

29, terça-feira – 14h – Karaokê

30, quarta-feira – 18h – Videoaula Zumba Fitness

Centro Cultural Parque Pirajuçara (av. Amará, s/nº)

21, segunda-feira – 8h30 e 14h – Projeto Cinema – Scooby Doo

22, terça-feira – 10h e 14h – Momento Recreativo

23, quarta-feira – 10 e 14h – Momento Leitura

29, terça-feira – 14h – Karaokê

31, quinta-feira – 18h – Videoaula Zumba Fitness

Outros locais

5, sábado – das 10h às 15h – Cidadania Cultural (brinquedos, pintura de rosto, oficina de grafite, oficina de flores, carrinho de algodão doce e pipoca, Quinteto de Metais) – EM Janaína – avenida Austrália, 32 – Jardim Mimás

10, quinta-feira – das 13h às 15h – Roda de Leitura – Biblioteca Jardim da Luz – rua Caiçara, 95 – Jardim da Luz

11, sexta-feira – tarde – Contação de História – Biblioteca Parque Francisco Rizzo – rua Alberto Giosa, 320, Quinhaú

12, sábado – das 17h às 22h – Sons da Época dos Sons de Rua (baile nostalgia) – Ponto de Cultura Círculo Palmarino – rua Campos Sales, 12, Jardim Presidente Kennedy

17, quinta-feira – 14h – Contação de Histórias – O Cavalinho Branco, com Luciana Silveira – Biblioteca Casa Branca – avenida João II, 5225, Jardim Casa Branca; das 13h às 15h – Roda de Leitura – Biblioteca Jardim da Luz – rua Caiçara, 95

18, sexta-feira – 14h – Sessão Cinema – A Galinha Roxa Quadrada –- Biblioteca Jardim Vazame – avenida das Pombas, 283

19, sábado – 13h – Cidadania Cultural e Festa Junina (brinquedos, pintura de rosto, oficina de flores, carrinho de algodão doce e pipoca, Banda Municipal) – Ginásio de Esportes Dom José Estrada Lorena, s/nº, Jardim Santo Eduardo; 18h – Roda de Samba, com Marquinhos Jaca – Ponto de Cultura Palmarino – rua Campos Sales, 12, Jardim Presidente Kennedy

26, sábado – 20h – Sarau Palmarino e lançamento do livro Brasil É Um Quilombo, do Gaspar (Z’África Brasil) – Ponto de Cultura Palmarino – rua Campos Sales, 12, Jardim Presidente Kennedy

Toda semana

Todos os domingos das 9h às 12h – oficina de hip-hop – EM Iodoque Rosa – rua Marquês de Pombal, 55, Engenho Velho

Todas as quartas-feiras, das 10h às 12h e das 13h às 16h – oficina com material reciclado (para crianças e jovens, de 7 a 15 anos) – brinquedoteca Bambolê 02 – rua Butantã, 10, jd. Santa Teresa

Todas as quintas e sextas-feiras, das 10 às 12h e das 13h às 16h – oficina de artesanato (a partir de 15 anos) – brinquedoteca bambolê 02 – rua Butantã, 10, jd. Santa Teresa

Todas as quartas-feiras, das 10h às 16h – oficina de reciclagem (para crianças) – brinquedoteca bambolê 02 – rua Butantã, 10, jd. Santa Tereza

Todas as quintas-feiras, das 10h às 16h – oficina de tricô – brinquedoteca Bambolê 02 – rua Butantã, 10, Jd. Santa Teresa

 

por Elke Lopes Muniz

Conisud realiza oficinas para elaboração do PPA Territorial Participativo

coni74

O Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo (Conisud) promove oficinas para elaboração do “Plano Plurianual Territorial Participativo” – quadriênio 2014-2017, com apresentação do planejamento das Câmaras Técnicas do Conisud, que servirá de base ao PPA Regional.

O público poderá participar, dar sugestões e fazer críticas, que serão acolhidas com o desafio de discutir as perspectivas do desenvolvimento regional em busca de soluções cooperadas e compartilhadas, conjuntas e estruturantes para as oito cidades integrantes do consórcio.

Programação:

1ª Oficina – 15/7, às 17h30
Cidades: Taboão da Serra, Embu das Artes, Cotia e Vargem Grande Paulista
Local: Câmara Municipal de Embu das Artes – rua Marcelino Pinto Teixeira, 55, Pq. Industrial

2ª Oficina – 22/7, às 17h30
Cidades: Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, São Lourenço da Serra e Juquitiba
Local: Auditório da Prefeitura de Itapecerica da Serra – av. Eduardo Roberto Daher, 1.135, Centro

por Alex Natalino

Cultura: Projeto 3 em 1 leva três bandas de rock para a Praça Victor Civita

Da Redação: Evento é gratuito e receberá três bandas de rock no dia 19 de julho, a partir das 15h

Com o apoio do ‘Ponto pro Rock’, o Projeto 3 em 1 leva para a Praça Victor Civita três bandas com estilos diferentes, mas que tem o rock como principal ingrediente de suas composições. O evento, quecontará com as bandas Denker, Detox 13 e SLOT, acontece no dia 19 de julho, sábado, às 15h, e promete surpreender o público com muita energia.

DENKER

Denker 01 baixa

Formada por Rubens Muller (voz e violão), Julio Nogueira (contrabaixo acústico), Guilherme Oliveira (guitarra) e Queren Hapuque (bateria), apresenta ao público o show “Mais Além”, com músicas de autorias próprias, misturando o rock com música clássica e trazendo o contrabaixo acústico para o centro das atenções, com a pegada de rock do violão e das composições, acompanhados por uma guitarra que faz contracantos com as melodias do contrabaixo e uma bateria para dar peso e sustentação ao formato.

DETOX 13

Detox 13 - Foto 2

Composta por André Vernareccia( vocalista), Maicon Corbellini (guitarrista solo), Lucas Caputo (baixista) ,Marcelo Iacovone ( guitarrista base) e Rodrigo Lima (baterista), a banda apresenta influências da cena Punk Rock e Pop Rock, como Charlie Brown Jr, Offspring, Green Day, Blink 182 e Metálica. Em 2014, a banda lançou o EP intitulado de “Só os espertos ganham o mundo”.

SLOT

Slot baixa 2

Formada em 2002 por três amigos, Minoru (batreria), Nako (guitarra) e Kadu (baixo) para tocarem covers de suas principais influências em festas e bares de rock, decidiram, em 2004, que era a hora de fazerem suas próprias músicas.

Em 2006, a banda lançou seu primeiro álbum, intitulado “Little Room”, pela Alvo/Monstro Records, obtendo grande destaque na mídia especializada no rock underground.
Tocaram em grandes festivais por todo o Brasil, com grandes bandas como Ratos de Porão, Matanza, Autoramas, Kid Vinil e atrações internacionais como Clan Bastardo e CJ Ramone.

SOBRE A PRAÇA VICTOR CIVITA
Projeto pioneiro na América Latina, inaugurada em 2008, a Praça Victor Civita é resultado da iniciativa do Grupo Abril em parceria com a Prefeitura do Município de São Paulo, o Itaú, a Even Construtora e a Petrobrás. A partir de um espaço com aproximadamente 14 mil metros quadrados e área verde com cerca de 80 árvores, a Praça oferece à população um espaço que propõe uma reflexão acerca da preservação ambiental. Também abriga o Prédio do Incinerador, instalado no antigo incinerador de Pinheiros, e desenvolve atividades de educação socioambiental, com cursos, palestras e visitas escolares, além de localização privilegiada e de fácil acesso através de transporte público ou carro. A Praça Victor Civita dispõe de um palco para espetáculos com arquibancada coberta para 290 pessoas, onde ocorrem apresentações musicais, passando pelo rock, samba e música clássica, também espetáculos circenses, aulas de arte, yoga e pilates, além de atividades no centro de convivência para a terceira idade (CIIPE). O projeto foi implementado a partir da iniciativa de reviver uma região degradada pelo acúmulo de detritos ao longo dos anos, uma vez que, entre os anos de 1949 e 1989, o espaço funcionou como centro de processamento de resíduos urbanos. Dentro das normas técnicas de acessibilidade, a área conta com uma exposição permanente sobre as formas, materiais e tecnologias empregadas no tipo de reabilitação ambiental do terreno. Além disso, a Praça Victor Civita conta com soluções arquitetônicas de reuso de água, economia energética e projeto paisagístico educativo. A Praça Victor Civita é aberta diariamente, das 6h30 às 19h, e toda a sua programação é gratuita. Para visita de grupos escolares é necessário agendamento. A Praça divulga suas atividades através do site http://pracavictorcivita.org.br e também nas redes sociais twitter (@pracavc) e facebook (fb.com/pracavictorcivita). No site, o público pode se cadastrar para receber a newsletter da programação.

SERVIÇO
Projeto 3 em 1
Data: 19 de julho (sábado)
Hora: 15h
Local: Praça Victor Civita | Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros
Ingresso: gratuito
Classificação: livre
Outras informações: (11) 3031-3689 ou www.pracavictorcivita.org.br

*A apresentação acontece no palco da Praça, com arquibancada coberta para 290 e a capacidade total da praça é de 1.500 pessoas. Não é necessário retirar ingressos com antecedência.

* Capacidade máxima do local: duas mil pessoas. Acesso para deficientes.

 

Fonte:Stella Cardoso

Feira EcoSolidária no Parque Municipal Dom José em Barueri

Da RedaçãoFeira EcoSolidaria

Feira EcoSolidária (foto:Bonny Vieira)

Neste sábado, 12, tem Feira EcoSolidária no Parque Municipal Dom José, das 10 às 14 horas. É mais uma oportunidade para comprar alimentos orgânicos, ou seja, sem agrotóxicos, com venda direta dos produtores.

Lá você encontrará também bebidas e alimentos artesanais, como compostas, cerveja artesanal, doces, mel e derivados. Na Feira EcoSolidária também são encontrados itens de artesanato sustentável, produzidos com materiais reaproveitados sem deixar de lado a qualidade e o requinte.

No “Espaço Troca sem Troco”, diversas mercadorias podem ser trocadas entre os visitantes da Feira, sem envolver dinheiro algum. Brinquedos, bijuterias, CDs e DVDs, roupas, objetos de decoração, entre outros, costumam ser encontrados entre os itens a serem trocados.

A Feira EcoSolidária é promovida pela Prefeitura de Barueri, através da Secretaria de Meio Ambiente, com o objetivo de disseminar hábitos de consumo sustentável. O evento é realizado sempre no segundo sábado do mês, das 10 às 14 horas, no Parque Municipal Dom José, que fica localizado na rua Angela Mirella, 500, Vila Porto. Mais informações: 4199-1500.

Com informações de Sabrina Saraiva