Osasco realiza “Semana Municipal do Rock”

Da  Redação: Cidade promove pela 1ª vez na história “Semana do Rock Osasco”

jb (3)

Conhecida por fomentar atrações expressivas no segmento, desta vez a estimativa é reunir amantes do gênero em uma semana inteira de espetáculos, cultura, diversões e muito rock’n’roll

Entre os dias 4 e 13 de julho, a cidade de Osasco promove mais um de seus grandes espetáculos. Desta vez é a “Semana Municipal do Rock”. O evento é produzido pela Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Cultura em parceria com as empresas NET e a produtora & Studio Amplitude.

Vale destacar que a Semana Municipal do Rock é fruto de uma lei ordinária nº 4605 sancionada no dia 8 de outubro de 2013 pelo prefeito de Osasco Jorge Lapas. A Semana será comemorada anualmente, antecedendo o dia 13 de julho, quando é comemorado o Dia Mundial do Rock.

A Semana do Rock em Osasco tem como objetivos: 1) fortalecer, apoiar e incentivar o movimento rock na cidade; 2) valorizar culturalmente o movimento no município; 3) criar espaços públicos para os músicos do segmento apresentarem e divulgarem seus trabalhos, bem como políticas públicas que fomentem o surgimento de novos grupos de rock da cidade 4) buscar parcerias entre poder público, privado e outras entidades e/ou órgãos interessados em apoiar a Semana Municipal do Rock.

Mais informações sobre a Semana do Rock Osasco podem ser obtidas no site www.semanadorock.com.br.

Início da tradição roqueira

Em setembro de 2013, a cidade realizou sua 1ª edição do Osasco Rock Fest reunindo grandes nomes do gênero nacional. O evento superou todas as expectativas e bateu recorde de público, congregando cerca de 15 mil pessoas em mais de 13 horas de shows e espetáculos.

Realizado no Estádio Elzo Piteri, na Vila Yolanda, o espetáculo teve importante papel social, promoveu um movimento conjunto em prol do rock’n’roll e da cidadania, arrecadando mais de 7,5 toneladas de alimentos não perecíveis para o Fundo Social de Solidariedade.

Como novo berço do rock, milhares de pessoas conferiram as performances e o som ao vivo de 10 bandas, entre elas: Velhas Virgens, Troll, Krisiun, Matanza, Infestatio, No Way, Stoneria, Suíte de Luxo, Euphúria e Etnias. Algumas dessas bandas haviam sido escolhidas na seletiva da Osasco Rock Fest, proporcionando a chance de bandas da cidade dividirem palco com grandes nomes do rock. O concurso contou com mais de 110 bandas inscritas, sendo que 20 delas participaram da seletiva.

Durante o evento da Osasco Rock Fest, o prefeito Jorge Lapas subiu ao palco para saudar o público, e em coro foi ovacionado pela multidão que agradecia pelo apoio na realização da 1ª edição do lendário Osasco Rock Fest. Alguns o chamavam de “O prefeito do Rock” por abraçar a iniciativa e promover ampla infraestrutura e qualidade musical ao evento.

Confira Programação da Semana do Rock Osasco

Sexta-feira – Dia 4

Palco Circuito Rock in Resgate

Local: Calçadão de Osasco (Centro)

Horário: 17h às 22h

Sábado – Dia 5

Palco ODC

Local: Parque dos Metalúrgicos (Zona Sul)

Horário: 14h às 21h

Domingo – Dia 6

Palco Virada do Rock

Local: Parque dos Metalúrgicos (Zona Sul)

Horário: 12h às 22h

Quarta-Feira – Dia 9

Palco Rádio Oz

Local: Fito (Zona Norte)

Horário: 15h às 22h

Sexta-Feira – Dia 11

Palco Mulheres No Rock

Local: Calçadão de Osasco (Centro)

Horário: 16h às 22h

Sábado – Dia 12

Palco Patotas

Local: Pista de Skate Canaã (zona Norte)

Horário: 12h às 22h
Sábado – Dia 12

Palco Pombas Rock

Local: Calçadão de Osasco (Centro)

Horário: 12h às 22h

Domingo – Dia 13

Palco Amplitude – Orra Abutre’s Rock Motorfest

Local: Calçadão de Osasco (Centro)

Horário: 9h às 21h

Com informações de Ricardo Datrino

Feira de artesanato acontece no centro de Taboão da Serra

Por Maria Carolina

Feira_de_artesana

Feira de Artesanato acontece todo sábado na Praça Nicola Vivilechio (foto – Vagner Hernandez)

A feira de artesanato que acontece todo o sábado das 13hr às 18hr, reuniu artesões de diversas áreas na praça Nicola Vivilechio, no Centro, na última sexta-feira devido ao jogo do Brasil realizado no sábado.

Atualmente são 30 barracas na praça e a expectativa da Secretaria de Cultura é melhorar e colocar atividades recreativas, e eventos como música dança apresentação de teatro entre outras maneiras de entreter e chamar a atenção para os trabalhos dos artesões.

Everaldo Barreto, coordenador das feiras na praça, auxilia os artesões do município, através da ONG Ararats que tem o apoio da prefeitura de Taboão por meio da Secretaria de Cultura. “Minha expectativa é incentivar cada vez mais os artesões, para que eles possam ganhar dinheiro com o que produzem”, conta.

Segundo o secretário de Cultura Laercio Lopes o trabalho junto a ONG é a soma de esforços para dar oportunidade aos artesões. “Fazemos reuniões através da secretaria para dar o apoio e a estrutura necessária para realizar as feiras”, falou.

Araci Calisto, que participa da feira pela primeira vez, expondo sua arte em pano de prato, pet aplic e patchwork, está gostando da experiência. “Vale muito a pena financeiramente e pra distrair a cabeça, encontrar pessoas novas, bater papo com os amigos da feira, esse projeto nos incentiva ainda mais”, disse.

Edilene Souza, já participa a um ano das feiras de artesanato. “É muito bom fazer parte disso, faço porque amo e isso me ajuda financeiramente e me deixa de bem com a vida, as feiras aqui no Taboão estão sendo um estímulo para todos nós que vivemos da nossa própria arte”, falou.

Aos sábados os contadores de história participam da feira com uma cama elástica para atrair as crianças.

 

10º Jogos Cooperativos de Embu das Artes começa nesta terça (1/7)

Da Redação: Incentivando a qualidade de vida da terceira idade!

content_id

Embu das Artes, nesta terça (1/7), por meio da secretaria de Assistência Social, Trabalho e Qualificação Profissional, abre às 9h, a 10ª Edição dos Jogos Cooperativos da Terceira Idade de Embu das Artes no ginásio do Estádio Municipal Hermínio Espósito (Al. Fernando Batista Medina, 120, Centro).

A edição comemorativa ocorrerá entre os dias 1 e 3 de julho, com a participação de mais de 500 atletas.

A iniciativa visa estimular o convívio, a prática esportiva, a saúde, o lazer, a cultura e, consequentemente, o aumento da qualidade de vida entre a terceira idade.
 
Programação

Terça- feira – 1/7
Abertura: Estádio Municipal Hermínio Espósito
Aeróbica com o Professor Flávio (Acolhimento das Cidades)
8h – Credenciamento
9h – Cerimônia de abertura
10h – Apresentação de coreografias
12h – Encerramento
14h – Basquetebol – Estádio Municipal Hermínio Espósito
14h – Bocha – Associação Atlética Embuense
 
Quarta-feira – 2/7
8h – Voleibol Feminino – Estádio Municipal Hermínio Espósito
8h – Voleibol Masculino – Centro Poliesportivo do Jardim Independência
9h30 às 11h30 – Oficina de Artesanato – Salão de Exposições do Estádio Municipal Hermínio Espósito
19h às 21h30 – Sarau – Instituto São Paulo Apóstolo

Quinta-feira – 3/7
8h – Jogos de Mesa – Instituto São Paulo Apóstolo
14h às 17h – Baile de Encerramento – Salão de Danças “Só Alegria”

Modalidades

• Voleibol feminino
• Voleibol masculino
• Coreografia mista
• Bocha
• Truco
• Dominó
• Basquete
• Dança cigana

Festival de Cultura Japonesa tem oficinas de Mangá, animekê e comida típica

IMG_8655

O Festival de Cultura Japonesa de Embu das Artes, continua neste fim de semana com atraente programação. O Projeto Nezassu, do Ponto de Cultura Jump, coordenará as oficinas de mangá, animekê e origami, do Animaembu, gratuitas e abertas às pessoas com idade mínima de 15 anos. A Oficina de Gastronomia ensinará a fazer as delícias da cozinha japonesa àqueles que se inscreverem com antecedência, já que exige material específico para a sua realização.

As atrações realizadas até aqui, desde a abertura do Festival, em 13/6, contaram com a presença do presidente da Associação Cultural e Assistencial Shiga Kenfir do Brasil, Yasuo Yamada, da vereadora Rosana do Arthur, do presidente da Associação Embu-Hino, Paulo Nobuo Sugawara, dos secretários Alan Ricardo Martins (Cultura), José Roberto Jorge (Gestão Financeira) e Paulo Giannini (Governo), representando o prefeito Chico Brito, no Culto Ecumênico, entre outros.

“Acho um dever apoiar essa tradição, demonstração cultural da colônia japonesa, que neste ato ensina a maneira de ver a morte de forma diferente. Não é para cair no esquecimento, mas valorizar tudo o que a pessoa fez. É uma continuidade, forma de confraternizar e não esquecer a história. Na vida, tudo é fruto de um passado”, declarou Giannini. Segundo o padre Pierre, que conduziu o 56º culto ecumênico, em japonês, pelo descanso eterno dos antepassados (Ireisai), a Igreja fica feliz com a miscigenação e comunhão dos povos. Nesse caso, a comunhão entre brasileiros e japoneses.

Até 9 de julho, ficam abertas à visitação as exposições Nikkei Arte e Craft, com curadoria de Paulo Dud; Obras do Patrimônio e Maquetes do Japão. Na cerimônia de abertura foram lembrados os 106 anos da imigração japonesa no Brasil e o centenário de nascimento do terracotista Tadakyio Sakai, que contribuiu para o desenvolvimento da arte na cidade. Eduardo Kenji Takebayashi, 62 anos, artista plástico, foi o homenageado deste ano por sua contribuição à cultura. Ele é expositor da Feira de Embu das Artes desde 1976.

Programação

CENTRO CULTURAL MESTRE ASSIS (Largo 21 de Abril, 29)

Até 9 de julho

Exposições

Nikkei de Arte e Craft
Obras do Patrimônio do Japão (Fundação Japão)
Maquetes do Japão (Consulado do Japão)

CENTRO CULTURAL SANTO EDUARDO (rua Iva, 100)

29 – DOMINGO

10h às 16h – Oficinas do Ponto de Cultura Jump (Projeto Nezassu)
10h-12h – Oficina de Gastronomia (1ª Turma) Yakissoba*
13h-15h – Oficina de Gastronomia (2ª Turma) Yakissoba*
12h-16h – Just dance (grupo Crash dance)
12h30 -13h – Apresentação de Taiko (Wadaiko Etno)
13h-16h – Oficina de Mangá
13h-16h – Oficina de Animekê
13h – 16h – Oficina de Origami

*Necessário realizar inscrição antecipada. Os participantes deverão ter idade acima de 15 anos, trazer avental e faca, esta só para quem fará oficinas de Yakissoba.

IMG_8434

IMG_9799 IMG_8669 IMG_8443 IMG_8439 (1)

evento_0057_t IMG_8437

 

 Com informações de Elke Lopes Muniz

Dunga faz o show “Gente do Bem” em Osasco para arrecadar alimentos

Da Redação

Dunga faz o Show do Bem em Osasco

A Renovação Carismática (RCC) da Igreja Católica, com apoio da Prefeitura de Osasco, realiza o “Gente do Bem”, no dia 06 de julho, na Concha Acústica da FITO, à rua Camélia, 26, Jardim das Flores, com o show de Dunga. A entrada será um quilo de alimento não perecível que será revertido ao Fundo Social de Solidariedade da cidade.

O evento pretende reunir todos os que lutam pelo bem e tem coordenação do cantor, missionário e apresentador de televisão católica há 15 anos no canal Canção Nova.

“Gente do Bem” é uma ação cultural ligada à comunidade católica que reúne missa, evangelização e shows musicais. Apresentam-se Fátima Souza, Jeitinho de Deus, Missão Tarso, DJ Bruninho, DJ Giba & Carlão e outras atrações.

Dunga disse que o acontecimento é ligado ao movimento Por Hoje Não (PHN), com trabalho iniciado há 16 anos, e com a intenção de recuperar jovens das drogas, criminalidade, combater vícios, violência, prostituição, resgatar valores e princípios humanos, além de praticar, sobretudo, o bem em todas as suas formas.

 Serviço:

Show “Gente do Bem” em Osasco

Dia 06/07 – a partir das 10h

Local: Concha Acústica da FITO

Rua Camélia, 26 – Jardim das Flores

Entrada: 1 kg de alimento não perecível

Com informações de Rodolfo Andrade

Cotia fatura medalhas em diversas modalidades nos 58º Jogos Regionais em Osasco

Da Redação

gr3

Na quarta-feira (18), na cidade de Osasco, os esportistas participaram da abertura oficial dos Jogos Abertos, realizada no Ginásio de Esporte Professor José Liberatti. A competição encerra no próximo dia 28 de junho e conta com um total de 29 cidades.

Até o momento, Cotia já subiu ao pódio na modalidade Ciclismo com duas medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze. A modalidade tem como responsável o cliclista Ricardo Lancia.

Com a orientação técnica de Carlito Prestes, o handebol feminino segue firme na competição para a disputa do bronze.

O futsal feminino comandado por Andressa de Azevedo está a caminho da conquista do bicampeonato.

Na malha, Cotia já garantiu sua vaga para as finais da modalidade. Treinados pelo técnico Marcus Agosttinho, a equipe de Judô assumiu o tatame e conquistou uma medalha de ouro e duas de bronze.

Pelo Karatê, Gilson Nunes, Márcio Galdino, Rodrigo Hara e equipe garantiram o título de bicampeão masculino e as karatecas conquistaram o 3º lugar.

Na modalidade ginástica rítmica, com Zeza Belafronte a frente, as ginastas de Cotia reinaram absolutas e faturaram o título de bicampeã.

Pelo atletismo, a equipe treinada por João Carlos Faria colocou o nome de Cotia no lugar mais alto do pódio. No feminino, a atleta Hosana Lucena ganhou medalha de ouro na disputa dos 5 mil metros e a segunda veio na prova dos 10 mil metros e a terceira nos 1.500 metros.

Representando o atletismo masculino, Wilton Delmondes faturou bronze na prova de salto em distância. Alexandre Borges ficou com o 4º lugar na modalidade. Pela disputa dos 800 metros, João da Paixão garantiu medalha de prata.

Ainda pelo atletismo, na disputa dos 5 mil metros o atleta Francisco Silva conquistou medalha de prata e Gilson Miranda garantiu o 4º lugar.

Pelo revezamento 4 X 100, mais uma vez, Cotia subiu ao pódio com os atletas Wilton Delmondes, Franscisco Silva, João Paixão e Alexandre Borges. A prova de revezamento garantiu mais uma medalha de bronze.

Para finalizar as provas de atletismo, no domingo (22/06) João da paixão garantiu prata na disputa dos 1.500 e Gilson Miranda ficou com mais uma de prata na prova dos 10 mil metros.

atletismo 1 atletismo 2 atletismo 3 atletismo 4 atletismo ciclismo cotia 1 ciclismo cotia 2 futsal feminino gr1 gr2  handebol feminino

GCM Osasco comemora seu 24º aniversário com homenagens a seu efetivo

Da Redação 14265128909_e81ee822d6_c (1)

Na quarta-­feira (18), a Solenidade Cívica em comemoração ao 24º aniversário da Guarda Civil Municipal de Osasco (GCM), na base da corporação, no bairro Jardim Nova América, foi marcada por homenagens aos homens e mulheres do grupamento e pela presença de autoridades civis e militares.

Representando o prefeito Jorge Lapas, a secretária de Planejamento e Gestão, Dulce Helena Cazzuni, falou sobre a importância da GCM Osasco e além dos investimentos realizados para melhorar ainda mais o serviço prestado a população, bem como as condições de trabalho. “Com o concurso público de Osasco iremos incorporar mais 300 profissionais ao efetivo. E em 2016 a intenção é ampliar esse número, pois sabemos o quanto esse serviço é importante”, completou.

A secretária de Planejamento e Gestão e o secretário de Transporte e Mobilidade Urbana, João Góis, que também prestigiou o evento, receberam o Certificado de “Amigo da GCM” em reconhecimento ao apoio prestado ao grupo.

O Classe Distinto Valmir Aparecido Gonçalves, que faleceu no último dia 16 de maio, foi homenageado pelos serviços prestados à GCM e à cidade de Osasco por meio de uma placa entregue a sua esposa e filho. “O evento de hoje é uma homenagem ao CD Gonçalves. Ele sempre será referência de simplicidade e nobreza”, disse o Comandante da GCM de Osasco, Paulo Siqueira.

Outros membros da GCM também foram homenageados por se destacaram no cumprimento do dever e receberam a medalha de Láurea do Mérito Pessoal, ao som da banda da Guarda Civil Municipal de Barueri que tocou durante a celebração.

Também estiveram presentes no evento as secretárias Régia Maria Gouveia (Educação) e Mônica Veloso (Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão), além dos vereadores Rogério Lins, Valdomiro Ventura, Karen Gaspar, Osvaldo Verginio, Andrea Capriotti , Dinei Simão, Josias da Juco entre outras autoridades da região.

14428675056_b323cfd1a1_c
 

 

Com informações de Mariana Sales(fotos:Ivan Cruz)

Governador Alckmin repassa Parque Ecológico à Prefeitura de Barueri neste domingo (22)

Governador Alckmin repassa Parque Ecológico à Prefeitura de Barueri neste domingo (22)

Da Redação

O governador Geraldo Alckmin assina neste domingo, 22 de junho, às 10 horas, o termo de permissão de uso do Parque Ecológico Tietê, em Alphaville, à Prefeitura de Barueri.

A solenidade acontecerá em frente ao prédio da administração do Parque (que fica na Via Parque, nº 1600, em Alphaville), e terá também a presença do prefeito de Barueri Gil Arantes.

O dia também contará com diversas atrações culturais para crianças e adultos a partir das 10h, como Ativa Geral, Zumba, Galinha Pintadinha (12h) e Royce do Cavaco (14h).

O Parque
A concessão do Parque foi um pedido do prefeito ao governador. Além de cuidar da manutenção e investir em novos equipamentos, a Prefeitura tem planos de tornar o Parque um espaço para eventos culturais e de educação ambiental.

Situado à margem direita do rio Tietê, na continuação da Via Parque, em Alphaville, o Parque Ecológico do Tietê – Núcleo Tamboré foi criado pelo governador do Estado de São Paulo, Paulo Egydio Martins, em 30 de abril de 1976, com a publicação do decreto nº 7.868.

O objetivo foi de integrar a preservação ambiental com lazer, através do reaproveitamento das áreas desapropriadas e “excedentes” da retificação do rio Tietê na região de Osasco/Barueri/ Santana de Parnaíba, sendo inaugurado em 11 de março de 1979.

Ocupa uma área de aproximadamente 1.565.000,00 m² – semelhante à área do Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

Recebendo cerca de 20 mil visitantes por mês, o Parque, além de preservar a várzea do rio Tietê, a fauna e a flora da região, possui vários equipamentos esportivos e de lazer.Possui uma trilha que passa entre os recintos dos animais e o lago, que tem cerca de 40 mil m². Este lago e a mata existente servem de suporte para diversos animais silvestres em liberdade, tais como garça, gavião, capivara e ratão do banhado.
Fonte:PMB

Jogo do Brasil deixa torcedores tensos na Fifa Fan Fest de SP

banner_copa_final

O jogo tenso entre a seleção brasileira e o México, na tarde de hoje (17), que terminou 0 a 0, se refletiu no comportamento das milhares de pessoas que acompanharam a partida na Fifa Fan Fest, no Vale do Anhangabaú, centro da capital paulista. Na maior parte do jogo o silêncio se fez presente, principalmente no primeiro tempo.

O silêncio só foi quebrado aos 23 minutos do segundo tempo quando Neymar teve uma grande chance de gol. A saída de Fred para a entrada de Jô rendeu algumas palmas dos torcedores. A torcida também gritou desesperada quando Jô perdeu outra boa oportunidade aos 30 minutos, mas o momento que gerou mais gritos foi aos 40 minutos, quando o goleiro mexicano fez uma bela defesa em cabeçada de Thiago Silva.

Apesar da angústia dos torcedores, o clima da Fifa Fan Fest era de tranquilidade. O aposentado Paulo Luiz Saviano esteve pela primeira vez ao local para assistir ao jogo. Ele chegou à Fifa Fan Fest por volta das 13h, três horas antes da partida começar. “O jogo está bom, mas eu estava apostando 3 a 1”, disse ele.

Já o limpador de vidro Michel Martins Santos saiu mais cedo do trabalho para conseguir entrar no local e ver o jogo pelo telão. “Saí às 14h, trabalho aqui perto e consegui entrar tranquilo. É muito bom [ver o jogo aqui]. Há pessoas de outros países, descontração, tranquilidade, paz. A Copa é maravilhosa, acolhendo todo mundo, de todos os países. É assim que tem que ser, e é como o brasileiro é”, disse ele. A única reclamação de Santos foi com relação ao desempenho da seleção brasileira. “Precisa melhorar”, acrescentou.

A vendedora Letícia da Silva Nogueira chegou cedo para ver o jogo no local, também pela primeira vez. “Cheguei às 13h. Foi tranquila a entrada”, disse ela, e adiantou que pretende voltar ao local em outros jogos.

Já o torcedor Carlos Augusto Scaramello reclamou do jogo e também da Fifa Fan Fest. “O Brasil não está convencendo. Nem no primeiro jogo”, disse ele, que pafrticipou da festa pela segunda vez. “O que pecou foram os banheiros. Estava lotado, teve empurra-empurra [para entrar nos banheiros]e a polícia teve que intervir. São poucos banheiros”, falou ele. “Mas está bem sinalizado, bem policiado. Os estrangeiros estão sendo bem recebidos”, acrescentou.

Segundo ele, o clima da Fifa Fan Fest hoje se deve a dois fatores: “O povo de São Paulo é mais ameno e menos empolgado, mas o jogo não empolgou e o México esteve muito bem”.

Do lado de fora, antes da partida começar, houve confusão entre torcedores que desejavam entrar e policiais que impediram a entrada, devido à lotação. Garrafas de vidro foram arremessadas na direção dos policiais, que se protegeram com escudos e avançaram em linha para tentar conter as centenas de pessoas, que tentavam forçar a entrada. Minutos antes do início do jogo, a multidão que ainda esperava entrar se dispersou. Muitos deles ficaram na praça, em frente ao Theatro Municipal e bem próximo à Fifa Fan Fest, para tentar ver alguma coisa à distância.

O auxiliar de almoxarifado Henrique Lopes foi um dos torcedores que conseguiram entrar pouco antes da confusão que se instalou do lado de fora. Ele chegou às 15h com a namorada. “Quase fomos barrados. Foi por pouco, mas conseguimos entrar. Vi a confusão. Os policiais fizeram a linha de fechamento deles em cima da gente. Quase que a gente não entra”, falou ele.

Procurado pela Agência Brasil, o Comando de Policiamento da Copa confirmou a confusão no início do jogo, e disse que o problema ocorreu quando a capacidade da Fifa Fan Fest foi atingida, fazendo com que fosse necessária a atuação da polícia para conter a entrada de novos torcedores. Segundo o comando, objetos foram arremessados contra os policiais e foi necessária a utilização de gás para conter os manifestantes, já quando o jogo tinha sido iniciado. A polícia informou que a capacidade do local é de cerca de 30 mil pessoas. De acordo com a PM, foi a única ocorrência.

Da Agência Brasil

Festival Jazz House acontece na Praça Victor Civita

Da Redação:Festival do dia 28 de junho tem shows gratuitos de Ana Larousse, Pablo Sganzerla e Os Criaturas

 Em projeto especial, a Praça Victor Civita será palco do projeto Jazz House, que apresenta a banda Os Criaturas, Ana Larousse e Pablo Sganzerla.

content_id

ANA LAROUSSE | Desde pequena, Ana guardava suas bagunças em cadernos e mais cadernos. Fazia de cada dor e sorriso um poema. Começou a estudar violão aos 10 anos e, em bandas de rock e punk, começou a jogar seu mundo em canções. Aos 19, deixou os gritos nas garagens de Curitiba para cantar baixinho lá na França. Foi na melancolia que carrega cada rua de Paris, que ela encontrou suavidade e leveza para cantar suas ausências. Seu primeiro disco, Tudo Começou Aqui, produzido por Rodrigo Lemos, é um delicado tratado sobre solidão e partidas. Um jeito de sublimar qualquer tristeza e bagunçar o coração de quem ouvir.

Mais informações em www.facebook.com/AnaLarousse

‘Vai Menina’ (videoclipe oficial): http://youtu.be/c5R8BKLk0N4

content_id (2)

PABLO SGANZERLA | Com o disco “Pó de Nuvem nos Sapatos”, Pablo teve seu trabalho mixado por Dudinha Lima. Ele traz elementos do reggae misturados a diversos ritmos numa construção bem elaborada. “Pó de nuvens nos sapatos” é um trecho da letra da música “Pablo” de Milton Nascimento, que além de descrever a essência desse trabalho, foi a inspiração para a escolha do meu nome. As melodias e letras não foram criadas com a intenção de fazer parte de um disco, necessariamente. Elas foram surgindo em diferentes momentos e representam um pouco do meu universo ao longo dos anos. No entanto, em comum em todas elas existe o (avesso do) coração, e a mais pura vontade de tocar e cantar o que vivo e acredito. Produzido e arranjado por Dudinha Lima. Gravado em São Paulo, entre maio de 2010 e junho de 2011 no Buena Familia Estúdios. Mixado no Mixnova Studio por Maurício Cersósimo e Dudinha Lima. Masterizado na Sterling Sound (NY) por Eugene “Ue” Nastasi.

Mais informações em www.pablosganzerla.com

‘Dentro da Alma’: http://youtu.be/qlWctMrYsDw

content_id (4)

OS CRIATURAS | O forró d’Os Criaturas traz à tona a herança nordestina que reina no sangue dos integrantes. O projeto apresenta novos arranjos aos clássicos da música nordestina e utiliza instrumentos não-convencionais a esse tipo de música, como o baixo acústico e o piano elétrico. Os Criaturas é liderado pelo vocalista, compositor e multi-instrumentista Fernando Diniz, que é conhecido na noite paulistana ao acompanhar shows de artistas independentes (Galldino d’O Teatro Mágico, Carla Casado, Bruno Brasil). Ao lado de Diniz está Peter Mesquita, instrumentista apaixonado pela música brasileira e formado pela conceituada Universidade Livre de Música (ULM), antiga Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim (EMESP). Mesquita foi premiado diversas vezes e trabalha ao lado de nomes como Thamires Tannous, Bruna Moraes e Rodrigo Del Arc. Em 2013, Mesquita foi convidado pela terceira vez para representar o Brasil no Festival Mendoza en Bossa, na Argentina. Os músicos Fábio Leandro (piano elétrico), Rafael Mota Rodrigues (bateria), Larissa Finochiaro (voz e percussão), Peter Mesquita (baixo acústico) e Fernando Diniz (voz e violão) compõem este time

Mais informações em www.facebook.com/OsCriaturas

SOBRE A PRAÇA VICTOR CIVITA

Projeto pioneiro na América Latina, inaugurada em 2008, a Praça Victor Civita é resultado da iniciativa do Grupo Abril em parceria com a Prefeitura do Município de São Paulo, o Itaú, a Even Construtora e a Petrobrás. A partir de um espaço com aproximadamente 14 mil metros quadrados e área verde com cerca de 80 árvores, a Praça oferece à população um espaço que propõe uma reflexão acerca da preservação ambiental. Também abriga o Prédio do Incinerador, instalado no antigo incinerador de Pinheiros, e desenvolve atividades de educação socioambiental, com cursos, palestras e visitas escolares, além de localização privilegiada e de fácil acesso através de transporte público ou carro. A Praça Victor Civita dispõe de um palco para espetáculos com arquibancada coberta para 290 pessoas, onde ocorrem apresentações musicais, passando pelo rock, samba e música clássica, também espetáculos circenses, aulas de arte, yoga e pilates, além de atividades no centro de convivência para a terceira idade (CIIPE). O projeto foi implementado a partir da iniciativa de reviver uma região degradada pelo acúmulo de detritos ao longo dos anos, uma vez que, entre os anos de 1949 e 1989, o espaço funcionou como centro de processamento de resíduos urbanos. Dentro das normas técnicas de acessibilidade, a área conta com uma exposição permanente sobre as formas, materiais e tecnologias empregadas no tipo de reabilitação ambiental do terreno. Além disso, a Praça Victor Civita conta com soluções arquitetônicas de reuso de água, economia energética e projeto paisagístico educativo. A Praça Victor Civita é aberta diariamente, das 6h30 às 19h, e toda a sua programação é gratuita. Para visita de grupos escolares é necessário agendamento. A Praça divulga suas atividades através do site http://pracavictorcivita.org.br e também  nas redes sociais twitter (@pracavc) e facebook (fb.com/pracavictorcivita). No site, o público pode se cadastrar para receber a newsletter da programação.

SERVIÇO

Jazz House Apresenta – Ana Larousse, Pablo Sganzerla e Os Criaturas

Data: 28 de junho (sábado)

Hora: das 15h às 18h

Local: Praça Victor Civita | Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros

Ingresso: gratuito

Classificação: livre

Outras informações: (11) 3031-3689 ou www.pracavictorcivita.org.br

*A apresentação acontece no palco da Praça, com arquibancada coberta para 290 pessoas. Não é necessário retirar ingressos.

** Capacidade máxima do local: 1500 pessoas. Acesso para deficientes.

Com informações de Luciana Zacarias